Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

Feitiço para Banir o BolsonaroVírus do Brasil – Ben Oliveira

Última metamorfose do dia: Ben, o Pimentinha 😈😂 


Enquanto os eleitores de Bolsonaro usam da ignorância e das fake news para promover ódio, eu e outros que não votaram nele usamos a arte para entreter e curar.


Hoje o dia pede bons drinks. Quero ficar mais doido do que a Lana Del Rey quando está bêbada e esquece as letras das músicas (brincadeira, ou não). De todo jeito, é sorriso que não cabe no rosto. Leveza no peito, na garganta, nos ombros. Minha ansiedade tinha nome e sobrenome.

No clima pré-impeachment, resta torcer para que o Brasil fique livro dessa doença chamada BolsonaroVírus o mais rápido possível.

Depois da chuva, o arco-íris. Não sou hipócrita de dizer que valeu a pena esperar pois preferia que esse homem nunca tivesse sido eleito. Mas que agora ele tenha a justiça que merece e pague o karma nessa vida, que não é pouco.

Assista ao vídeo Feitiço para Banir o BolsonaroVírus do Brasil:



👇 Feitiço da noite: Como banir BolsonaroVírus 


— Misture em um caldeirão uma dose de alegria, três de justiça, quatro de verdade e cinco de amor;

— Mexa bem, enquanto dança ao som de suas músicas favoritas;

— Cante, se emocione e deseje que esse verme seja banido do Brasil.

— Repita três vezes em voz alta: Eu Avisei! Eu Avisei! Eu Avisei!

— Aguarde até que os resultados apareçam. Pode levar horas, dias ou semanas, mas eles certamente virão.

Tchau, Querido! Sem beijo, pois não quero pegar essa doença fatal que se aloja no cérebro e exige muita terapia para reverter: Bolsonarismo.

Sobre o autor – Ben Oliveira foi diagnosticado autista (Síndrome de Asperger) aos 29 anos, é escritor, formado em jornalismo. Autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.



Para ficar por dentro das minhas novidades:

YouTube: http://www.youtube.com/c/BlogdoBenOliveira

Instagram: https://www.instagram.com/benoliveira/ 

TikTok: https://www.tiktok.com/@benoliveira1

Comentários

Mais lidas da semana