Pular para o conteúdo principal

Destaques

Para Toda a Eternidade: Livro explora rituais funerários diversos

Entre a naturalidade e o espanto, o tradicional e o moderno, o ocidental e o oriental, Caitlin Doughty transmite ao leitor histórias de suas visitas a espaços e profissionais envolvidos com o universo mortuário. Uma das obras pedidas por quem já tinha lido Confissões do Crematório, o novo livro foi publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em junho de 2019, com tradução de Regiane Winarski e ilustrações de Landis Blair.


Compre o livro Para Toda a Eternidade (Caitlin Doughty): https://amzn.to/2R2FwqN

“Eu passei a acreditar que os méritos de um costume relacionados à morte não são baseados em matemática [...] mas em emoções, numa crença na nobreza única da própria cultura da pessoa. Isso quer dizer que consideramos os rituais de morte selvagens apenas quando eles não são como os nossos” – Caitlin Doughty, Para Toda a Eternidade
Dá para ler tranquilamente Para Toda a Eternidade sem ter lido Confissões do Crematório, mas acredito que as duas leituras são complementares. Enquanto na p…

Conheça o escritor George dos Santos Pacheco e sua carreira literária

Nascido no dia 07 de outubro de 1981, em Nova Friburgo, Rio de Janeiro, o escritor George dos Santos Pacheco é o idealizador da Revista Pacheco, um espaço virtual onde são divulgados conteúdos sobre Literatura, Arte e Cultura.

Escritor George dos Santos Pacheco

Na revista que leva o sobrenome do escritor são promovidos desafios literários, incentivando a escrita de contos sobre diferentes temáticas e suas publicações em eBooks gratuitos. Da troca de experiências entre autores, além de abrir um espaço para quem está iniciando no meio literário a divulgar seus textos, seja contos, crônicas ou poesias, a publicação online contribui para o amadurecimento.

Livro O Fantasma do Mare Dei
O interesse pela escrita surgiu logo na adolescência, época em que George rascunhava histórias em cadernos. Após assistir a uma entrevista com a escritora Sônia Belloto, na qual ela afirmava que qualquer um poderia escrever, ele tomou coragem para escrever o romance policial O Fantasma do Mare Dei, publicado pela Editora Multifoco, do Rio de Janeiro, em 2010. Em 2013, o livro foi disponibilizado na plataforma de autopublicação do Grupo Saraiva, por meio da qual ele também publicou o livro Sete – Contos Capitais.

Além de escrever para diversos blogs e sites e participação em concursos literários, para promover seus textos e incentivar a leitura, George já distribuiu folhetos com seus contos nos sinais de trânsito das ruas de Nova Friburgo, Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro. O material era composto de contos já publicados na internet: “Assassinato a sangue frio”, “Bill e a Bomba Jamaicana”, “Corre, seu Cabo!”, “O amigo da Onça”, “O caso do Violador da Noite”, “O Eu-Outro”, e “Tarde demais para Suzanne”.

 “... precisava romper as barreiras da internet e espalhar literatura pessoalmente, e influenciado pelo Grupo Coreto, que se apresenta nos semáforos da cidade, resolvi produzir pequenos livretos com meus contos e distribuí-los nos sinais”, afirma George.


Acadêmico de Pedagogia e blogueiro desde 2009, George publica textos na Revista Pacheco, e nos sites A IrmandadeTertúlia, e Démodé, entre outros. A partir de janeiro de 2014, passou a compor o quadro de colunistas da Revista Êxito Rio.
Cartaz do curta-metragem A Dama da Noite
Em 2013, George dos Santos Pacheco foi premiado em 1º lugar, na categoria crônica, e em 2º lugar, na categoria conto, no 1º Concurso Literário da Câmara Municipal de Nova Friburgo, Troféu Affonso Romano de Sant'anna. Ainda com sua escrita caracterizada como leve, simples e direta, George participou da coletânea Assassinos S/A Vol. 2, da editora Multifoco, entre outras histórias publicadas em espaços literários.

Uma das novidades de outubro de 2014 foi o conto A Dama da Noite ter sido adaptado para o curta-metragem homônimo, produzido pelo coletivo audiovisual Sétima Literal. As filmagens aconteceram em Nova Friburgo, com uma equipe formada na própria cidade – Luciano Santos (ator), George dos Santos Pacheco (autor), Gee Santos (DJ e editor de áudio) e Ilson Junior (cineasta). A exibição aconteceu no dia 11 de outubro, durante a 2ª Festa Literária da Serra – FLITS, em Bom Jardim (RJ).

Contato: pacheconetuno@oi.com.br

Revista Pacheco: http://revistapacheco.com

Comentários

Mais lidas da semana