Pular para o conteúdo principal

Destaques

Criminologia, Jornalismo e Ativismo Social: Uma Tríade Maquiavélica, Subjetiva e Tosca – Ben Oliveira

Uma coisa que precisa ser dita sobre Ciências Humanas e Criminologia . Vocês distorcem quase tudo com subjetividade. Nem todo assassinato de LGBTQ é LGBTQFOBIA , racismo etc etc. Estudem mais e passem menos vergonha na internet por ativismo burro.  Já falei e repito: quem define a motivação do crime é o assassino. Quem descobre? Quem está investigando. Não é a 'opinião' da sociedade nem todos mimimis que muita gente leva nas costas, como se fosse a vida deles, e sempre sofrem, sofrem e sofrem. Iluminação significa enxergar as coisas com clareza. Equilibrar ciência e magia, yin-yang, wicca e yoga. Mas muitos de vocês não estão e nunca estarão prontos para essa conversa. É triste? Mas real.  Se for para fazer ativismo burro é melhor não fazer, pois presta desserviço à sociedade e pânico desnecessário. Para quem é jornalista, responsabilidade SEMPRE. Vida profissional e vida pessoal, identidade pessoal e coletiva, justiça pessoal e coletiva, coisas completamente diferentes. Eu po

Workaholic e Burnout: Escritor e bruxo sempre ocupado – Ben Oliveira

Gente, eu não respondo mensagens quando tô trabalhando. Se eu respondi, você teve sorte, só isso. Eu sou workaholic e nunca paro – geralmente só faço pausa na madrugada: Rainha do Burnout, que fala? Faço mil coisas ao mesmo tempo. Tenham paciência se eu demorar para responder. Sempre que posso eu respondo. Tá bom? 

Foto: Frankfurt, Alemanha (2012)

Sou escritor, blogueiro e bruxo, viciado em fotografar e no Instagram. Então, não estranhem se virem mil fotos e mesmo assim eu demorar para responder.

Meu notebook é lento. Então, se atrapalha meu trabalho... Sempre aviso: primeiro, é silenciamento. Se insistir, é exclusão e block.

Estou 300% focado no Mochilão que quero fazer na Ásia e numa possível mudança de cidade ou país. Então, como diria Britney Spears: you better work bitch!

Já já vou soltar no meu blog a Previsão dos Signos para a Lua Rosa (14 de Junho). 


♪ Tenho, e me sustento sozinha

Vou e venho pra onde eu quiser

Faço o chão tremer e não peço permissão

Quando eu chego, não aviso


Uma mulher tão forte como eu

Foi quem me ensinou todo esse flow


Essa Guaracha (cha, cha)

É pras minhas garotas (ah, ah)

Que soltam os cabelos e chegam com tudo, sem medo (medo)

Porque essa música cai como uma luva para elas  


Não sou só um rostinho bonito (não, rostinho bonito)

Tenho força, fogo e dinamite (bum, ei)

Se estou magra ou com curvas, como for, você gosta

Tome cuidado com essa gatinha aqui (ê, sim)


Dona de mim

Eu estou comprometida com minhas vontades (oh-oh)

Dizem por aí que eu sou

Uma tirana luminosa

Eu já nasci com as unhas afiadas


Pras minhas garotas, as que sempre respondem

As que não perguntam e vão onde querem

Pras que sabe como são as coisas

E não precisam receber ordens de ninguém, ei


Você não conhece a gente, então não fale de nós

Você não passa de mais um que só viveu nas nossas sombras

O que falta em você, pois, gato, eu tenho de sobra

Não vem querer nos colocar uma contra a outra ♪

— Christina Aguilera part. Becky G, Nathy Peluso y Nicki Nicole)

*Ben Oliveira é escritor, formado em jornalismo e bruxo há 25 anos. Autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Leia também: 

Tarot para Virgem no Mercúrio Retrógado: Pessoas cortadas dos signos de Ar e Fogo no período

Twin Flames: Das escolhas quando o juramento de amor e proteção se torna tóxico 

Resenha: O Tarô da Deusa Tríplice – Isha Lerner 

Twin Flames – Nikki Rowe 

Dica de livro: O Tarô de Marselha Revelado 

Twin Flames: Chamas gêmeas devoradas pelo ouroboros – Ben Oliveira 

6 Quotes de Penny Dreadful: Vanessa Ives 

6 Conselhos para Bruxos Iniciantes – Ben Oliveira 

Comentários