Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

Feira de Bolonha: FTD promove debate programas de governo para bibliotecas escolares

Mesa temática abordará nesta terça-feira (25) os “Programas de Governo para Bibliotecas Escolares no Brasil”. Editora, que está entre as cinco maiores do Brasil, apresenta 37 obras de seu catálogo internacional e busca também oportunidades para compra de direitos autorais

A Editora FTD promove nesta terça-feira (25), às 14 horas, na Feira Internacional do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, na Itália, a mesa “Programas de Governo para Bibliotecas Escolares no Brasil”. Participam do debate a gerente editorial da Editora FTD, Ceciliany Alves, e a especialista em Literatura Infantojuvenil e autora de livros de literatura e obras de referência, Ligia Cademartori.

“As proporções do Programa Nacional de Bibliotecas Escolares atraem, desafiam e criam grandes oportunidades para o mercado do livro no Brasil. Ao mesmo tempo, o mercado se vê dividido para atender diferentes tipos de demandas”, avalia Ceciliany.

A Editora FTD apresenta na Feira de Bolonha 37 obras de seu novo catálogo internacional. Entre elas, está o livro infantil A ilha do Crocodilo, terceiro colocado em sua categoria no Prêmio Jabuti 2013. Associada ao projeto Brazilian Publishers há cinco anos, a editora estará presente no estando coletivo do BP.

Segundo a executiva, participação da FTD nesta edição da feira está focada ainda na compra de direitos, prospecção de novas obras em potencial e manutenção do contato com editoras internacionais parceiras. “O segmento de livros infantis e juvenis tem registrado um crescimento gradativo”, afirma.

A Feira Internacional do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, a maior do mundo neste segmento, que acontece até quinta-feira, dia 27 de março, região da Emilia Romana, no norte da Itália.

*Ricardo Vieiros & Associados – Oficina de Comunicação

Comentários

Mais lidas da semana