Pular para o conteúdo principal

Destaques

The Good Detective: Série coreana policial sobre antigo caso e a busca pela verdade

The Good Detective é uma série coreana policial que aborda um caso antigo, cujo julgamento levou à sentença de condenação de morte do acusado. Um detetive novato no departamento e um veterano se juntam para descobrir se aconteceram falhas nas investigações policiais. A série está disponível na Netflix . Com 16 episódios em sua primeira temporada, três personagens se destacam: o detetive que participou da investigação do caso, Kang Do Chang (Son Hyeon-ju) , o jovem detetive Oh Ji Hyuk (Seung-jo Jang) e a jornalista investigativa Jin Seo Kyung (Elliya Le) . Quando um novo caso de um suposto assassino confesso da filha do homem condenado ganha a atenção da mídia, muitas dúvidas pairam no ar sobre as motivações e os possíveis envolvidos, fazendo com que os detetives discretamente se aprofundassem nas investigações, mesmo sabendo que poderiam prejudicar as próprias carreiras. Kang é movido pela consciência pesada de ter sido parte do caso do condenado possivelmente inocente sofrer pena de

Poema da Taylor Swift: Por que ela desapareceu?

Brilhos nos olhos e um poema lindo da Taylor Swift. A tradução não é minha e muito se perde na tradução. ✨🌹🥀🎨🌈



“Por que ela desapareceu” (“Why She Disappeared”)

Quando ela caiu, ela desmoronou.
Quebrou os ossos no chão que decorou um dia
quando criança com giz colorido
Quando ela colidiu, suas roupas se desintegraram e voaram
com os ventos que levaram embora todos os que se diziam seus amigos

Quando ela olhou em volta, sua pele estava suja de tinta
formando as palavras ditas a mil vozes
Ecos que ela ouvia mesmo durante o sono:
“O que quer que diga, não é certo.”
“O que quer que faça, não é suficiente.”
“Sua gentileza é falsa.”
“Sua dor é manipulativa.”

Quando ela ficou ali no chão,
Sonhou com máquinas do tempo e vingança
e um amor que fosse realmente algo,
E não apenas a ideia de algo.

Quando ela finalmente se levantou, foi devagar
Evitando lugares aonde eles vão e fugindo de moedas brilhantes
Desconfiada de ligações e promessas,
Dos charmosos, dos elegantes e dos esquemas que prometem amor rápido.

Quando ela ficou de pé, foi com uma sabedoria desolada
Andando com dificuldade no oceano escuro e inquieto na altura de seu pescoço
Banhada em sua derrota
Rezou para agradecer cada fenda na armadura
de que ela nunca soube que precisava
Em pé ao seu lado com os ombros largos
estava um amor que é realmente algo,
não apenas a ideia de algo.

Quando se virou para ir para casa,
Ela ouviu os ecos de novas palavras
“Que seu coração sempre seja capaz de se partir de novo
Mas nunca duas vezes pela mesma mão”
E mais alto:
“sem seu passado,
você nunca poderia ter chegado—
tão maravilhosamente e brutalmente,
De propósito ou por alguma exótica e violenta coincidência
…aqui.”

E na morte de sua reputação,
Ela se sentiu realmente viva.





Comentários

Mais lidas da semana