Pular para o conteúdo principal

Destaques

Espectro Autista: Reflexão sobre conscientização do autismo

Vez ou outra eu recebo mensagens de pessoas pedindo ajuda sobre como trazer mais conscientização em lugares nos quais pouco se sabe sobre autismo. Nem toda cidade tem especialista em autismo, isso é um fato que todo mundo que já precisou de um, sabe como é. Minha dica é: compre/arrecade livros ATUALIZADOS sobre o assunto e/ou livros de ficção (com personagens autistas) e/ou livros escritos por autistas. Recomendo firmemente a literatura, já que a leitura trabalha a empatia e fica mais fácil dos neurotípicos entenderem como é estar 'na nossa pele', mesmo que por alguns minutos.


Não vai dar livro desatualizado, que é um desserviço. Já tem muita desinformação no Brasil. Eu poderia fazer uma lista sobre todos absurdos que leio, mas não vou.

Enfim, não dá para fugir da leitura. Infelizmente, muitos conteúdos brasileiros estão defasados, outros logo vão estar por causa das alterações do CID11 do Espectro Autista [só entra em vigor em 2022]. Tem muita coisa boa produzida pela comunid…

Manual de Assessoria de Comunicação/Imprensa

A Federal Nacional dos Jornalistas (FENAJ) lançou em 2007 o Manual de Assessoria de Comunicação/Imprensa 2007. Em sua 4ª edição revista e ampliada, o manual que já foi considerado a "bíblia' dos jornalistas de assessoria está disponível para download no site da FENAJ.

O Manual de Assessoria foi editado pela primeira vez em 1985, época em que os livros dedicados à área de assessoria eram escassos. Na apresentação do manual é explicado que este sistematizou e organizou nacionalmente o trabalho e atendeu as expectativas dos jornalistas que trabalhavam em Assessorias de Imprensa.

De acordo com o documento, a área de assessoria é a que mais emprega jornalistas. Os organizadores ressaltam que é inevitável a transformação da profissão com as mudanças políticas, sociais, econômicas ou tecnológicas, porém os assessores devem sempre ter compromisso ético, responsabilidade social e preservação de auto-estima. A convivência com a internet não pode afetar o cuidado com a qualidade de vida e as condições de trabalho. "Ser um profissional multimídia sim. Ser usado como escrevo da tecnologia, acumulando funções, não", argumentam.

A história da assessoria de imprensa no mundo e no Brasil é contada no manual. O jornalista americano Ivy Lee inventou esta atividade especializada em 1906 e conseguiu mudar a imagem de John Rockfeller, um barão do capitalismo selvagem. Rockfeller que antes era odiado, passou a ser venerado pela opinião pública. Já no Brasil, a profissão tornou-se fundamental com o fortalecimento do proceso democrático. Após a queda do regime militar, o profissional de comunicação obteve maior importância no contexto social, pois a sociedade passou a exigir respostas às suas indagações.

São abordados no manual: conceitos de assessoria de imprensa e de assessoria de comunicação, perfil do profissional, área de atuação, produtos e serviços, dicas para quem pretende contratar uma assessoria, a legislação do jornalista em vigor, Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros e modelo de contrato de prestação de serviço. O final do manual traz uma série de referências para leitura e sindicatos filiados.

Download do Manual

Comentários

Mais lidas da semana