Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Candyman – Clive Barker

Um presente para os leitores de Clive Barker, assim é a edição para colecionadores de Candyman, publicada pela editora DarkSide Books, em janeiro de 2019, com tradução de Eduardo Alves e posfácio de Carlos Primati.


Encontre o livro Candyman (Clive Barker): https://amzn.to/2ZdA32y

Candyman (The Forbidden) é um conto, portanto a leitura é enxuta, mas envolvente, e transporta o leitor para o clima de lendas urbanas. Embora já não sejam mais comuns na tradição oral e tenham ganhado o ambiente virtual, histórias sobre acontecimentos assustadores e questionáveis fazem parte da existência humana.

Com uma atmosfera sombria e mais urbana, Clive Barker leva o leitor ao gueto, onde a violência e a criminalidade por si só já contrastam com a realidade de outros bairros da cidade e acabam tão banalizadas que a história faz a personagem principal, Helen, se interessar pelo caso contado por uma das moradoras.

“E as histórias que contaram para ela – seriam confissões de crimes não cometidos, relatos do …

Ginga Documenta: Cultura Bovina em Trânsito

Documentário realizado pela Ginga Cia de Dança, de Campo Grande (MS), Ginga Documenta: Cultura Bovina em trânsito, mostra o registro da experiência sensível de bailarinos, coreógrafos, técnicos da Ginga e da percepção público que presenciou o espetáculo "Cultura Bovina?", apresentado pelo Brasil no Projeto Palco Giratório.

A estréia de 'Ginga Documenta: Cultura Bovina' aconteceu no dia 16 de maio em Campo Grande (MS) no Teatro Prosa. O documentário dirigido por Helton Pérez foi realizado por meio do Fundo de Investimentos Culturais de Mato Grosso do Sul (FIC), Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

"Relatar a recepção ao espetáculo se revestiu de uma importância dupla, tratando de refletir sobre a construção identitária de um estado brasileiro e também de registrar um fato histórico da dança sul-mato-grossense. Esse momento único merecia ser capturado, reproduzido e representado", explica a Ginga Cia de Dança em seu blog.

A versão final do vídeo, com 45 minutos de duração, está disponível para visualização no Youtube desde o dia 23 de junho de 2010.

Comentários

Mais lidas da semana