Pular para o conteúdo principal

Destaques

Autísticos: Reabertura do meu perfil no Facebook

Já que fechado ou aberto, as coisas do meu perfil sempre vazam. Plot twist: Perfil no Facebook reaberto.


Muita gente não estava conseguindo compartilhar as coisas que posto no perfil e a fan page limita o alcance orgânico.

Podem se divertir fuçando. Agora, arrancar informações de mim, é um jogo que eu adoro jogar e me fazer de sonso, como muitos de vocês do mundo do autismo que manipulam de todos lados, acham que Aspergers são.

Vocês sempre esquecem de duas coisas: todo Asperger é diferente; eu tenho altas habilidades.

Dica: não me leiam literalmente. Sou escritor. Não tentem supor qualquer coisa sobre mim ou o que eu posto. Adoro brincar com as palavras e me divirto com alguns de vocês espalhando coisas minhas. Meu hiperfoco é livro e literatura. Para quem acha que tudo o que posto é indireta ou ameaça, que seja, vai sofrer de curiosidade mesmo.

Para quem faz merda e está com medo, pode ficar com medo. Nunca disse que jogava de lado algum. Vocês me colocaram no jogo, agora me engulam…

Autismo: Informações erradas e desatualizadas na mídia


Não tenho como publicar só notícias que as pessoas querem sobre autismo.

A mídia solta vários estereótipos? Solta. Solta informações erradas? Muitas.

São sempre culpados? Não. Existem muitos médicos, psicólogos e profissionais de saúde e educação desatualizado trabalhando com autistas.

Vou parar de divulgar novidades por causa disso? Não.

Cada um que aprenda a fazer leitura crítica de tudo que consome. Isso serve não só para notícias, mas para livros, pesquisas, entrevistas etc.

Eu não mastigo as coisas para ninguém. Dou caminhos e sugestões.

A jornada do conhecimento (e autoconhecimento) é solitária e diária.

Eu não ganho nada para atualizar a página.

Não tenho como ficar corrigindo textos de outros jornalistas. Fica dica!

Não adianta reclamar que tal informação está errada.

Viu algo errado? Fique à vontade para mandar e-mail para o jornal ou jornalista. Mas não cobrem de mim. Não vou ficar trabalhando de graça todos dias.



Leia mais textos sobre autismo publicados no blog:


Autismo: Capacitismo, fofocas e crimes virtuais 

Guerra contra o MMS: Substância proibida e crimes contra a saúde pública 

Autismo: Ingenuidade, perigos e relacionamentos tóxicos 

Autismos: Parecer autista, diferentes interesses, vivências e comportamentos 

Fake news de saúde: Epidemia e a responsabilidade dos jornalistas 

Autismo e charlatanismo: Médico e pai de autistas revela envolvimento com dieta e tratamentos falsos 

Autismo: Campanha contra charlatanismo, tratamentos perigosos e falta de apoio 

Autismo: Fraudes, Esquemas, Crimes e Silenciamento dos Adultos Autistas 

Autismo: Desinformação, evidências científicas e responsabilidade ética 

Aspergers: Tabu e o preconceito contra autistas artísticos 

Autismo: Despreparo Profissional e o Bingo dos Diagnósticos Errados 

Autismo: Pensamento crítico e charlatanismo 

*Ben Oliveira é escritor, blogueiro e jornalista por formação. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Comentários

Mais lidas da semana