Pular para o conteúdo principal

Destaques

Autísticos: Reclame para quem se importa

Vez ou outra, eu recebo reclamações na página da Autísticos de pessoas querendo dizer o que eu posso postar ou não.

Desde o início, eu já deixei DEZENAS de indicações de livros e artigos por aqui. Muita gente não lê por preguiça. Alguns porque os livros não são acessíveis. Também deixei dezenas de avisos, é só procurar.


Porém, aos que só sabem reclamar, um aviso: Eu não me importo. O choro é livre nessa página.

"Achei que fosse uma página de autismo, não sobre LGBT/política/outros assuntos".

Que pena, querida. Eu falo do que quiser aqui. Quer reclamar? Procure quem se importa e, quem sabe, um psicólogo.

Tem um aviso fixado na página inicial. Aos que incomodam muito, eu uso o botão de banir sem dó.

Aos coleguinhas que tentam jogar comigo, um aviso: leia meus vários posts sobre hiperfocos em comportamento. Eu percebo todos movimentos de manipulação do mundo do autismo e me divirto. Cada lado tentando empurrar suas pautas.

Avisei algumas vezes e muita gente não viu: Antes de ten…

Autismo: Profissionais antiéticos envolvidos com tratamentos proibidos e perigosos

Quando lancei uma campanha contra tratamentos sem evidências científicas do autismo, tive pouquíssimo apoio. Isso me ajudou a ver quem é quem, quem coloca as cartas na mesa ou não, quem está/estava com medo.


Infelizmente, além de estarmos abertos às ameaças abertas ou veladas, também existe muito silenciamento; muitas famílias fazendo tratamentos que são proibidos e perigosos e profissionais antiéticos que deveriam ser processados e/ou deveriam perder a licença.

Em vários países, isso já deu processos e prisões, mas no Brasil, nada é como deveria ser. Alguém fica chocado de viver no mundo invertido?

Tem gente que adora brincar com fogo. Gente que difama autistas adultos e quase implora por um processo.

Preciso lembrar que essas coisas são crimes? Ah, não sabia? Agora já sabe.

Uma dica: A verdade demora, mas ela sempre vem. Não é que o Xadrez nos ensina algumas coisas?

Quanto à impunidade e a desinformação, pode ter certeza que vou continuar fazendo minha parte de passar informações de qualidade.

Uma rápida pesquisa no Google revela vários tratamentos falsos de autismo. Já recomendei várias vezes: aprendam inglês e desconfiem mais. Não existe cura para o que não é doença.

Quero mais é que o circo pegue fogo para os envolvidos. Médicos, nutricionistas, profissionais de saúde envolvidos com MMS? Quero mais é que sejam denunciados mesmo.

E é só o começo. Existem outros tratamentos falsos que foram derrubados HÁ MAIS DE DEZ ANOS fora do Brasil.

Para quem acha que todo autista é um anjo, você deveria lembrar que alguns anjos caíram do céu 🐍

Minha foto porque nunca escondi minha cara e não vai ser agora que eu vou.

Ninguém pode comprar o meu silêncio nem corromper minha ética. Isso te incomoda? Que bom!


“Descobri que as pessoas são compostas de camadas e mais camadas de segredos. Você pode achar que as conhece, que as entende, mas seus motivos estão sempre ocultos, enterrados em seus próprios corações. Você nunca as conhecerá de verdade, mas às vezes decide confiar nelas” –Veronica Roth, Insurgente
***

Tenho muita vergonha de quem faz ativismo pela metade. Nunca vou esquecer de quando um médico misógino foi processado e teve gente que tentou jogar os outros contra mim por causa disso e escolheram o lado da pessoa.

Não me importo de parecer o vilão quando quem parece bonzinho dá um monte de tiro no pé.

Quando se tratam das tretas neurodiversas, eu apareço quando quero. Quem manda convite pode levar patada, principalmente se tem empatia seletiva e é omisso quando quer.

E não adianta usar a carta que 'estamos do mesmo lado' quando ela só é válida para o lado de vocês.

Do resto, se minhas pautas não te interessam, não tentem empurrar as pautas de vocês para mim.

Eu vejo o que me interessa ou não e compartilho sempre que posso – diferente de muita gente que choraminga por compartilhamentos e não compartilha nada de ninguém.

Não escolho lados nem sou seletivo na justiça. Pessoas dúbias que ficam protegendo quem promove tratamentos perigosos, eu dispenso. Independente de qual lado você estiver/se não estiver de nenhum e se ficar no caminho, não pisa no meu pé.

Como denunciar profissionais antiéticos: http://bit.ly/DenunciaProfAntiEt

*Ben Oliveira é escritor, blogueiro e jornalista por formação. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Me acompanhe nas redes sociais:


Facebook: https://www.facebook.com/benoliveiraautor/

Twitter: https://twitter.com/Ben_Oliveira

Instagram: https://www.instagram.com/benoliveira/

YouTube: https://www.youtube.com/c/BlogdoBenOliveira


Livros na minha lista de desejados:


Ciência picareta: https://amzn.to/2DoNaWE

Autism's False Prophets: https://amzn.to/2IM6LmY

Neurocomic: https://amzn.to/2ILUZJj

A Scientist in Wonderland: https://amzn.to/2VmQlsg



Algumas indicações de livros sobre o autismo:


Autismo (2018-2019): https://amzn.to/2Dsnokp

O Cérebro Autista: https://amzn.to/2VjXIjY

A Diferença Invisível: https://amzn.to/2DraoLV

Outra Sintonia: A história do autismo: https://amzn.to/2XzTn9H

Comentários

Mais lidas da semana