Pular para o conteúdo principal

Destaques

Neurodiversidade: Autismo não só biológico ou só identidade social

A Neurodiversidade dá um tiro no pé ao tratar o autismo como algo meramente social (identidade social), ignorando as particularidades neurobiológicas de CADA autista. Mas o extremismo científico também erra ao ver como algo meramente biológico, ou até mesmo patológico.


O ideal seria ver o melhor dos dois mundos, algo impossível diante da polarização. Todo mundo sai perdendo.

É utopia esperar que a sociedade vá se adequar completamente aos autistas, especialmente porque cada autista pode ser completamente diferente do outro. O ambiente adaptado para um autista, é o ambiente desadaptado para o outro – isso entre os próprios autistas.

Enquanto as pessoas continuarem tratando o autismo como algo 'universal', ignorando as especificidades, esse debate não vai para frente.

O Asperger que não precisa interagir com os outros, não precisa trabalhar, não precisa fazer nada que o tire da zona de conforto, talvez não sinta muita dificuldade em viver em um mundo não adaptado. Mas não é a re…

Vídeo: Piper Kerman (Orange is the New Black) ministra palestra em presídio dos Estados Unidos

A autora do livro Orange Is the New Black, Piper Kerman, no qual ela contou suas memórias durante os seus anos na prisão federal por causa do dinheiro de tráfico de drogas, ministrou uma palestra em um evento sediado dentro de uma prisão em Ohio, nos Estados Unidos, para presidiários e funcionários do sistema prisional.


O vídeo “We gotta get outta this place” (‘Nós precisamos sair deste lugar’), de aproximadamente 11 minutos, foi gravado em outubro de 2013. Piper compartilhou algumas das lições que aprendeu dentro da prisão, como aprender a ser uma presidiária, como o sistema prisional pode ser falho e como as punições têm se tornado mais severas e longas, aumentando ainda mais o número da população carcerária de pessoas com doenças mentais, vícios e demais problemas.

"Há 700 mil pessoas que vêm para casa do presídio e da cadeia a cada ano neste país [...] Quando as pessoas sabem as histórias reais de pessoas reais, elas irão reconhecer que nossa mania de encarceramento é um problema real" – Piper Kerman 

O livro Orange is the New Black foi adaptado para uma série televisiva do Netflix, lançada em 2013, e atualmente exibindo a 3ª temporada. A série de comédia dramática ganhou mais de 30 prêmios e teve mais de 50 nomeações. No Brasil, as memórias de Piper foram publicadas pela Editora Intrínseca.

Orange Is The New Black conta a história de Piper Chapman (Taylor Schilling), uma mulher que foi presa por transportar uma mala cheia de dinheiro de tráfico de drogas para sua ex-namorada Alex Vause (Laura Prepon), uma traficante internacional. Na prisão, Piper se reencontra com sua ex-namorada, tenta sobreviver à sua nova realidade e faz amizades e inimizades dentro do sistema carcerário.

Assista ao vídeo com a Piper Kerman (Orange is the new Black) – TEDTalks:



*Infelizmente, o vídeo não tem legendas em português. Essa e outras palestras do TEDTalks podem ser encontradas no site oficial da organização que ministra conferências em diferentes lugares do mundo com ideias que valem a pena serem espalhadas: https://www.ted.com/

Comentários

Mais lidas da semana