Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

Romance Is A Bonus Book: Série sobre recomeços, amores e o mundo dos livros

Para quem está à procura de indicação de série sobre recomeços, Romance Is A Bonus Book é uma ótima opção. A série sul-coreana de drama e romance está disponível na Netflix e tem feito sucesso especialmente entre aqueles que gostam de livros, já que os personagens trabalham em uma editora.

O dorama me conquistou desde o primeiro episódio, no qual o telespectador fica familiarizado com a história da protagonista, Kang Dan-i (Na-Young Lee), uma mulher cuja vida está desmoronando, desesperada para se reencontrar no mundo; e Cha Eun-Ho (Lee Jong-Suk), um autor bem-sucedido que trabalha em uma editora tradicional, que é amigo dela desde os tempos do colégio. 

Se eu pudesse resumir em poucas palavras Romance Is a Bonus Book, eu diria que se trata de uma série com a mensagem de que nunca é tarde demais para recomeçar, mesmo que pareça algo impossível. 

Enquanto Cha Eun-Ho está colhendo os bons frutos do trabalho, não só como autor e editor, mas também como professor universitário, Kang Dan-I está passando por apuros após um divórcio, dívidas, desemprego e as constantes rejeições nos processos seletivos de empresas.

Além de emocionante, o drama de Dan-i acaba servindo para abrir os olhos sobre questões do mercado de trabalho, como a discriminação contra mães, mulheres acima de determinada idade, pessoas que fizeram pausas na carreira para cuidar da família e currículos que são vistos como bons demais para determinadas funções. 

Os personagens secundários da série são tão envolventes, que tornam também gostoso acompanhar como eles estão lidando com os desafios e dilemas do dia a dia, dentro e fora da editora Gyeoroo. 

Mais do que entretenimento, o dorama dá uma breve aula sobre o funcionamento de editoras, mostrando um pouco da importância do trabalho em sinergia dos diferentes setores editoriais e do comum amor pelos livros.

Se você gosta de livros, vai se encantar por algumas cenas, trechos de livros e frases relacionadas ao universo literário que aparecem em Romance Is a Bonus Book. 

“Mesmo que não ganhem bem, alguns livros devem ser compartilhados com o mundo. Mesmo que muitos não os leiam, eles serão um tesouro para quem leu” – Romance Is a Bonus Book

Promessas, segredos, amizades, comportamentos no mercado de trabalho e afetos... o dorama surpreende do início ao final e é ótimo para quem está precisando se desconectar um pouco dos problemas do mundo real e gosta de narrativas que aquecem o coração.

*Ben Oliveira é escritor, formado em jornalismo. Autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Comentários

Mais lidas da semana