quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Série Girls e a saudade de Sex and the City

Não sou muito fã de comparações, mas desde que a série Girls começou a ser transmitida pelo canal HBO, falaram que o programa seria muito parecido com Sex and the City, que era exibida no mesmo canal, baseada no livro de Candace Bushnell.


Os dois seriados mostram um grupo de quatro amigas que moram em Nova Iorque, mas as coincidências podem parar por aí. As personalidades da colunista e escritora Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker), a segurança da advogada Miranda (Cynthia Nixon), a obsessão por sexo de Samantha (Kim Cattrall) e a feminilidade de Charlotte (Kristin Davis) contrastam bastante com a aspirante a escritora e insegura Hannah (Lena Dunham), a descolada e exótica Jessa (Jemima Kirke), a mimada Marnie (Alisson Williams) e a virgem Shoshanna (Zosia Mamet).

Talvez pela diferença de idade das personagens dos dois seriados, Sex and the City tem um roteiro mais estruturado e convence mais com as atuações e situações inusitadas, fazendo Girls parecer exagerado e patético – uma série sobre adolescentes tentam se comportar como adultas.


Girls mostra a vida das quatro jovens na casa dos 20 anos morando em Nova Iorque. Hannah é uma garota com problemas de autoestima que sonha em se tornar uma escritora, no entanto suas tentativas parecem sempre fracassar. Depois dos pais pararem de apoiá-la financeiramente e pedirem que ela encontre um emprego para se sustentar, Hannah começa a morar com Marnie, porém nunca tem dinheiro para ajudar com o aluguel.

Marnie namora Charlie há anos, porém, às vezes, deseja que ele a trate diferente. Apesar de ter um emprego e estabilidade financeira, algo parece estar faltando no seu relacionamento aparentemente perfeito. A jovem é egocêntrica e está infeliz com o namorado, mas não tem coragem de admitir.

Jessa é a mais moderninha da turma. A jovem está sempre viajando para diferentes países e aparece na série quando acabou de retornar de Paris. Apesar de também conhecer Marnie, Jessa é mais amiga de Hannah. Liberal, Jessa não gosta de se prender a uma vida tradicional e está sempre disponível para festas e novos encontros.

Shoshanna é prima de Jessa, mas não tem nada a ver com ela. Virgem, Shoshanna é uma adolescente que conhece pouco sobre a vida e adora assistir televisão. A garota não aparece tanto com as outras personagens, porém se aproxima cada vez mais delas, já que Jessa divide o quarto com ela.

Se Sex and the City, mais do que entretenimento, também traz situações que te fazem refletir sobre sexo e relacionamentos, em Girls as personagens estão começando a aprender e desvendar os problemas com homens. Com exceção de Jessa que já é bem vivida quando se trata de sexo, drogas e bebidas, as outras três personagens se metem em situações constrangedoras.

Girls tem mais comédia do que drama e quando os conflitos surgem são superficiais e infantis. Para quem espera ver a New York glamurosa, Manhattan, desfiles de moda, eventos interessantes, o seriado mostra mais a vida dessas garotas no trabalho e em casa. As festas que elas vão, isto quando saem, são tão adolescentes que mal desperta o interesse em quem está assistindo. Até mesmo a série de quando a Carrie (Sex And The City) era adolescente, The Carrie Diaries, interpretada por AnnaSophia Robb em que a garota é mais nova do que as protagonistas de Girls traz situações mais engraçadas e envolventes, mostrando como os roteiros e conflitos dramáticos poderiam ser mais explorados.

Para quem gosta de dar risadas, Girls é um bom passatempo. A primeira temporada não me prendeu, não me emocionou e também não me fez simpatizar com as personagens, que tem personalidades tão fracas e ainda precisam amadurecer para se tornarem mais convincentes. Sempre que termino de assistir um episódio da série fico com saudade da narração de Carrie e sua personagem se divertindo com suas amigas, quebrando a cara com os homens e dando conselhos úteis sobre relacionamentos. Enquanto no máximo o que se aprende em Girls é o que não se fazer...00


Apesar de desajeitada, Hannah rouba a cena e se destaca diante das outras amigas, com as melhores falas, dramas, furadas e ocasiões engraçadas. A tímida e ingênua Shoshanna também me fez rir com as suas dúvidas e paranoias juvenis. Apesar de serem bonitas e bem vestidas, Marnie e Jessa enfrentam suas próprias crises de idade.

A terceira temporada de Girls está confirmada, porém a HBO ainda não definiu uma data de estreia, somente avisou que o seriado será exibido em 2014.

Um comentário:

  1. Qualquer trabalho que você faz SJP é incrível. Atualmente, Sarah Jessica Parker retorna ao pequeno ecrã como produtor e estrela do série Divorce, que tem 10 capítulos e é lançado simultaneamente nos Estados Unidos e na América Latina. Frances interpreta Sarah, uma mulher com uma relação tensa com seu marido e dois filhos, que descobre que terminar o seu casamento e começar do zero não é fácil. Não podemos perder esta série de comédia em uma bela lugar em Nova Iorque, porque é uma grande proposta.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários Recentes

Me acompanhe no Instagram