Pular para o conteúdo principal

Destaques

Neurodiversidade: Autismo não só biológico ou só identidade social

A Neurodiversidade dá um tiro no pé ao tratar o autismo como algo meramente social (identidade social), ignorando as particularidades neurobiológicas de CADA autista. Mas o extremismo científico também erra ao ver como algo meramente biológico, ou até mesmo patológico.


O ideal seria ver o melhor dos dois mundos, algo impossível diante da polarização. Todo mundo sai perdendo.

É utopia esperar que a sociedade vá se adequar completamente aos autistas, especialmente porque cada autista pode ser completamente diferente do outro. O ambiente adaptado para um autista, é o ambiente desadaptado para o outro – isso entre os próprios autistas.

Enquanto as pessoas continuarem tratando o autismo como algo 'universal', ignorando as especificidades, esse debate não vai para frente.

O Asperger que não precisa interagir com os outros, não precisa trabalhar, não precisa fazer nada que o tire da zona de conforto, talvez não sinta muita dificuldade em viver em um mundo não adaptado. Mas não é a re…

Autismo: Informações erradas e desatualizadas na mídia


Não tenho como publicar só notícias que as pessoas querem sobre autismo.

A mídia solta vários estereótipos? Solta. Solta informações erradas? Muitas.

São sempre culpados? Não. Existem muitos médicos, psicólogos e profissionais de saúde e educação desatualizado trabalhando com autistas.

Vou parar de divulgar novidades por causa disso? Não.

Cada um que aprenda a fazer leitura crítica de tudo que consome. Isso serve não só para notícias, mas para livros, pesquisas, entrevistas etc.

Eu não mastigo as coisas para ninguém. Dou caminhos e sugestões.

Muita gente cobra das páginas que as notícias estejam sempre certas. Quem é responsável, muitas vezes, é a fonte, não só o jornalista. 

A jornada do conhecimento (e autoconhecimento) é solitária e diária.

Eu não ganho nada para atualizar a página.

Não tenho como ficar corrigindo textos de outros jornalistas. Fica dica!

Não adianta reclamar que tal informação está errada.

Viu algo errado? Fique à vontade para mandar e-mail para o jornal ou jornalista. Mas não cobrem de mim. Não vou ficar trabalhando de graça todos dias.

Pessoas que reclamam de terminologia: autista e/ou com autismo; transtorno x condição; Asperger ou autista leve. Tem página que atura, eu não. Ninguém tem controle sobre a forma que vão falar. Reclamem com jornais/jornalistas, não para mim.



Leia mais textos sobre autismo publicados no blog:


Autismo: Capacitismo, fofocas e crimes virtuais 

Guerra contra o MMS: Substância proibida e crimes contra a saúde pública 

Autismo: Ingenuidade, perigos e relacionamentos tóxicos 

Autismos: Parecer autista, diferentes interesses, vivências e comportamentos 

Fake news de saúde: Epidemia e a responsabilidade dos jornalistas 

Autismo e charlatanismo: Médico e pai de autistas revela envolvimento com dieta e tratamentos falsos 

Autismo: Campanha contra charlatanismo, tratamentos perigosos e falta de apoio 

Autismo: Fraudes, Esquemas, Crimes e Silenciamento dos Adultos Autistas 

Autismo: Desinformação, evidências científicas e responsabilidade ética 

Aspergers: Tabu e o preconceito contra autistas artísticos 

Autismo: Despreparo Profissional e o Bingo dos Diagnósticos Errados 

Autismo: Pensamento crítico e charlatanismo 

*Ben Oliveira é escritor, blogueiro e jornalista por formação. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Comentários

Mais lidas da semana