Pular para o conteúdo principal

Destaques

Welcome to Wedding Hell: Drama coreano sobre a pressão de organizar casamento

Das diferenças de perspectivas até opções de escolhas movidas por questões financeiras e/ou pessoais, Welcome to Wedding Hell é uma série coreana que aborda como o simples pedido de casamento e suas consequências podem se tornar algo insuportável para todos envolvidos, especialmente para o casal que sente a maior pressão. Disponível na Netflix. O que deveria ser algo prazeroso se torna rapidamente em algo doloroso e confuso para os envolvidos na preparação do casamento. Com o estresse, vem os desencontros entre os personagens, que precisam lutar para se reconciliarem até a data do evento de união. O que eles julgavam que seria mais simples e teriam mais autonomia por parte da família, acaba se transformando numa recorrente dificuldade de comunicação e expressão sobre os sentimentos. Para agradar um, outro acaba sendo desagradado e não há uma solução tão fácil de ser tomada como costumaram imaginar. Welcome to Wedding Hell é um drama coreano curtinho, ideal para quem não gosta de drama

Especialista dá dicas de como o jornalista pode construir sua marca pessoal na internet

Em post divulgado no site journalism.co.uk, a especialista em Personal Branding Marieke Hensel dá conselhos de como o jornalista deve ou não deve usar a internet para construir sua marca pessoal.


Marieke Hensel explica que marcas como Google e Coca-Cola são bastante reconhecidas, mas todos têm um tipo pessoal de brand. "Nós talvez não tenhamos a mesma popularidade no mercado, mas pessoas que nós conhecemos têm uma idéia em suas mentes de quem somos e o que fazemos. É difícil mudar radicalmente a percepção na mente das pessoas, mas gradualmente ao mostrar às pessoas quem você é e o que você representa ensina a eles o jeito que você quer ser retratado", ensina.

De acordo com a especialista, se o seu nome é consistentemente associado com uma área que você está apaixonado e tem conhecimento, as pessoas irão começar a reconhecer você e se eles estão procurando por um jornalista de determinado nicho, te procurarão antes dos outros.
Dicas para construir a sua marca pessoal (nome)

- Comece compartilhando seus artigos novos em redes sociais;

- Se você compartilhar seus conteúdos online verá que mais pessoas irão te seguir, tornar seus amigos ou mostrar que gostam dos seus artigos, e construirá novas conexões.

- Conexões podem te levar para potencias projetos, especialmente se você se conectar com as pessoas certas, ou pessoas que conhecem as pessoas certas.

- Duas maneiras de como você pode diferenciar-se dos outros profissionais do mercado é através do conhecimento de área e personalidade.

- Não basta ter um website mais, deve-se estar presente nas redes sociais. Fique atento à foto do perfil, pois esta dá credibilidade e aumenta as chances de um produtor de mídia entrar em contato com você. Se você quer construir o seu nome (sua marca pessoal), você tem que usar o seu nome constantemente.

"Ter uma presença online é um elemento necessário para ser um jornalista bem-sucedido", finaliza.

Acesse o artigo na íntegra

Comentários

Mais lidas da semana