Pular para o conteúdo principal

Destaques

Autismo: Responsabilidade e experiência como moderador de grupo

Quando eu fui moderador de um grupo de autismo com milhares de pessoas (mais de 18 mil, se não estou enganado, sem falar as centenas de solicitações em espera), eu removia comentários e posts sobre tratamentos falsos e pessoas tentando promover eventos DUVIDOSOS de autismo (existem muitos).


Não importava se estava escrito nas regras, um post ou outro sempre passava, porque nem todo mundo tinha a mesma compreensão sobre pseudotratamentos e autismo e um dos moderadores sempre liberava.

Todo moderador/administrador tem responsabilidade sobre o que acontece dentro de um grupo, página, blog, que seja.

Eu e a Rivotrip​ chegamos a bater boca com anti-vacinas na madrugada. Fomos os últimos moderadores autistas do grupo. O resto era familiar.

Se no seu grupo passam vários podres e você não está moderando, você pode se sujar junto. É algo que vai além da imagem e credibilidade, especialmente quando se tratam de tratamentos proibidos e perigosos.

Mais consciência e responsabilidade.

Para as pess…

Uso das Mídias Sociais pelos anunciantes regionais como ferramenta de comunicação

"Redes e Mídias Sociais na internet como ferramenta de comunicação para anunciantes regionais" é o tema do trabalho de conclusão de curso de Carolina Becker e Jenifer Mendes, formandas na Universidade Comunitária da Região de Chapecó (SC) em Comunicação Social com habilitação em publicidade e propaganda. Apresentado em maio de 2010, o estudo aborda as redes sociais e como as empresas regionais podem utilizá-las para melhorar a comunicação.

As autoras do trabalho falam que algumas vezes os anunciantes esquecem-se do relacionamento e da produção de conteúdo junto aos demais usuários e utilizam apenas a comunicação na internet para os websites, deixando de lado as ferramentas de mídias sociais e a análise sobre o que se fala sobre a marca no ambiente virtual.

De acordo com Becker e Mendes, nas cidades do interior, como por exemplo na referenciada na pesquisa, Chapecó (SC), devido a falta de informação pouco sabe-se sobre a utilização das redes sociais como ferramenta de comunicação para as empresas.

Apesar do sucesso das redes sociais entre os brasileiros, as publicitárias explicam que devido a falta de estudos com aplicação regional, a publicidade regional ainda é estereotipada em relação à publicidade na internet. "É necessário perceber que as Redes Sociais funcionam de uma maneira onde as pessoas se tornam responsáveis pela propaganda feita nesse meio. Nas Redes Sociais as mídias são as pessoas e o valor é o capital social. O capital social é produzido quando as pessoas estão falando sobre o produto e/ou serviço", ensinam.

Para as autoras do trabalho, os anunciantes regionais ainda não utilizam o potencial das redes sociais, como os grandes anunciantes globais. "A participação das empresas regionais em redes sociais é pequena e pouco utilizada como forma de relacionamento com seus públicos", explicam.

Recomendo o trabalho que trata desde a história da internet e da publicidade na internet até os conceitos de redes sociais, mídias sociais e as ferramentas mais populares do momento para comunicação. Além de trazer várias estatísticas sobre o tema e cases de sucesso da utilização das mídias sociais.

Acesse o trabalho

Comentários

  1. Oi!

    Sou jenifer (autora do estudo)
    Só posso agradecer pela postagem e pelo reconhecimento, confesso que não esperava que o estudo tivesse tomado essa importancia e sendo inclusive recomendado.

    Obrigado!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana