Pular para o conteúdo principal

Destaques

Autismo: O dever de combater o charlatanismo como autista, escritor e jornalista

Admiro artistas que se posicionam. Admiro pessoas que não ficam em silêncio quando vêem coisas erradas acontecendo. Neste mês, aproveitando o embalo da conscientização, estou fazendo campanha contra o charlatanismo e tratamentos falsos de autismo (Mais de 8).


Mesmo sem muito apoio, sigo em frente. E ao mesmo tempo, colegas estão fazendo campanha para acabar com o MMS no Brasil – um produto corrosivo e proibido que muitos pais de autistas usam neles achando que vão curá-los e pode matar.

Eu poderia ficar omisso, afinal, sou Asperger com Altas Habilidades, tive diagnóstico só aos 29 anos e sei como me camuflar – do espectro autista inteiro, faço parte daqueles que estão mais próximos do que é ser um neurotípico (não-autista) aos olhos de quem não entende do assunto e dizem frases como 'não parece autista', mas me nego a ficar calado vendo tanta coisa errada acontecendo.

É o mínimo que posso fazer como escritor, jornalista e pessoa no espectro autista; usar minha voz para ajudar …

Ginga Documenta: Cultura Bovina em Trânsito

Documentário realizado pela Ginga Cia de Dança, de Campo Grande (MS), Ginga Documenta: Cultura Bovina em trânsito, mostra o registro da experiência sensível de bailarinos, coreógrafos, técnicos da Ginga e da percepção público que presenciou o espetáculo "Cultura Bovina?", apresentado pelo Brasil no Projeto Palco Giratório.

A estréia de 'Ginga Documenta: Cultura Bovina' aconteceu no dia 16 de maio em Campo Grande (MS) no Teatro Prosa. O documentário dirigido por Helton Pérez foi realizado por meio do Fundo de Investimentos Culturais de Mato Grosso do Sul (FIC), Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

"Relatar a recepção ao espetáculo se revestiu de uma importância dupla, tratando de refletir sobre a construção identitária de um estado brasileiro e também de registrar um fato histórico da dança sul-mato-grossense. Esse momento único merecia ser capturado, reproduzido e representado", explica a Ginga Cia de Dança em seu blog.

A versão final do vídeo, com 45 minutos de duração, está disponível para visualização no Youtube desde o dia 23 de junho de 2010.

Comentários

Mais lidas da semana