Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

Filmes: Abismo do Medo 1 e 2

Abismo do Medo

Em Abismo do Medo (The Descent - 2005), filme dirigido e escrito por Neil Marshall, um grupo de 5 amigas decidem se aventurar em uma caverna, porém chegando lá, Juno (Natalie Mendonza), a responsável pela expedição, revela que a caverna nunca fora explorada. Para o desespero das jovens, elas acabam ficando presas dentro da caverna, onde criaturas famintas por sangue habitam. Para poder sobreviver, elas acabam em uma situação onde tudo é válido. No final, Sarah (Shauna MacDonald) consegue escapar da caverna, mas para isso, ela deixa sua amiga Juno para trás.

O primeiro filme tem um roteiro que não deixa a desejar, e contém várias cenas de terror e suspense interessantes. E mostra o quão longe alguém consegue ir por meio de seu instinto de sobrevivência, levando o telespectador a um estado catártico.

Sequência

No segundo filme, Abismo do Medo 2(The Descent part 2 – 2009), dirigido por Jon Harris, a história começa com um grupo de policiais realizando buscas pelo grupo de jovens que estão desaparecidas há dois dias.

A protagonista, Sarah (interpretada pela mesma atriz), é encontrada em estado de choque. De forma irreal, o xerife a obriga entrar na caverna novamente junto com um grupo de resgate, para mostrar onde suas amigas estão. Certamente, o único motivo que a faz colaborar com a busca é o fato dela não conseguir se lembrar de nada. Só depois que eles estão lá dentro que a mulher começa a ter alguns flashbacks sobre suas amigas.

De forma parecida com o primeiro filme, eles acabam ficando presos no subterrâneo devido a um desmoronamento. Quando as criaturas aparecem, os instintos de Sarah retornam. Uma parte bem interessante do filme é quando Sarah e Juno se reencontram lá dentro. Será que juntos eles conseguirão sair da caverna? Descubra neste envolvente thriller.

O segundo filme não é tão bom quanto o primeiro. Basta lembrar que Abismo do Medo, ganhou 7 premiações e 10 nominações, sendo: 2 prêmios de melhor filme de terror e 1 de melhor filme de thriller. De acordo com o IMDB, a continuação não recebeu nenhuma premiação.

Abismo do Medo 2 é surpreendente e consegue chocar o telespectador a cada cena, as vezes de forma exagerada, mas mesmo assim, chocante. Vale a pena assistir, principalmente aos que amam um bom filme de terror.

Trailers
Abismo do medo 1


Abismo do medo 2

Comentários

Mais lidas da semana