Pular para o conteúdo principal

Destaques

Autismo: Responsabilidade e experiência como moderador de grupo

Quando eu fui moderador de um grupo de autismo com milhares de pessoas (mais de 18 mil, se não estou enganado, sem falar as centenas de solicitações em espera), eu removia comentários e posts sobre tratamentos falsos e pessoas tentando promover eventos DUVIDOSOS de autismo (existem muitos).


Não importava se estava escrito nas regras, um post ou outro sempre passava, porque nem todo mundo tinha a mesma compreensão sobre pseudotratamentos e autismo e um dos moderadores sempre liberava.

Todo moderador/administrador tem responsabilidade sobre o que acontece dentro de um grupo, página, blog, que seja.

Eu e a Rivotrip​ chegamos a bater boca com anti-vacinas na madrugada. Fomos os últimos moderadores autistas do grupo. O resto era familiar.

Se no seu grupo passam vários podres e você não está moderando, você pode se sujar junto. É algo que vai além da imagem e credibilidade, especialmente quando se tratam de tratamentos proibidos e perigosos.

Mais consciência e responsabilidade.

Para as pess…

Prêmio selecionará melhores reportagens sobre trabalho escravo em Mato Grosso


O Prêmio Nacional COETRAE de Jornalismo Dom Pedro Casaldáliga pela Erradicação do Trabalho Escravo selecionará e premiará as melhores reportagens sobre o tema trabalho escravo em Mato Grosso.

Entre as categorias em que os trabalhos devem ser inscritos estão: jornal impresso, revista, televisão, rádio, webjornalismo, fotojornalismo, jornalismo acadêmico e Prêmio Dom Pedro Casaldáliga de Reportagem em Destaque.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 30 de janeiro de 2013 e devem ser feitas pelos próprios autores das reportagens, mediante preenchimento de formulário de inscrição.

Serão distribuídos um total de R$ 140 mil reais entre as diferentes categorias, além de aparelhos tecnológicos para a categoria acadêmica.

Confira o regulamento na íntegra: http://www.mt.gov.br/download.php?id=214286.

Comentários

Mais lidas da semana