Pular para o conteúdo principal

Destaques

Criminologia, Jornalismo e Ativismo Social: Uma Tríade Maquiavélica, Subjetiva e Tosca – Ben Oliveira

Uma coisa que precisa ser dita sobre Ciências Humanas e Criminologia . Vocês distorcem quase tudo com subjetividade. Nem todo assassinato de LGBTQ é LGBTQFOBIA , racismo etc etc. Estudem mais e passem menos vergonha na internet por ativismo burro.  Já falei e repito: quem define a motivação do crime é o assassino. Quem descobre? Quem está investigando. Não é a 'opinião' da sociedade nem todos mimimis que muita gente leva nas costas, como se fosse a vida deles, e sempre sofrem, sofrem e sofrem. Iluminação significa enxergar as coisas com clareza. Equilibrar ciência e magia, yin-yang, wicca e yoga. Mas muitos de vocês não estão e nunca estarão prontos para essa conversa. É triste? Mas real.  Se for para fazer ativismo burro é melhor não fazer, pois presta desserviço à sociedade e pânico desnecessário. Para quem é jornalista, responsabilidade SEMPRE. Vida profissional e vida pessoal, identidade pessoal e coletiva, justiça pessoal e coletiva, coisas completamente diferentes. Eu po

10 Curiosidades sobre o Tarot e Oráculos: Magia e Espiritualidade

1) Se você é intuitivo e tem twin flame (nem todos têm), vocês estão conectados sempre e sabem o que acontece na vida um do outro, mesmo quando escondem. As informações vêm em intuição, sonhos ou pelo próprio tarot.

Compre o Tarot de Marselha: https://amzn.to/3sLFOpF

2) Quem não tem twin flame, pode ter almas gêmeas. Muitas (amigos, família ou amores). Elas nem sempre duram a vida toda, diferente da twin flame. Cada alma gêmea tem sua missão neste plano e uma vez cumprida, ou vocês ficam juntos ou seguem caminhos diferentes. A conexão de twin flame é intensa e não se compara com de alma gêmea. 

3) O Tarot revela coisas que você já sabe sobre si mesmo e os outros, mas também revela coisas escondidas: traições, mentiras, segredos, terceiras pessoas (não necessariamente amantes, mas pessoas se intrometendo no relacionamento), namoro, casamento, divórcio e por aí vai. 

4) O tarot revela questões pessoais e profissionais sobre si mesmo e os outros. Sucesso ou queda, prosperidade ou estagnação, novidades ou fins. 

5) O tarot revela quando alguém está tentando te manifestar por meio de pensamentos ou magia. Se alguém fez magia contra você. Se a pessoa mexe com magia/bruxaria ou pagou alguém. 

6) Os Oráculos podem representar anjos e deuses, mas existem inúmeras variações desde fadas a criaturas mitológicas. Você pode descobrir qual área seu anjo está dando atenção e qual deusa está te guiando, por exemplo. 

7) Por meio do tarot, dos Oráculos e dos sinais durante a leitura, você capta o que a pessoa está pensando sobre você, referências musicais, números, letras do nome, signos das pessoas envolvidas, profissões...

8) Você sabe se a pessoa quer viajar até você, vai se mudar, quer família e casamento ou se não quer nada, se a pessoa é traiçoeira, se vocês são almas gêmeas, twin Flames, amores românticos ou caso. 

9) Geralmente o tarot é focado no presente, mas também pode pegar energias do passado e futuro; vidas passadas e vidas futuras. 

10) Compatibilidade: Você descobre coisas óbvias que já sabe, se suas religiões e crenças são compatíveis.

Leia também: Resenha: O Tarô da Deusa Tríplice – Isha Lerner 

Dica de livro: O Tarô de Marselha Revelado 

Twin Flames: Teimosia, Proteção e Comunicação

Twin Flames – Nikki Rowe 

Twin Flames: Chamas gêmeas devoradas pelo ouroboros – Ben Oliveira 

*Ben Oliveira é escritor, formado em jornalismo e bruxo há 25 anos. Autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Comentários