Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

Banco de Dados e Mapa da Mídia de Mato Grosso do Sul


Imagem do mapa de mídia de MS  -
 Os marcadores azuis representam os jornais impressos;
Os marcadores verdes as emissoras de TV;
Os marcadores amarelhos as
emissoras de rádio
*Informações Portal de Mídia

Mato Grosso do Sul já conta com um mapa da mídia do estado. O Portal de Mídia, uma criação do grupo de pesquisa Mídia, Identidade e Regionalidade vinculado ao curso de Jornalismo e ao Mestrado em Comunicação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) contém o maior banco de dados sobre a imprensa de MS.

Em maio, o Portal chegou à marca de 123 jornais cadastrados, além de seis emissoras de televisão e 14 de rádio, totalizando 143 veículos. A estimativa é de que atualmente circulem cerca de 140 jornais em Mato Grosso do Sul, o que significa que 90% deles já estão no Portal. Finalizado o registro dos jornais, o próximo passo é avançar no cadastro dos meios eletrônicos, incluindo os sites jornalísticos.

O Portal é coordenado pelo professor Mario Luiz Fernandes, e tem como primeira meta criar um banco de dados com o perfil de todos os jornais, emissoras de rádio e de televisão do estado.

Clique aqui para acessar o mapa e os dados

Acesse o Portal de Mídia

Comentários

Mais lidas da semana