Pular para o conteúdo principal

Destaques

Movimento Antivacina e Fake News: Problemas ignorados se revelam mortais na Pandemia

A pandemia de Covid-19 revelou que governos do mundo inteiro terão que lidar com dois problemas que varreram para baixo do tapete durante anos: o movimento antivacina e as fake news de saúde e política nas mídias sociais. Como vão conseguir solucionar as duas questões em pouco tempo? Parece improvável, mas o aumento do número de mortos pelo vírus têm feito até mesmo pessoas que eram contra vacinas buscarem a imunização, enquanto outras protestam pelo direito de não se vacinarem. A cada semana que passa, o desconforto do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden fica mais evidente nas declarações públicas. Com frequência ele pede para a população do país se vacinar, pensando neles mesmos e no bem-estar das pessoas que conhecem. O aumento da variante Delta do Covid-19 fez o governo que havia liberado as máscaras para os vacinados, voltar atrás e pedir para que voltem a usar nas regiões mais afetadas. Os desafios para Joe Biden têm sido grandes. Parte da população norte-americana foi alime

Oficina: Monitorando marcas na internet

Nesta quinta-feira (18) aconteceu  o 2º dia do PropUp: Eleve suas idéias, um evento organizado pelo curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Católica Dom Bosco de Campo Grande (MS).  O publicitário e analista de mídias sociais Thiago Akira (@agentebuzz) ministrou a oficina: "Monitorando marcas na internet". Confira o que foi abordado pelo sócio e planner da empresa campo-grandense 8020 Marketeria Digital.

A oficina ministrada no laboratório de informática do bloco A da UCDB foi transmitida ao vivo pela internet aos usuários do twitter. Akira explica a importância do profissional estar sempre atualizado e o trabalho realizado pela 8020 Marketeria Digital. "É um trabalho legal você descobrir onde está o seu consumidor", diz.


O publicitário fala sobre a utilização das mídias sociais pelas empresas e usuários, e ressalta que estas ferramentas podem contribuir com a relação empresa-consumidor. Ele ainda explica o crescimento destas plataformas em Campo Grande (MS) e cita como exemplo que a capital sul-matogrossense é a quarta cidade mais ativa do Brasil que usa o foursquare.

"O importante é reter a informação monitorada e transformá-la em uma oportunidade. Monitoramento não é só núimeros, é justificativa do que está acontecendo com a marca na internet", argumenta Thiago Akira. Como vantagem das mídias sociais, ele argumenta que monitorando as informações pode-se receber reclamações, críticas ou elogios que nunca chegariam pelos canais tradicionais até as empresas. "Monitorar para se comunicar melhor com o consumidor", ensina.

Sobre o analista de mídias sociais, Akira destaca  a necessidade de se estar antenado nas tendências. Analisar os pontos positivos e negativos da marca na internet, construir, alterar e desenvolver perfis de acordo com o objetivo, são algumas das funções deste profissional, muitas vezes, formado em Comunicação ou em áreas afins.

Abaixo segue uma lista de ferramentas  de monitoramento
» Hootsuite 
» Tweetdeck
» Google Alerts
» SocialMention
» SamePoint
» NetVibes
» Google Blogs
» BlogPulse
» Twitalyzer 
» Yahoo Respostas
» Folowen
» Monitter
» Twitter Counter
» Twitter Search
» Formspring
» Youtube
» Flickr
» Facebook

Comentários

Mais lidas da semana