Pular para o conteúdo principal

Destaques

Criminologia, Jessica Jones e Mulher-Maravilha: Ficar do lado do agressor é sinal de perigo à sociedade – Ben Oliveira

Que dia lindo para servir Karma Coletivo para Diana, Lilith e Nêmesis ao mesmo tempo:  Resistam julgar as pessoas pela aparência. Meus 2 ex-namorados manipuladores se faziam de vítimas e todo mundo ficava ao lado deles e como eu sou porra louca, como Jessica Jones e Malévola, era injustiçado entre quatro paredes e julgado por todos ao redor. Como sou uma vaca, só há duas pessoas com a qual me importo no mundo, minhas duas chamas gêmeas, o resto é indiferente. Ainda assim... Vocês criam cada distorção cognitiva que só por Deus... É muita falta de terapia, autoconsciência, reflexão e bom senso.  Foi você que tava dentro do carro capotado? Foi você que quase morreu? Foi você que teve que recomeçar várias vezes na vida? Foi você que saiu como vilão quando a pessoa era tóxica pra cacete? Não foi. Então, boca fechada, sempre. Opinião só se dá quando é pedida. Sem falar os DELUSIONAIS que ficaram comentando: Que pena, achei que vocês iam casar. Quem quiser casar com ele, passo até o perfil KK

Disponível para download o 1º capítulo do livro 'Geração Y: O nascimento de uma nova versão de líderes'

O primeiro capítulo do livro "Geração Y: O nascimento de uma nova versão de líderes" está disponível para download no site do autor, Sidnei Oliveira. Sidnei é formado em Marketing e administração de empresas, autor de vários livros sobre liderança e administração, consultor, palestrante e expert em conflitos de gerações, geração Y, desenvolvimento de novos Talentos e redes sociais.


No prefácio do livro, a Presidente do Grupo DMRH/Cia. de Talentos, Sofia Esteves, diz que o impacto do jovem não será no futuro, será hoje e nós precisamos compreender isso.

O primeiro capítulo do livro, "Tudo tem um começo", conta a história de um executivo. A filha do executivo tem um trabalho do colégio e ele deixa a garota sozinha para que possa realizá-lo. Ao vê-la denovo, ele fica perplexo com a situação, a garota estava assistindo TV, com fones ouvindo música, com sites abertos no computador, Word e PowerPoint abertos, teclando com amigas no MSN e com o celular na mão enviando um SMS, tudo ao mesmo tempo.

Ao confrontar a garota, o executivo teve o "choque da geração Y". O executivo tratou de desligar e fechar tudo o que estava a atrapalhando. Todavia, a filha explicou que estava fazendo o trabalho junto com as amigas no MSN, a TV exibia um documentário sobre o tema do trabalho, o SMS era um agradecimento à professora, as músicas que ela estava ouvindo seriam utilizadas na apresentação do PowerPoint do trabalho e os sites continham as informações de pesquisa.

A jovem tirou nota máxima no trabalho. Sidnei Oliveira explica que esssas situações estão se tornando cada vez mais comuns nas famílias de todo o mundo. "Esses jovens estão obtendo na escola resultados muito melhores do que jovens de outras gerações. O grau de exigência está aumentando, os desafios e a concorrência estão cada vez maiores".

O autor fala sobre a Era das Conexões (a partir de 2000), e explica que diferente da Era do Conhecimento (até 2000) em que a informação era o fator de maior relevância, atualmente, o principal valor está associado a pessoas que possuem relacionamentos. "Chegamos ao tempo em que conhecer a pessoa certa, na hora certa, com aquilo de que você precisa... não tem preço".
 
Download do  1ª capítulo do livro "Geração Y: O nascimento de uma nova versão de líderes"

Comentários

Mais lidas da semana