Pular para o conteúdo principal

Destaques

Documentário da Netflix aborda caso Elisa Lam e histórico mórbido do Cecil Hotel

Dependendo da sua idade e do quanto você é ligado às notícias e ao mundo online, é bem provável que você tenha ouvido falar sobre o caso da Elisa Lam , uma canadense descendente de chineses que  viajou para os Estados Unidos e morreu em um hotel de Los Angeles . O caso polêmico na época foi explorado na série documental Cena do Crime – Mistério e Morte no Hotel Cecil (Crime Scene: The Vanishing at the Cecil Hotel) , dirigido pelo norte-americano Joe Berlinger e distribuído pela Netflix , em 2021. Em quatro episódios, de forma linear, é contada a história de como Elisa Lam foi parar no Cecil Hotel e um pouco de sua personalidade no mundo digital e afinidade com o Tumblr. Importante mencionar que o documentário não traz entrevistas com os familiares de Elisa Lam. Se nem os próprios familiares conhecem a fundo uma pessoa, me pergunto por que há tantas pessoas aleatórias na internet e fãs de teorias da conspiração que se sentem no direito de dizer que algo poderia ou não ter acontecido. 

Estudante de jornalismo da UCDB entrevista Isabella Fiorentino

O blogueiro e estudante de jornalismo da UCDB Alessandro Veiga entrevistou a apresentadora do SBT e consultora de imagem Isabella Fiorentino para o seu blog Wet Velvet ou 'Veludo Molhado'. Fiorentino estava em Campo Grande (MS), no Empório Galeria, no dia 28 de outubro deste ano, para uma noite de autógrafos do seu livro: "Na Moda com Isabella Fiorentino".

Em entrevista, o blogueiro perguntou à consultora de imagem questões sobre moda (masculina e feminina), a importância da imagem na sociedade, musas inspiradoras, entre outros assuntos que estão abordados no livro da apresentadora da versão brasileira do reality show britânico "Esquadrão da Moda".

 Alessandro Viega conta: "A musa concedeu entrevistas a vários veiculos de comunicação, inclusive para o VeludoMolhado, sempre sendo muito simpática, solícita e gentil".
Foto: Roberto Medeiro
Alessandro Veiga explica em seu blog que o Wet Velvet é um contato dele com o mundo virtual e serve como uma vitrine para poder divulgar os gostos, idéias e informações relacionadas à moda, música e 'outras inutilidades pop'.

Confira a entrevista na íntegra

Comentários

Mais lidas da semana