Pular para o conteúdo principal

Destaques

Autísticos: Reabertura do meu perfil no Facebook

Já que fechado ou aberto, as coisas do meu perfil sempre vazam. Plot twist: Perfil no Facebook reaberto.


Muita gente não estava conseguindo compartilhar as coisas que posto no perfil e a fan page limita o alcance orgânico.

Podem se divertir fuçando. Agora, arrancar informações de mim, é um jogo que eu adoro jogar e me fazer de sonso, como muitos de vocês do mundo do autismo que manipulam de todos lados, acham que Aspergers são.

Vocês sempre esquecem de duas coisas: todo Asperger é diferente; eu tenho altas habilidades.

Dica: não me leiam literalmente. Sou escritor. Não tentem supor qualquer coisa sobre mim ou o que eu posto. Adoro brincar com as palavras e me divirto com alguns de vocês espalhando coisas minhas. Meu hiperfoco é livro e literatura. Para quem acha que tudo o que posto é indireta ou ameaça, que seja, vai sofrer de curiosidade mesmo.

Para quem faz merda e está com medo, pode ficar com medo. Nunca disse que jogava de lado algum. Vocês me colocaram no jogo, agora me engulam…

Revenge: Meus trechos favoritos da série

Alguns dos meus trechos favoritos da série Revenge (2011-2015), criada pelo roteirista e produtor Mike Kelley. O programa de TV foi ganhador de 6 prêmios e teve 28 indicações. Emily Thorne é, sem dúvidas, uma personagem fascinante, assim como os outros personagens da série com suas várias camadas.


Revenge: Meus trechos favoritos da série:


“Sempre questione onde estão suas lealdades. As pessoas em que você confia vão esperar por ela, seus maiores inimigos irão desejá-la, e aqueles que você mais valoriza, irão, sem falta, abusar dela”.
– Emily Thorne, Revenge

“Como Hamlet disse a Ofélia, "Deus lhe deu uma face, e você se fez outra." A batalha entre estas duas metades de identidade... Quem somos e quem fingimos ser, é invencível. "Assim como existem dois lados para cada história, há dois lados para cada pessoa. Uma que revelamos ao mundo e outra que mantemos escondida por dentro. Uma dualidade governada pelo equilíbrio de luz e escuridão, dentro de cada um de nós, é a capacidade para o bem e o mal. Mas aqueles que conseguem desfocar a linha divisória moral detêm o verdadeiro poder” – Emily Thorne, Revenge

“Na sua forma mais pura, um ato de retribuição fornece simetria. A prestação de pagamento de crimes contra os inocentes. Mas o perigo de retaliação está no ciclo de violência. Ainda assim, é um risco que deve ser enfrentado; e a ofensa maior é permitir que os culpados fiquem impunes” – Emily Thorne, Revenge

“A justiça, como a beleza, está nos olhos de quem vê. Alguns vêem uma vítima inocente. Outros verão o mal encarnado obtendo exatamente o que é merecido” – Emily Thorne, Revenge

“Se quisermos, podemos viver em um mundo de ilusões reconfortantes. Podemos nos permitir ser enganados por falsas realidades. Ou podemos usá-las para esconder nossas verdadeiras intenções” – Emily Thorne, Revenge


No Brasil, temos um problema sério de falta de fiscalização na área de saúde e produtos falsos/perigosos. Esta campanha visa combater o charlatanismo e tratamentos sem comprovação científica que alegam tratar/curar o autismo.

Confira: http://bit.ly/CharlanFB

Compartilhe! Em vários países, profissionais foram processados e alguns perderam a licença. Não se brinca com saúde pública nem com vidas humanas. Crianças e adultos já morreram por causa de informações falsas/fake news na área da saúde. Autistas não são cobaias!


O silêncio protege que a violência contra autistas seja propagada e mais pessoas sejam enganadas por profissionais antiéticos.

Para ficar por dentro das minhas novidades, me acompanhe nas redes sociais:




Inscreva-se no meu canal do YouTube: http://www.youtube.com/c/BlogdoBenOliveira 

Meu canal passou dos mil inscritos. Estou devendo 2 indicações de livros sobre autismo e outras indicações de livros. Para quem está preocupado com meu hiperfoco, pode ficar tranquilo que não vou falar só de autismo lá. Só estou fazendo minha parte como escritor, jornalista e Asperger de informar as pessoas, combatendo informações falsas e quebrando tabus:



Combater fake news de saúde é muito difícil. Muitas pessoas não leem conteúdo estrangeiro e não posso ficar traduzindo tudo. Em breve devo publicar no blog sobre os desafios de combater fake news de saúde, especificamente no mundo do autismo.

Quantas informações falsas derrubei em poucos dias? Charlatões x Meu cérebro autista/hiperfoco. Aos omissos, de nada

“Admiro artistas que se posicionam. Admiro pessoas que não ficam em silêncio quando vêem coisas erradas acontecendo. Neste mês, aproveitando o embalo da conscientização, estou fazendo campanha contra o charlatanismo e tratamentos falsos de autismo” Ben Oliveira

Profissionais antiéticos que espalham informações falsas de saúde são uma praga. Por fora, eles parecem bonzinhos; mas suas intenções, estão longe de serem boas. Só querem o dinheiro de pessoas que não têm tanto conhecimento científico.

Quando eu indico livro para vocês, não é só porque estou tentando incentivar mais leitura (meu hiperfoco), é para vocês aprenderem a se proteger de profissionais antiéticos e tratamentos falsos.
***
Ano passado, várias pessoas compraram o livro A Diferença Invisível por minha indicação. Neste ano, quero que as pessoas leiam algo mais científico e fujam de profissionais ruins.

Quando não respeitarem as obrigações éticas, médicos podem ser denunciados ao Conselho Regional de Medicina
***
A leitura liberta e te protege de várias ciladas. Fica dica! Se não fosse pelo livro, eu seria enganado por profissionais antiéticos, como muitos são diariamente.

Queria viver no mundo cor de rosa de muitos daqueles que preferem fechar os olhos e têm essa opção, enquanto crianças autistas são violentadas e morrem por causa de informações falsas da área de saúde.

Vou ter que dar um curso sobre pseudociência e como usar a internet: As pessoas usam para ilusão. A internet é uma ferramenta para pesquisar. Você vai encontrar respostas se souber usar. Se o tratamento parece falso é porque ele tem alta chance de ser falso.

Como faço uma denúncia no Conselho de Medicina?: https://www.crmpr.org.br/Como-faco-uma-denuncia-no-Conselho-de-Medicina-43-150.shtml 

Anvisa libera declaração e vídeo sobre MMS: http://www.rivotrip.com/2019/04/27/anvisa-solta-declaracao-em-video-sobre-mms/
***
Sabe aquelas pessoas que sempre pedem favor, mas nunca fazem nada por você? Estou dispensando gente assim. Dica: O primeiro colega que fizer spam no meu inbox do FB vou descer block. Só me procuram quando querem favo

*Ben Oliveira é escritor, blogueiro e jornalista por formação. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.




Materiais sobre autismo publicados aqui no blog: 


Autismo e charlatanismo: Médico e pai de autistas revela envolvimento com dieta e tratamentos falsos  

Autismo: Campanha contra charlatanismo, tratamentos perigosos e falta de apoio  

Autismo: Fraudes, Esquemas, Crimes e Silenciamento dos Adultos Autistas 

História do Autismo: Conhecer erros do passado e não repeti-los no presente 

Autismo: Ética e a responsabilidade com o bem-estar dos autistas 

Autismo: Desinformação, evidências científicas e responsabilidade ética 

Autismo: Pensamento crítico e charlatanismo 

Autismo: Despreparo Profissional e o Bingo dos Diagnósticos Errados 

Autismo: Tretas e razão internacional pela qual eu não visto azul 

Espectro Autista: X-Men, Polarização e guerra de narrativas 

Autismo: Indicações de leitura, manipulação e desinformação 

Autismo: Estatísticas Erradas, Subdiagnósticos e Vulnerabilidade Social 

Autismo: Alerta sobre Tratamentos Sem Comprovação Científica 

Autismo: Ética, Conhecimento e Tratamentos Controversos 

Sobre autismo, negação e silenciamento 

Dia do Autismo: Meus dez centavos sobre conscientização do espectro autista 

Aspergers: As barreiras de diagnósticos e silenciamentos 

O Mito do Autismo Azul e as Meninas/Mulheres no Espectro Autista esquecidas 

Livro Autismo (Volkmar e Wiesner): Pontos positivos e negativos 

Espectro Autista: Reflexão sobre conscientização do autismo 

Asperger: A diferença não tão invisível e o diagnóstico formal 

Autismo: Tabu, desinformação e reciclagem profissional 

Dia Internacional da Síndrome de Asperger: A Invisibilidade no Espectro Autista 

Palestra com a autista Julie Dachez, autora do livro A Diferença Invisível e Doutora em Psicologia Social 

4 Curiosidades do livro O Cérebro Autista 

Diversidade Invisível: Assista a palestra com autista diagnosticada aos 35 anos 

5 Vídeos de Conscientização sobre Autismo e crises 

Autismo: Adultos autistas, saúde mental e informações falsas 

13 Livros sobre Autismo que poderiam ser traduzidos para o Brasil 

A Diferença Invisível: Tirinha sobre Síndrome de Asperger e o preconceito 

5 Motivos para Ler O Que Me Faz Pular (Naoki Higashida) 

Autismo: Campanha Internacional de Autistas Tirando a Máscara 

Autismo: Aspergers não existem mais? 

Síndrome de Asperger: Camuflagem social não é cura 

Resenha: O Cérebro Autista – Temple Grandin e Richard Panek

Comentários

Mais lidas da semana