Pular para o conteúdo principal

Destaques

Avaliação Neuropsicológica: 5 Motivos para ler o livro

Procurando me familiarizar um pouco mais com o universo das neurociências, recentemente terminei de ler o livro Avaliação Neuropsicológica, dos organizadores Leandro F. Malloy-Diniz, Daniel Fuentes, Paulo Mattos e Neander Abreu, publicado no Brasil pela editora Artmed, em 2018. Ótimo material de leitura para quem deseja entender um pouco sobre a neuropsicologia.


Compre o livro Avaliação Neuropsicológica: https://amzn.to/2WZtqzW

Estamos em 2019. Todos nós somos diferentes, temos funcionamentos neurológicos diferentes, mas muita gente ainda acha que todos funcionamos da mesma maneira. Eu, por exemplo, tenho Síndrome de Asperger, o que significa que a minha percepção sobre o mundo é um pouco diferente de um não-autista.

Mas o que eu queria dizer é: entender um pouco sobre a avaliação neuropsicológica pode ajudar as pessoas a entenderem melhor questões como transtornos de aprendizagem, neurológicos, psiquiátricos e neurodegenerativos.

Leia também: Vencendo o TDAH: 10 Motivos para ler o livr…

Jornalistas utilizam mais navegador do que dispositivos móveis para atualizar Facebook

Apesar do aumento do número de smartphones e das facilidades de conexão à internet, seja por WiFi ou dispositivos móveis, segundo a enquete realizada na página 'Facebook and Journalists', o maior número de atualizações ainda é feita pelos navegadores de internet. A página surgiu para auxiliar os jornalistas a utilizar melhor as ferramentas do Facebook e compartilhar as experiências realizadas.

A enquete que ainda não foi finalizada já conta com a participação de 472 usuários. Deste total, as atualizações das páginas e perfis do Facebook são feitos com maior frequência por: 396 ou 84% utilizam os navegadores (Web Browser); 44 aplicativos para iPhone; 14 aplicativos para Android; 12 navegadores do celular; 5 aplicativos para Blackberry; 1 atualiza por meio de SMS e nenhuma pessoa utiliza o e-mail para atualizar.

Com o surgimento de novas tecnologias sempre existe aquele papo de que tal dispositivo substituirá outro. Alguns especialistas já anunciaram o fim dos desktops e a substituição destes pelos dispositivos móveis. Os resultados da enquete mostram que mesmo os dispositivos móveis quebrando o galho na hora de atualizar, a preferência ainda é pelos navegadores dos computadores pessoais.

Comentários

Mais lidas da semana