Sobre o autor: Ben Oliveira

Última atualização: 28/09/2016


Minibiografia: 


Ben Oliveira é escritor, redator freelancer, blogueiro e jornalista por formação. Tem contos publicados na Amazon e em diversas coletâneas e é autor do livro de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1), disponível no Wattpad e do livro Escrita Maldita, publicado na Amazon.  Nasceu em 1989, morou grande parte da vida em Campo Grande (MS) e atualmente vive em Blumenau (SC). Mantém o blog www.benoliveira.com.


Facebook: https://www.facebook.com/benoliveiraautor/

Perfil no GoodReads: https://www.goodreads.com/author/show/8137348.Ben_Oliveira

Perfil no Wattpad: https://www.wattpad.com/user/benoliveira

Página de autor no Skoob: https://www.skoob.com.br/autor/11223-ben-oliveira

Tumblr: https://benoliveiraautor.tumblr.com/


Publicações:


  • Contos Prazeres Perigosos e Segredos Expostos, na coletânea Loveless, da Editora Escândalo (2013);
  • Conto Para Sempre Uma Estrela, no livro Mentes Inquietas, da Andross Editora (2013);
  • Conto Pesadelo no Hotel, no livro Sonhos Lúcidos, da Andross Editora (2013); 
  • Conto O último dos príncipes, no livro Amores (Im)possíveis, da Andross Editora (2013); 
  • Conto Transformações do Amor, na coletânea Homossilábicas Vol. 3, da Editora Escândalo (2013); 
  • Conto Pesadelos de Catarina, no Ebook gratuito A Hora do Pesadelo / Disponível no Wattpad (2014); 
  • Conto Lágrimas de Medusa, no livro Seres Mitológicos, da Editora Buriti (2014)
  • Conto O Assassino da Floresta, no livro Luz e Escuridão, da Editora Buriti (2014)
  • Conto O Último Corte, na coletânea Cultura, Livros e Contos, da Cultura em Letras Edições (2015)
  • Carta da personagem Amélia, no livro Remetente N.15, publicado pela Letras e Versos (2015)
  • Conto Pour Toujours Une Étoile (tradução de Luiz Fernando Mongenot para o francês do conto Para Sempre Uma Estrela), na Amazon (2016)
  • Carta da personagem Amélia, no livro Remetente N.15, disponível em eBook na Amazon (2016)
  • Crônicas publicadas no jornal O Povo Online: O Blues de Natasha, Amor em Aquarela e Amor Nômade (2016)
  • Entrevistas e respostas para o livro Escritores Perguntam, Escritores Respondem, organizado pelo autor Fábio Shiva, publicado pela Cogito Editora (2016)
  • Romance de terror Escrita Maldita, disponível na Amazon (2016).


Prêmios e Reconhecimentos:


  • 3º lugar na categoria "Graduação e Pós-Graduação", no Concurso de Narrativas Morro Reuter 2013, com o conto Monga.
  • Premiado na categoria Literatura em apoio a Diversidade Sexual – Troféu APOLO Amigos da Causa, em 2015.
  • Classificado com o conto Coração Defenestrado no I Concurso Literário "Cidade das Asas" – Galvão Peixoto (SP)
  • Finalista do Prêmio SESC de Literatura 2013/2014. Dos 214 romances inscritos, 33 foram pré-selecionados.
  • Entrevistado pelo escritor Marcelino Freire

Parcerias e Participações:


  • O Blog do Ben Oliveira já teve parceria com as editoras: Editora Escândalo, Editora Caligo, Editora Orgástica, Cultura em Letras Edições, Grupo Editorial Autêntica, Editora Empíreo, LPM Editores e DarkSide Books.
  • Entrevistou Thomas B. Allen, autor do livro Exorcismo, para a revista publicada pela editora DarkSide Books
  • Resenhou mais de 50 livros de autores parceiros do blog, entrevistou mais de 20 escritores, sendo dois deles internacionais.
  • Autor convidado com o texto "O Universo Literário Colorido", na coletânea Orgias Literárias da Tribo (org. Fabrício Viana, Editora Orgástica, 2014)
  • Escreveu os votos do casamento gay coletivo realizado em Campo Grande (MS), em julho de 2013.
  • Texto na orelha do livro A Teia de Germano, do escritor Roberto Muniz Dias

Experiência:


  • Rádio-documentário "Índio Urbano" (2010), projeto selecionado para o I Prêmio Roquette-Pinto.
  • Projeto de Extensão "Produção Laboratorial Jornalística Em Foco na Rádio", de fevereiro a junho de 2010, onde produzi, editei e realizei entrevistas e podcasts.
  • Estágio na Assessoria de Imprensa e Webriter no Grupo Rio da Prata (atrativos turísticos Estância Mimosa Ecoturismo, Recanto Ecológico Rio da Prata e Lagoa Misteriosa e blogs sobre turismo) – setembro de 2011 até junho de 2012
  • Webwriter e Gerenciador de Mídias Sociais na equipe da empresa I Love MS, blog sobre cultura, turismo e história do Mato Grosso do Sul, entre agosto e novembro de 2012.
  • Estágio de Marketing Digital e SEO na empresa F&M Importações (Compre Direto da China) – 3 meses
  • Documentário "Mais Escoteiros, Melhores Cidadãos", Trabalho de Conclusão de Curso, do curso de Jornalismo da UCDB, realizado em parceria com Maria Izabel Costa, em novembro de 2012.
Contato com o autor: ben-oliveira@hotmail.com

Certificação em Marketing de Conteúdo pela Rock Content e Certificação em Inbound Marketing pela Hubspot. Procurando redator freelancer?

Meu perfil no LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/benoliveiraescritor

Sobre o Blog do Ben Oliveira 


Criado em Junho de 2009, o perfil inicial do blog era abordar Jornalismo, Tecnologia e Comunicação. Atualmente é mais voltado para Literatura, Escrita e Cultura. O blog já ajudou diversos acadêmicos, profissionais da área e professores, com os textos e conteúdos recomendados. Já foram publicadas mais de 150 resenhas de livros e mais de 15 entrevistas com escritores para o blog, além de divulgações de lançamentos de livros, dicas de escrita, recomendações de filmes e séries.


Redes Sociais: Twitter, Facebook, Página no Facebook, Google Plus e Skoob

Para parcerias, sugestões, dúvidas, envio de releases sobre livros e lançamentos, vaga para redator freelancer, qualquer informação que possa se encaixar no perfil do blog ou meu perfil profissional, entre em contato: ben-oliveira@hotmail.com


Comentários de escritores e leitores sobre meus contos e romances:


“Escrita Maldita é um livro de terror, isso você deve saber, mas também é um livro sobre processo criativo de um escritor. Me identifiquei com o livro em vários níveis. Óbvio que nunca passei por um terror psicológico. Mas vi na pele de Daniel Luckman. A escrita de Ben Oliveira é uma obra de arte, é deliciosa e de uma qualidade incrível. Os personagens são de uma profundidade que é inegável a aproximação e a troca de lugar durante a leitura. Eu fiquei refém desse livro por vários dias, demorei para ler, não por não gostar, mas porque eu sofria demais ao ler. Foi o primeiro livro de terror que li na vida, mas garanto que é algo que retornarei a fazer. Ben soube dosar os pontos de adrenalina, meus sentimentos ficaram misturados durante a leitura. Eu terminava de ler e ficava: Não acredito! Porém confesso que a segunda parte do livro virou minha cabeça. Não esperava por aquilo. Foi mais do que eu pude digerir. Acho que Escrita Maldita cumpriu tudo que prometeu. Eu senti o terror, senti Daniel e Marissa dentro de mim. Enlouqueci com Laurence Loud... O livro em terceira pessoa me deu uma visão ampla de tudo. O processo de escrita foi onde eu mais me encontrei, era como se eu tivesse vendo um reflexo meu, até pensei o quão clichê era aquilo. Nós que escritores que estamos sempre fugindo e criando plots twister só para não ser óbvio” Andreia Nascimento, escritora 

“Traz uma trama envolvente que mexe com a loucura e a sanidade dos personagens, com o mistério e as voltas do passado sombrio, com os sonhos de um escritor e com os sentimentos que o afligem [...] Uma recomendação ao leitor: tenha fôlego. As reviravoltas e surpresas acompanham o leitor até a última parte do livro. Com várias referências literárias e com os contornos psicológicos dos personagens, a história é, sem dúvida, fascinante” – Tomo Literário sobre o livro Escrita Maldita


"Escrita Maldita do Ben Oliveira entrou para a lista de livros mais incríveis que já li. Terminei o livro chocada e ao mesmo tempo arrebatada com o final destruidor! É de tirar o fôlego, mas vamos por partes. Uma das coisas mais fantásticas da história é a forma como Ben consegue brincar com o real x imaginário, os limites que existem entre eles e a metáfora com a escrita que nós - escritores e leitores - acabamos nos identificando. A escrita é fluída, muito gostosa do tipo que a gente quer devorar tudo de uma vez. Lembro de parar algumas vezes, porque não queria que o livro terminasse logo. Outro ponto positivo é a ambientação muito bem construída: o livro possui um tom muito soturno, sombrio que faz o leitor mergulhar na trama e se sentir como um narrador onipresente, como se estivesse preso a trama e é o clima ideal para um livro de terror. Os personagens são muito bem desenvolvidos. Eu me identifiquei e simpatizei com Daniel e Marissa, um casal que está no início da vida a dois, na luta por uma vida melhor sem abandonar seus ideais sonhadores. Escrita Maldita também possui uma mensagem muito forte sobre perseverar com seus sonhos e não desistir deles. Durante o livro, torcemos para que os dois consigam realizar seus objetivos e tentamos protegê-los, mesmo sabendo que a ficção tem vida própria e segue seu caminho. Indico muito Escrita Maldita, principalmente para os fãs de terror / thriller psicológico e já estou ansiosa para ler próximos livros do autor que é, sem dúvidas, um destaque no cenário do terror. Cinco estrelas e super favoritado" – Juliana Skwara, autora do livro Maratona do Terror

"O rumo que a trama tomou me surpreendeu. Por mais que o fato de três personagens estarem numa casa longe de tudo não seja algo totalmente novo, a forma como os acontecimentos se dão, a resolução e as referências fazem valer a pena cada palavra lida. [...] Ben Oliveira criou uma história original que mexe com nosso psicológico e nos faz ficar íntimos com todos os personagens. É um livro mais do que recomendado para amantes do terror!" – Carol Mendes, do blog Virando Amor, sobre o livro Escrita Maldita

"A história é realmente conduzida de uma maneira incrível! A primeira parte te mantém curioso, ansioso, um pouco incomodado com o fato de você saber que há algo oculto e que você desconhece. É realmente um suspense em cada frase, uma sombra espreitando na próxima página. A segunda parte lhe traz a sensação de que tudo está no seu lugar, finalmente, mesmo que você ainda não entenda tudo, você se sente chegando na segurança de um desfecho de romance, até que as reviravoltas e revelações te atingem e a segurança se transforma em terror. Tudo começa a fazer sentido e você já não se sente mais no escuro. E então, o final surpreendente, brutal, assustador e, ao mesmo tempo, bem-vindo e amarrado à história de tal modo que você não consegue imaginar um desfecho melhor" – Marcos Ouriques, sobre o livro Escrita Maldita


"Ben Oliveira merece todo o louvor, tanto pelo seu trabalho em seu blog onde resenha obras literárias (uma iniciativa essencial sobretudo num país de poucos leitores como o Brasil), quanto por seu ofício como escritor. Em seu recente livro, Escrita Maldita, o autor se aprofunda com uma narrativa intrigante ao mesclar suspense e terror em doses certas, enquanto instiga a mente do leitor com inúmeras possibilidades que decorrem do encontro de dois escritores habituados a misturar, tanto em suas vidas como em seus textos, realidade e ficção. Do encontro dessas mentes inquietas e manipuladoras vemos aos poucos diluir, como um devaneio sem fim, a fronteira entre a imaginação e o fosso escuro onde tateia, desesperada, a realidade" – Ricardo Bellissimo, autor dos livros Negro Amor, Sombras & Nefastos e Sufoco 

"Logo que os dois autores se encontram percebe-se que algo de estranho paira no ambiente. Sentimos que há algo de errado, que há uma intenção maliciosa naquela pequena reunião, que a parceria é apenas um pretexto para algo muito mais macabro, mas não dá pra se definir o que é. O autor nos faz procurar pistas nos diálogos ácidos dos protagonistas, nas referências ao passado de cada um, nos pensamentos que eles compartilham conosco. Fiquei impressionado com sua habilidade de usar uma linguagem subliminar, deixando-nos inquietos com as atitudes mais banais dos personagens. Ben tem uma escrita provocativa, não dá pra fingir que não temos nada com aquilo pois ele nos cutuca a todo instante, mexendo com nossa curiosidade, nossa expectativa e, principalmente nossos medos" – Ronaldo Gonçalves, do blog literário Porque Livro Nunca Enguiça, sobre o livro Escrita Maldita

"A história é realmente muito incrível! Me apaixonei pelo livro em muito pouco tempo. A cada reviravolta eu vibrava com os personagens, sentia como se estivesse vivendo o momento junto com eles! Adorei o tema, os personagens, cada reviravolta, cada capítulo, tudo! Um dos melhores livros que já li, sem qualquer tipo de exagero. Não tenho muitas palavras pra descrever, mas é um livro realmente maravilhoso!" – Duda Silva Mendes, leitora de Escrita Maldita

"Eu to completamente extasiada e sem reação. Passei o livro todo achando uma coisa e era outra [...] A história prende você, te machuca e te causa arrepios. Você se envolve sem perceber. Eu amei" – Gabrielle Batista, leitora de Escrita Maldita

"Olha, definitivamente esse foi o melhor livro de fantasia que eu já li. Quem diria em um final de semana entediante eu fosse me apaixonar tanto por um livro assim. Foram muitas emoções, surtos e vontade de bater no autor. (Mentira, melhor autor, nunca critiquei e/ou quis agredir). Obrigado, Ben Oliveira, porque não é qualquer autor que aguentaria as minhas centenas de comentários. Você e o seu livro são incríveis. Você é uma pessoa maravilhosa, atenciosa com os leitores... Por favor, nunca desista. Eu vivi todos os medos, drama, choros e felicidade com todos os personagens. Você escreve incrivelmente bem, passando todas as emoções de cada cena, tudo detalhado. Eu mesmo me sentia dentro do livro. Não sei o que dizer, acho que já disse tudo. Muito sucesso pra você e muita luz na sua vida. Continue criando obras maravilhosas como essa. Você ganhou um fã, um bem louco. Hahaha. Obrigado por este livro e meus parabéns. ❤ Ps: Sentirei saudades, felizmente tem o livro 2" Valtean Borges sobre o livro O Cìrculo

"De todos os livros que comprei em 2017 (que não são poucos) esse foi a melhor aquisição de longe. Fiquei chocada com o livro, é extraordinário. Bem desenvolvido e bem escrito, vocabulário fantástico. Desse autor eu leio até a lista de compras!" – Cristiane Welter, leitora do livro Escrita Maldita


"Uma história maravilhosa. Que te prende do início ao fim. A cada página um suspense e descobertas alucinantes. Quando você pensa que tudo está resolvido, Ben solta uma bomba em seus leitores. Amei demais esse livro" – Gisele dos Santos, leitor do livro Escrita Maldita


"Sinceramente, aqui no Wattpad, infelizmente não tem muitos livros de fantasia sobre bruxos, digamos assim, que relatem muito bem os acontecimentos, as partes em que eles fazem magia, ou até mesmo rituais. E é exatamente por isto que eu amei este livro". – SrtaMisteriosaS2


"Livro intrigante, sombrio e que segura o suspense até o final. A questão do duplo representada pelo sonho e expectativas do protagonista, a incerteza do encontro com quem se admira e com quem se pode acabar rivalizando. E, claro, a linha tênue entre vigília e devaneios. Enfim, Ben Oliveira escreve muito bem e sabe conduzir uma boa história" – Felipe Cherubin, escritor, jornalista e filósofo sobre o livro Escrita Maldita


"Livro que me prendeu do começo ate a ultima palavra, espero ler mais obras do autor em breve! Ótima escrita, um desenvolvimento muito bom da historia e personagens bem construídos" – Caroline Lopes Gimenez Rodrigues, leitora de Escrita Maldita

"É uma história que você não tem a mínima ideia do que acontecerá no próximo capítulo. Faz você ler até a última página. Excelente escrita de Ben Oliveira" – Janaína Schüssler, escritora sobre o livro Escrita Maldita

Para os fãs de terror, eu tenho um novo nome! Ben Oliveira, autor nacional de talento. Ben Oliveira nasceu em 1989 e mora em Campo Grande (MS). Graduado em Jornalismo, blogueiro e escritor. Autor de contos publicados em diversas coletâneas e sonha em seguir a carreira de escritor profissional. Mantém o blog www.benoliveira.com.
Posso dizer com propriedade, pois sou leitora de terror, que Escrita Maldita é um livro que vale a pena ser lido. Cheio de referencias psicológicas, literárias e cinematográficas, este deve ser lido e incentivado a continuar no ramo!
Em Escrita Maldita, conhecemos Daniel Luckman, escritor iniciante e de talento para ser Best-Seller. A convite da editora que o Daniel começa a escrever um novo livro com outro autor, veterano, famoso, ídolo, Laurence Loud. Enquanto escrevem a história de terror mais bem elaborada, aterrorizante e esperada, coisas realmente estranhas começam a acontecer. O que é realidade e o que é apenas imaginação fértil desses escritores?
Sim! Eu recomendo e incentivo a leitura desta obra! – Renata Brito, blogueira literária e bibliotecária

Adorei o livro! É uma história que te prende do começo ao fim. Em alguns momentos fiquei tão conectada com os personagens que era como ser transportada para o local. Achei muito interessante o modo como o lado psicológico de cada personagem é desenvolvido. Para quem curte terror é um ótimo livro! – Michele Barbosa sobre o livro Escrita Maldita

"Parabéns, esse livro é foda pra caralho. Eu amo fantasia, e esse livro me prendeu do começo ao fim. Confesso que faz tanto tempo que não terminava de ler um livro aqui no wattpad que pensei que nem ia terminar esse, ia parar na metade. Imagine a minha própria surpresa quando li esse livro em dois dias. Adorei o livro. Parabéns" – fthoffn sobre o livro O Círculo: Os Bruxos de São Cipriano Vol. 1

"Daqui do Wattpad, sei que tem muitos livros ótimos, mas como Os Bruxos de São Cipriano não tem. Simplesmente é apaixonante. O Círculo foi ótimo, espetacular, estava ansiosa para começar a ler o próximo e aqui estou já amando o início" – sarabe2501

"Duas pessoas tão diferentes e tão parecidas. Apesar de ser um conto, fiquei surpreso com a delicadeza com que o autor narrou os fatos"Tom Adams, leitor da Amazon, sobre o conto Para Sempre Uma Estrela



"Você já imaginou como sua vida seria se você não tivesse escutado ninguém além de seu coração?". A história de Amélia surpreende e choca não por ser diferente demais, mas por ser real, humana demais. No conflito entre razão e sentimento, a carta de Amélia traduz a angústia de muitas pessoas que se veem obrigadas a escolher uma opção, com uma força externa interferindo em sua vontade. Nesse processo de disposição e reencontro do "eu", a escrita do autor se mostra brilhante, transmitindo com maestria e densidade as emoções e impressões da personagem e mesmo assim mantendo a narrativa ágil. – Anselmo Silvino, leitor, sobre o conto A Carta de Amélia, publicado no livro Remetente N.15



"Diria sim, sem pestanejar, que o conto Para Sempre Uma Estrela, de Ben Oliveira, é misterioso, surpreendente, dramático e sensível. Leitura rápida e gostosa que permite ao leitor adentrar o universo das Drag Queens de forma única e inusitada. Com um desfecho inesperado, o leitor fica, do começo ao fim, preso à narrativa das vidas de Renato e Nicole. Parabéns ao escritor, que soube traduzir sentimentos com uma pitada de suspense...  RECOMENDO!" /  « Je dirais oui, sans peur, que le conte Para Sempre Uma Estrela (disponible aussi en version française), de Ben Oliveira, est mystérieux, surprenant, dramatique et sensible. Une lecture rapide qui permet aux lecteurs d'entrer dans l'univers des Drag Queens d'une façon unique et inusitée. Avec un dénouement inattendu, le lecteur reste, du début jusqu'à la fin, attaché au récit de la vie de Renato et de Nicole. Bravo donc à l'écrivain, qui a su traduire les sentiements avec un coup de suspense... JE VOUS L'INDIQUE ! »
 – Luiz Fernando Mongenot, acadêmico de Letras e tradutor do conto Para Sempre Uma Estrela (Pour Toujours Une Étoile)


"Aqui conhecemos, por meio de uma linguagem metafórica, que soa como um poema, a personagem e autora Amélia, uma mulher que sofreu por não ter seu amor correspondido. Esse conto é um pouco mais dramático, e pode parecer estranho que eu o selecione dentre outros que possuem uma temática mais carregada de ação e mistério, mas este possui uma qualidade única. Já li outros escritos do autor, e este faz jus e firma ainda mais seu dom com as palavras" Matheus Fellipe (blog Leitor Noturno), sobre o conto Carta de Amélia, publicado no livro Remetente N15  

"Sem palavras pra este conto maravilhoso, além de trazer visibilidade para a cultura drag, possui um final surpreendente! Deixe-se levar pela escrita contagiante de Ben Oliveira e adentre seu universo ficcional, garanto que não se arrependerá." – Pedro Medeiros, acadêmico de Letras, sobre o conto Para Sempre Uma Estrela

"De verdade? Eu chorei. Eu tenho meio que uma capacidade natural de entrar na pele da personagem, então, lá fui eu ficar em agonia... Você tem essa capacidade de levar o leitor ao mundo particular, emocional, das personagens que poucos autores conseguem - e eu não estou falando isso porque eu admiro você, estou falando porque é verdade. O fator surpresa foi realmente "surpreendente", me perdoe a redundância. Fiquei sem palavras" – Michele Barbosa, blogueira, sobre o conto Para Sempre Uma Estrela

"Só a capa já me ganhou! Eu comecei a ler o conto como quem não quer nada e lá estava eu dentro do hotel sendo assombrada. Você tem o dom, amigo. Minha atenção estava completamente focada na história, como se eu tivesse sido transportada a outra realidade. E o desfecho? Surpreendente!" – Michele Barbosa, blogueira, sobre o conto Pesadelos no Hotel

"A narrativa do Ben Oliveira consegue nos prender da primeira à última palavra, sendo intenso, melancólico, surpreendente, e mesclando sentimentos: estar no ápice dos holofotes e à beira do abismo. "Para Sempre uma Estrela" é um conto maravilhoso!" – Flavia Andrade, autora do livro Natasha 

Tenso e intenso, com um surpreendente desfecho. Ben Oliveira tem a sensibilidade e o dom de prender o leitor com suas palavras. Parabéns, adorei! – Adriane Benevides, jornalista, sobre o conto Para Sempre Uma Estrela

"Você foi ousado nos temas abordados, Ben Oliveira. Considero isso muito bom. Porque ter ideias de nada vale se não se tem coragem para expô-las. Tanto na primeira história quanto na segunda, usou de sensualidade junto com terror, eu acredito, porque se pensarmos em como são as vidas desses personagens, não podemos falar de outra coisa senão tragédia, não é? Um final, para ambos, talvez deplorável tendo em vista o que realmente queriam da vida." – Evelyn Postali sobre meus contos Prazeres Perigosos e Segredos Expostos, publicados na coletânea Loveless, da Editora Escândalo

"Bem, você pode ler "Prazeres Perigosos" e num primeiro olhar pensar - este é um conto de vampiros com uma grande orgia gay bareback. No entanto, num segundo olhar, aqui temos algo bastante inteligente que na minha visão serve de alegoria pro estilo de vida que muitos gays seguem. O vampiro, este ser que vive para sugar a vida do outro, sem jamais dar algo de si, e que no conto é um viciado em sexo, com nome e rosto de anjo (da morte, Azrael), bem pode representar essas pessoas que esgotam as outras. São as mesmas que dizem buscar relações sérias e amor, no entanto, tudo lhes dura enquanto há interesse e nunca nada é suficiente, sempre é preciso "sangue novo". Talvez para elas, como para os personagens, o tempo passe e a realidade daquilo que se faz é colhida. Talvez não. A maior certeza parece ser a de que, quem um dia foi caçador, fatalmente será caça nas mãos de alguém.

"Segredos Expostos" tem o sabor de uma trama policial. E de novo, revisitando esse conto, tive a sensação de haver algo mais nele do que realmente está nas linhas: é o maravilhoso mundo das entrelinhas. Parando pra pensar bem na situação do policial, o personagem central, ele representa bem (também) o tipo de pessoa que tem um "dane-se" patológico a respeito das consequências do que faz na vida das outras pessoas. Ao julgar-se forte dentro da sua bissexualidade, e do gosto por homens delimitado ao sexual, e das mulheres como para relacionamento, e dentro de sua farda, ele nada mais é do que um fraco. E essa fraqueza é uma grande faca de dois gumes diante das tentações que vêm nas mais variadas formas.
Um fato curioso sobre os dois contos de Ben Oliveira é que os personagens aparentam menos idade do que a que realmente têm. Azrael e o capitão compartilham do mesmo aparente decréscimo de 5 anos na aparência. Do mesmo modo, são histórias sobre encarar consequências de atos nada inocentes". 
Rafael Nova sobre meus contos Prazeres Perigosos e Segredos Expostos


"Ben Oliveira comprova sua versatilidade como escritor ao nos presentar com uma história diferente de seus contos em Loveless. O que me agrada muito em "Transformações do Amor" é a exploração de um tema pouco comum, na verdade, inusitado em se tratando de contos LGBT. Fui pego de surpresa (grata surpresa) ao encontrar o mistério e o sobrenatural entrelaçados a uma passagem que toca o coração. O casamento de aparências onde Boyce, um rico fazendeiro de 32 anos, acolhe Joaquim, de 25, que está em busca de emprego e maltratado pelas condições adversas que tem enfrentado.
Quando Joca diz "eu gostaria de te fazer feliz", confesso que isso mexeu comigo. O fato de um sentimento verdadeiro brotar, com o não querer nada em troca. Talvez uma experiência tão rara quanto encontrar uma criatura à noite no campo (um clima de causo se instaura aqui). Um inteligente conto, com escrita envolvente e a capacidade evocativa de desvelar-se em imagens vívidas". – Rafael Nova sobre meu conto Transformações do Amor, publicado na coletânea Homossilábicas Vol. 3

"Foi uma das que mais amei no livro. História linda e contada de um jeito tocante" Marcos Ouriques sobre o conto Carta de Amélia, publicado no livro Remetente N. 15



O que os autores de livros resenhados por aqui estão dizendo sobre o Blog do Ben Oliveira:


"Existem resenhas boas, ótimas, e resenhas como essa, que eu classifico como essenciais. Muito obrigado, Ben, por ler e resenhar com tanta qualidade" – Cesar Bravo, autor do livro Ultra Carnem



"Ben dá um apoio muito grande aos novos escritores, divulgando trabalhos de todo o Brasil e mostrando com suas resenhas o conteúdo de alta qualidade de obras muitas vezes desconhecidas para o grande público. Mas ele não se limita apenas à nossa literatura. Ben também resenha livros de autores estrangeiros, clássicos e bestsellers e o faz de maneira primorosa. Seu texto é elegante, profundo, suas análises são perspicazes. Ele também é muito honesto em suas opiniões. Um cara bem antenado, que demonstra discernimento em suas opiniões e escolhas literárias, o que faz de seu trabalho um trabalho sério, profissional, mas ao mesmo tempo um espaço descontraído, dinâmico. Tanto que ele não se limita apenas a resenhas. Ben também divulga lançamentos, mostra as suas leituras do mês e escreve sobre cinema e séries de TV. Além das ótimas entrevistas com autores. São bate papos leves, objetivos e com perguntas relevantes, que só despertam mais a vontade conhecer o trabalho desses escritores". – Ronaldo Gonçalves, do blog Porque Livro Nunca Enguiça

"É uma grande realização para o autor perceber que um leitor sintonizou-se exatamente com as questões que o levaram a escrever um livro. O jornalista e escritor Ben Oliveira fez uma leitura extremamente profunda e tocante de Bile Negra. Em seu bem conceituado blog, que traz resenhas muito cuidadosas e de grande valor analítico... Confira a resenha e não deixe de seguir este excelente blog!" Alexandre Loch, autor do livro Bile Negra

"Sempre uma surpresa agradabilíssima a análise do Ben Oliveira. Esta em particular me emocionou por ser uma das últimas – creio eu – que ele fará por algum tempo e porque foi certeira ao entender o propósito e o centro de minha escrita. É tão difícil ter leitores atentos e clarividentes que a leitura de Ben já ultrapassou o detalhe, a entrelinha. Ele foi além. E todo bom leitor tem tudo para ser um excelente escritor. Minha eterna gratidão, menino prodígio! Sucesso!". – Roberto Muniz Dias, autor dos livros O Branco se Suja pelo Esforço Adeus a Aleto, Um Buquê Improvisado, Errorragia, Urânios e O príncipe, O Mocinho ou Herói Podem Ser Gays

"Uma vez, eu disse ao Ben Oliveira que ele sabia falar do meu livro melhor que eu mesmo. Esse vai longe!"Paulo Sérgio Moraes, autor dos livros Condicional e Remetente N.15 

"Oi, Ben. Parabéns pela crítica. Você é muito sagaz! Hehehe Forte abraço e obrigado pela divulgação! :)" – Leonardo Barros, autor do livro Presságio: O Assassinato da Freira Nua

"Parabéns, Ben Oliveira. Apreciei muito o seu texto. Você dosa muito bem a lucidez de um trabalho tão importante como o de um blogueiro, com a ética com que este deve se debruçar diante de seu árduo ofício. Você é um exemplo para muitas gerações. Abraços"Ricardo Bellissimo, autor dos livros Sombras e NefastosNegro Amor e Sufoco  

"Fiquei muito feliz com seus comentário generosos. A qualidade da sua resenha traz ainda mais propriedade ao trabalho. Muito obrigado pela espaço. Espero que seus leitores se divirtam com o livro. Um grande abraço". – Anderson Henrique, autor do livro Anelisa Sangrava Flores

"Ben! Que honra ter meu primeiro livro resenhado por ti. Venho acompanhando o blog na expectativa de, um dia, ver uma de minhas obras passar pelo seu olhar honesto e cuidadoso. Esse dia chegou! Que felicidade! Muito obrigado por permitir que seus leitores conheçam o universo "A Visita". Vida longa ao seu trabalho!"Alex Francisco, autor dos livro A Visita e Corpo Condenado

"Ben!!! Eu ainda não tinha passado aqui para agradecer pela resenha! Fiquei feliz com o seu texto, e principalmente no trecho em que cita a "morte dos sonhos"... Sem dúvida, este é o ponto principal... Muito mais que os desafios de um escritor iniciante, os conflitos do Hector são os mesmos de todos aqueles que por um motivo ou outro não conseguiram realizar aquilo que projetaram para a própria vida. Mais uma vez, Muito obrigado pelo carinho!"Hugo Ribas, autor do livro Confesse-me 


"Eu acho que tenho um novo melhor amigo!! Obrigada pela honra, Ben Oliveira... Venha para os Estados Unidos, para que eu possa levá-lo para almoçar!"Ka Hancock, autora de Dançando Sobre Cacos de Vidro 

"Muito Orgulho de colher os frutos de anos de trabalho. Obrigado ao Ben Oliveira e seu ótimo Blog do Ben Oliveira, pela leitura profunda e a opinião sincera e positiva sobre o meu livro. Quem tem alguma dúvida sobre o assunto Ben Oliveira destrinchou meu livro de uma forma que nem eu conseguiria fazer. Obrigado!"Danilo Otoch, autor do livro Para que os Vivos e os Mortos Descansem em Paz 

17 comentários:

  1. Parabéns pelo trabalho, tanto no profissional, como no pessoal. Show de bola.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o seu blog. Você virou a minha inspiração ^^ Parabéns por tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Quel!
      Fico feliz que tenha gostado do blog e também de poder te inspirar de alguma maneira. Muito obrigado!
      Tenha um ótimo fim de semana ;)

      Excluir
  3. Meu novo vicio será o seu Blog Ben... Amei muito... Parabéns, é MASSA. Queria te-lo descoberto muito antes, mas o melhor é que já acabei o achando!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dorivaldo, muito obrigado pelo comentário e pela visita. Fico muito feliz que tenha gostado do blog, afinal, o que garante que ele continue existindo são comentários como o seu e o feedback dos leitores. Fico grato em poder ajudar os outros de alguma maneira. Abraços!

      Excluir
  4. Parabéns pelo o blog Ben. Você escreve muito bem. Digno de um ótimo jornalista. A inspiração do meu blog veio através de você. Se cuide!

    Lucas Almeida

    ResponderExcluir
  5. Tu é um guri bonito e interessante demais >.<

    Me encontra lá no GPlus?

    http://circule.me/lineucamargo

    ResponderExcluir
  6. adorei saber que tem um menino-homem .....que tem um blog aqui em campo grande ms (GLBT), vejo tantos blogs de fora do estado..... mas aqui nada.... ate te encontrar nas aguas da internet...por acaso... por isso estou ORGULHOSO DE VOCE. Parabens....continue assim agragando ideas....e discursos. bjus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Waldomiro! Essas questões precisam ser discutidas e os blogs são ótimas plataformas para abordar o assunto, visto que nem sempre a mídia dá o enfoque necessário.
      Abraços!

      Excluir
  7. Nossa sem dúvidas é muito show o seu blog, estava fazendo uma pesquisa a respeito de um livro que estou lendo e encontrei um post relacionado aqui, e que por sinal me ajudou bastante. rsrs
    Tenho muita vontade de cursa jornalismo também, acho muito bacana. Parabéns por todas estas conquistas você manda muito bem :)

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tatiana, fico feliz que tenha encontrado algo no blog sobre o livro que estava lendo. Aceito sugestões de leitura e recomendações de textos também.
      Espero que consiga conquistar os seus objetivos. Se é Jornalismo o que deseja fazer, não desista. Abraços!

      Excluir
  8. Boa nooite Ben.. entao fui eu que te enviei a mensagem no face :)))) Me responda pelomordeDeus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Andressa. Não recebi sua mensagem no Facebook.
      Se preferir, me mande um e-mail: ben-oliveira@hotmail.com

      Excluir
  9. Amei tudo isso !!! Parabéns pelo seu sucesso !!!! bjs ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo comentário, Julia!!
      Seja sempre bem-vinda! E obrigado pelo apoio.

      Excluir
  10. Ola Ben, por fv pode me satisfazer uma curiosidade? já pesquiisei, mas não encontrei nada a respeito....Qual é
    a situação atual de Rachel Armstrong ?

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Comentários Recentes

Me acompanhe no Instagram