Pular para o conteúdo principal

Destaques

Neurodiversidade: Autismo não só biológico ou só identidade social

A Neurodiversidade dá um tiro no pé ao tratar o autismo como algo meramente social (identidade social), ignorando as particularidades neurobiológicas de CADA autista. Mas o extremismo científico também erra ao ver como algo meramente biológico, ou até mesmo patológico.


O ideal seria ver o melhor dos dois mundos, algo impossível diante da polarização. Todo mundo sai perdendo.

É utopia esperar que a sociedade vá se adequar completamente aos autistas, especialmente porque cada autista pode ser completamente diferente do outro. O ambiente adaptado para um autista, é o ambiente desadaptado para o outro – isso entre os próprios autistas.

Enquanto as pessoas continuarem tratando o autismo como algo 'universal', ignorando as especificidades, esse debate não vai para frente.

O Asperger que não precisa interagir com os outros, não precisa trabalhar, não precisa fazer nada que o tire da zona de conforto, talvez não sinta muita dificuldade em viver em um mundo não adaptado. Mas não é a re…

Espectro Autista: Falta de respeito ao espaço e escolhas

Não é possível. Será que eu escrevo em Latim e não sei? Quando peço para não me envolverem em tretas do mundo do autismo, é porque realmente não tenho interesse.



Não foi por mero acaso que saí de todos grupos e aproveitei o hackeamento para fazer uma limpa no meu perfil pessoal. Eu estava absorvendo problemas que nem eram meus e me estressando 24 horas do dia.

Poupe-me de qualquer forma de manipulação barata. Já expliquei várias vezes que comportamento humano/saúde mental é um dos meus hiperfocos.

DICA: EU NÃO PRECISO DE CONVITES PARA TRETAS. SE EU QUERO PARTICIPAR, EU PARTICIPO, como já deixei bem claro

DICA 2: Eu não preciso da aprovação de outras pessoas no espectro nem de páginas, associações, profissionais, do papa. Eu tenho autoestima saudável. Obrigado! Se você não tem, nunca é tarde para se cuidar.

DICA 3: Minha vida não se resume a falar de autismo 24 horas do dia. Tenho outros interesses e hiperfocos. Sou escritor independente, blogueiro etc. Cada minuto que gasto fazendo uma coisa é um tempo que deixo de fazer outra. Ou vocês aprendem a respeitar o meu jeito e o meu espaço, ou eu continuo excluindo e bloqueando.

Para todos: Mais leitura, mais interpretação de texto e amor próprio.

XoXo,

— Ben Oliveira (B.)

Você pode me chamar de Karma e karma is a bitch.

Comentários

Mais lidas da semana