Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Você – Caroline Kepnes

Frieza e perversão. Se eu pudesse resumir Joe em duas palavras seriam essas. O livro Você (You), da autora Caroline Kepnes nos leva para uma viagem para a mente doentia de um homem capaz de tudo para obter seu prazer. A obra foi publicada no Brasil pela Editora Rocco, com tradução de Alexandre Martins, em 2018.

Compre o livro Você (Caroline Kepnes): https://amzn.to/2Cp2CnR
Um jogo de gato e rato. Joe é dono de uma livraria, onde ele mantém não só sua obsessão por livros antigos e raros, como uma jaula que pertencia ao proprietário anterior. Com um passado traumático, o personagem desliga suas emoções e se aventura à procura de sua próxima vítima, alguém em quem possa projetar seus ideais românticos, ainda que unilaterais.
“Eu subo trotando e me sento para uma sessão de Beck, que consiste em escutar Rare and Well Done, olhar fotos suas que roubei do Facebook, assistir a cena de A Escolha Perfeita sem som. Eu me perco tanto nisso que amanhece na livraria e eu deveria estar cansado por caus…

Palestrantes abordam redações multimídia

Nesta sexta-feira (19) aconteceu em Campo Grande (MS) o 2º Seminário de Ciberjornalismo de Mato Grosso do Sul. O evento organizado pelo Grupo de Pesquisa em Ciberjornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul aconteceu no auditório V da Universidade Anhanguera-Uniderp e teve como tema: “A convergência das redações na era da internet”.

No primeiro dia do seminário aconteceram duas videoconferências sobre a convergência das redações. O doutor e professor de jornalismo da University of Texas at Austin, Rosental Calmon Alves, foi o primeiro a abordar as redações multimídia e o novo ecossistema da mídia.

Alves explicou que os estudantes de jornalismo têm o desafio de criar algo novo. Sobre as redações online, ele diz sobre a tendência da convergência, “Não conheço nenhum jornal que tenha mais leitores do jornal impresso do que do jornal online”.

O pesquisador e professor da UFSC Elias Machado argumentou sobre a complexidade do tema e ressaltou que não se deve ver a convergência por somente um dos processos. Para ele, as redações devem se adequar a estes processos, visto que o “fenômeno é planetário”.

“Um projeto elaborado para uma cidade deveria ser diferente para o de outra cidade”, fala o pesquisador sobre a importância da estruturação personalizada das redações e da adaptação dos profissionais que nelas trabalham.

Comentários

Mais lidas da semana