Pular para o conteúdo principal

Destaques

Nobody Speak: Documentário questiona frágil liberdade de imprensa contra interesses de bilionários

Nobody Speak: Trials of the Free Press é um documentário um tanto polêmico e controverso sobre a liberdade de imprensa, liberdade de expressão e como pessoas poderosas e ricas podem silenciar veículos de comunicação . O filme documental foi lançado em 2017, com direção do cinegrafista norte-americano Brian Knappenberger , com produção da First Look Media e distribuição pela Netflix . Dois casos bem diferentes são discutidos no documentário Nobody Speak . Enquanto no caso da Gawker, os profissionais envolvidos tentam vender a ideia de que publicar um vídeo íntimo de uma personalidade norte-americana se tratava de um tema de interesse público, eu acredito que o vazamento dos vídeos sexuais do famoso só reforçam a importância de traçar melhor a questão ética no jornalismo online, tão focado nos cliques instantâneos que se esquecem que por trás de cada notícia existem seres humanos, independente do nível de fama. Para não estragar a surpresa e os detalhes, não vou comentar muito sobre os

ebaH!: rede social para universitários e docentes

O eBah! é uma rede social gratuita e aberta a qualquer usuário que tem como público-alvo os acadêmicos e professores universitários. A rede surgiu com o pensamento de compartilhar arquivos universitários na internet e facilitar a vida dos acadêmicos, que muitas vezes, não têm dinheiro para tirar cópias, estão sem tempo ou estão com preguiça de ir até a xerox.


Além dos arquivos compartilhados (links, documentos e vídeos), é possível formar comunidades e grupos de estudo entre os usuários que se classificam em: Professores, Alunos e Ex-Alunos.

Os criadores explicam que os professores são bem-vindos pois é uma oportunidade de se aproximarem mais dos alunos, incentivarem os estudos e complementarem com informações adicionais.

O ebaH! foi um projeto criado em 2006 por dois universitários da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, cuja principal idéia era economizar dinheiro com as fotocópias dos materiais da faculdade. No mesmo ano, o projeto foi lançado e bem aceito pela comunidade uspiana. Somente em 2007 o site tornou-se uma rede social e teve suas funções ampliadas. Desde então, o site passou por mudanças para atender à demanda crescente de usuários e de arquivos.

Acesse o site

Comentários

  1. Alguém sabe quem são os criadores dessa rede???

    Por favor, respondam para o e-mail aulanopc@gmail.com!

    Obrigado!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana