Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

Holocausto Brasileiro: Livro da jornalista Daniela Arbex narra horrores cometidos em hospital psiquiátrico de Barbacena (MG)

O livro-reportagem Holocausto Brasileiro dá aquele soco necessário para lembrar dos horrores que acontecem em locais sem monitoramento.

Compre o livro Holocausto Brasileiro (Daniela Arbex): https://amzn.to/3jvwy5B

A jornalista Daniela Arbex contou a história de ex-pacientes e ex-funcionários do Colônia, um hospital psiquiátrico de Barbacena (MG) que acumulou inúmeros crimes que faziam vista grossa para a época de funcionamento:

– 60 mil mortos;

– Milhares de pessoas internadas que não tinham transtornos;

– Pessoas que passavam fome e sede;

– Falta de espaço adequado, crianças dormindo em berços;

– Pacientes vítimas de abusos, algumas engravidaram;

– Funcionários que não eram da área de saúde e matavam acidentalmente os pacientes com eletrochoque ou torturavam intencionalmente;

– Centenas de corpos vendidos para cursos de medicina de diferentes regiões do Brasil.

Entre outros... Um psiquiatra italiano que vistoriou o hospital na época comparou ao campo de concentração nazista, por isso o título acaba tendo relação com o Holocausto.

Comentários

Mais lidas da semana