Pular para o conteúdo principal

Destaques

Coronavírus e Saúde Pública: O momento não pede negação nem omissão | Ben Oliveira

Me tirar do sério não é fácil. Tenho mais de 8 anos de prática de yoga e uma paciência quase infinita. Mas quando se trata do que tem acontecido nos últimos tempos, impossível seria me silenciar.


Para começar: muitas pessoas religiosas e espiritualizadas acham erradamente que cultivar a não-violência é se silenciar diante do caos que esse DesPresidente tem causado. Não poderiam estar mais errados, afinal, ser omisso à violência é uma forma de aumentá-la.

O momento não pede negação nem omissão. Os brasileiros elegeram um homem sem empatia, que sempre se demonstrou ser frio, manipulador e ignorante.

Sim, ele é um reflexo de muitos que não tiveram acesso à educação ou desprezam a intelectualidade, mas é também alguém que não está colocando só a própria vida em perigo, mas de milhares de brasileiros ao ignorar as recomendações de saúde, protocolos de pesquisas com medicamentos e conhecimentos BÁSICOS de saúde: qualquer pessoa que tenha um conhecimento raso de biologia, química e estatísti…

5 Motivos pelos quais você deve escrever para um jornal estudantil

Em seu artigo: "Fiver Reasons Why You Should Write For Your Student Newspaper", o professor de jornalismo Tony Rogers explica 5 motivos por que você deve escrever para o seu jornal estudantil. Confira abaixo:

1. Experiência de trabalho

Quando você termina a faculdade e está procurando por aquele primeiro emprego em jornalismo, os editores estarão procurando por pessoas com experiência de trabalho prévia. Jornais estudantis são o lugar para conseguir esta experiência.

2. Clips

Outra coisa que os editores estão procurando são ótimos clips, amostras publicadas de seus artigos. Você tem que construir um portfólio de clips. Então, onde você consegue clips? Jornais estudantis.


3. Tenha uma idéia do trabalho

Não há nada pior do que passar anos conseguindo uma graduação na universidade em uma área específica, para descobrir quando você conseguir seu primeiro emprego que você odeia aquela área. Trabalhar em um jornal estudantil lhe dá uma sensação do que o jornalismo profissional realmente é. Você aprenderá o que é escrever histórias reais, sobre deadlines (prazos finais), obter assinatura de verdade.

No final você pode decidir se você ama ou odeia jornalismo,mas melhor descobrir agora, enquanto você ainda está na universidade.

4- Encontre seu nicho

Ir para a universidade, especialmente uma grande escola estadual, pode ser uma experiência desumanizante. Você provavelmente conhecia grande parte das pessoas no colegial, e agora de repente você é apenas mais um entre milhares de estudantes anônimos em um grande campus da universidade.

Trabalhar em um jornal estudantil fornece-lhe uma colocação, um lugar para chamar de seu, uma identidade.

5. É muito divertido!

Esqueça todo este lance de carreira por um momento. Trabalhar em um jornal estudantil é simplesmente divertido. Você está trabalhando, sim, mas está também saindo com pessoas que compartilham mesma opinião e fazendo novos amigos. E até pode ser uma ocasional festa depois que todo o trabalho é feito. Quem já trabalhou em um jornal estudantil te dirá que eles tiveram um ótimo momento.

Comentários