Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Os Criadores de Coincidências – Yoav Blum

E se nada fosse mero acaso e operários invisíveis atuassem para gerar mudanças nas vidas das pessoas? Assim é a premissa do livro Os Criadores de Coincidências, do autor Yoav Blum, publicado no Brasil, em 2017, pela Editora Planeta, com tradução de Fal Azevedo.


Compre o livro Os Criadores de Coincidências (Yoav Blum): https://amzn.to/2KNfxBT

O romance narra o trabalho de três criadores de coincidências: Emily, Eric e Guy. Intercalando um pouco das vivências profissionais de cada um deles e das missões que tiveram que cumprir, relacionando com alguns dos seus dilemas pessoais.

“É estranho, pensou ela, como somos capazes de transformar uma coisa específica em algo que passa a guiar toda a nossa vida, e como nos convencemos de que, se não tivermos essa coisa, nada mais vai fazer sentido. E é ainda mais estranho como nos acostumamos rápido ao exato oposto” – Yoav Blum, Os Criadores de Coincidências
Longe de ser uma narrativa linear, o leitor é jogado para várias histórias que se amarram pel…

Jornalista Eugenio Bucci fala sobre jornalismo, diploma e era digital

Aconteceu nesta terça-feira (10) no auditório do CCHS (Centro de Ciências Humanas e Sociais) da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) palestra com o jornalista e professor de jornalismo Eugênio Bucci.

Antes de começar a palestra, a presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Mato Grosso do Sul, Vanessa Amin, explicou sobre a importância dos acadêmicos participarem do sindicato, afim de buscarem uma identidade e inteirarem sobre a futura profissão. "A partir do 6º semestre, os acadêmicos podem participar da pré-sindicalização".

Palestra

Eugênio Bucci diz que a comunicação pública é fundamental e chama a atenção para as diferenças entre os assessores de imprensa e os jornalistas. "Em outros países os assessores e os jornalistas são vistos como profissionais diferentes, o que não acontece aqui no Brasil".

Sobre os desafios da Era Digital, o jornalista acredita que vivemos em uma era de transformação acelerada, o que leva a um impacto enorme na profissão do jornalista, junto com a questão do diploma. Indagações sobre o fim do jornalismo e da imprensa começam a surgir novamente.

Bucci questiona: "O que é o jornalismo? Onde está sua essência? Nós não sabemos responder por quê a tecnologia não vai revogar a profissão e não vai revogar a imprensa". Ainda de acordo com o jornalista, é impossível que a imprensa desapareça sem que a democracia fique comprometida.

"Temos que apurar nossas histórias. Saber o que se passa nas outras democracias. Não é o diploma que faz o jornalista. Por que em vários países não se exige diploma?", argumenta Bucci.

Veja também o vídeo de Eugênio Bucci falando sobre Ética e Jornalismo

Comentários

Mais lidas da semana