Pular para o conteúdo principal

Destaques

Autismo: O dever de combater o charlatanismo como autista, escritor e jornalista

Admiro artistas que se posicionam. Admiro pessoas que não ficam em silêncio quando vêem coisas erradas acontecendo. Neste mês, aproveitando o embalo da conscientização, estou fazendo campanha contra o charlatanismo e tratamentos falsos de autismo (Mais de 8).


Mesmo sem muito apoio, sigo em frente. E ao mesmo tempo, colegas estão fazendo campanha para acabar com o MMS no Brasil – um produto corrosivo e proibido que muitos pais de autistas usam neles achando que vão curá-los e pode matar.

Eu poderia ficar omisso, afinal, sou Asperger com Altas Habilidades, tive diagnóstico só aos 29 anos e sei como me camuflar – do espectro autista inteiro, faço parte daqueles que estão mais próximos do que é ser um neurotípico (não-autista) aos olhos de quem não entende do assunto e dizem frases como 'não parece autista', mas me nego a ficar calado vendo tanta coisa errada acontecendo.

É o mínimo que posso fazer como escritor, jornalista e pessoa no espectro autista; usar minha voz para ajudar …

Autismo: Ética, Conhecimento e Tratamentos Controversos

Não tenho vínculo com nenhuma associação/profissional. Tem gente brincando com fogo.


Já vi muitos banners de eventos promovendo informações falsas e páginas de profissionais também. Por esse motivo, não participo de nenhuma associação e não tenho interesse. Estou interessado em atingir quem quer informação séria, não quem quer respostas fáceis e falsas.

“Nem tudo que reluz é ouro”. Meu compromisso é com a ética, não com favoritismos e parcerias comerciais.

Todo dia eu acordo e falo que não vou me estressar. Abro a internet e já tem confusão. Que bom seria se as pessoas lessem mais, buscassem fontes mais confiáveis e menos achismo e charlatanismo.

Já dei várias indicações para mães e pessoas no espectro aprenderem inglês. As pesquisas e tratamentos falsos foram desmentidos há anos, mas o brasileiro adora copiar tudo. Sei que muita gente não tem condições financeiras, mas vejo que grande parte das pessoas enganadas por profissionais antiéticos tem muito dinheiro.

Se tem alguém influente e/ou organização ensinando tratamentos falsos para vocês, reclamem e/ou denunciem. Sejam mais espertos.

Vocês estão acostumados com a falta de fiscalização do Brasil e com a bagunça que é esse país formado por antiética e corrupção.

Não me importo de estar na lista negra de ninguém, mas saiba que pessoas antiéticas estão na lista negra de muita gente. Não citamos nomes, não quer dizer que não existam.

Saiba como identificar as fake news na área de saúde: https://www.gazetadopovo.com.br/viver-bem/saude-e-bem-estar/fake-news-em-saude-se-alastram-porque-nossa-mente-crente/

Parte 2. Fraude na área da saúde: Usando o efeito placebo como prova dos tratamentos: https://artritereumatoide.blog.br/parte-2-fraude-na-area-da-saude-usando-o-efeito-placebo-como-prova-dos-tratamentos/

Comentários

Mais lidas da semana