Pular para o conteúdo principal

Destaques

Mindhunter Profile 2: Especialista em serial killers compartilha experiências após aposentadoria do FBI

Após se aposentar do FBI , o ex-agente especialista em assassinos continuou sendo convidado para colaborar em alguns casos que exigiam entender melhor o perfil psicológico dos criminosos. No livro Mindhunter Profile 2 , dos autores Robert K. Ressler e Tom Snachtman , é possível conhecer um pouco mais da história de vida desta figura que deixou uma boa contribuição para a criminologia e compreensão sobre as mentes de serial killers. A obra foi publicada pela editora DarkSide Books , em 2021, com tradução de Alexandre Boide. Compre o livro Mindhunter Profile 2:  https://amzn.to/39qJjId Entre os casos explorados no livro há um que desperta o interesse por envolver algo não tão desconhecido, como o uso de transtornos mentais para diminuir as penas. Ressler percebeu um fenômeno de ex-soldados que usavam o Transtorno do Estresse Pós-Traumático como uma justificativa quando cometiam crimes e notou que muitas vezes, os históricos dos assassinos não eram checados e muitos inventavam histórias

Ebook sobre mídias sociais e transformações nos relacionamentos

'Mídias Sociais: Como estão transformando nossos relacionamentos pessoais e profissionais', ebook do autor Cezar Taurion, profissional e estudioso de Tecnonologia da Informação, publicado em junho de 2011, traz abordagens sobre as redes sociais desde 2007 a 2010, e seu uso nas empresas, mostrando como evoluiu a aceitação das plataformas de mídias sociais. O livro é uma coletânea de posts sobre Web 2.0 e computação social escritos por Taurion em seu blog.

O autor comenta sobre a velocidade das novidades e a importância do e-mail, que por alguns é considerado atrasado, dos blogs corporativos (um meio de interação com o mercado, clientes e parceiros), Twitter (imediatismo), Facebook, e outras plataformas, como Youtube e LinkedIn, ferramentas que deram voz ativa aos usuários, por meio da geração de conteúdos e propagação pelo mundo.

Sobre os blogs corporativos, por exemplo, o autor comenta sobre os medos que existiam em relação ao recebimento de comentários negativos dos clientes, a divulgação de informações internas pelos funcionários e ao comportamento ético. "Ter um blog corporativo significa que a empresa está disposta a ouvir. Mas também tem que saber como reagir", ressalta Taurion.

Em 2007, o autor participou de eventos sobre web 2.0, em que foram abordados o controle dos usuários, a colaboração e as inovações tecnológicas. Neste mesmo ano, o número de empresas que tinham blogs corporativos era ínfimo comparado a recomendação que se tem hoje de utilizar o blog como um canal de comunicação com os clientes. Taurion já alertava para a necessidade de se ter um blog com conteúdos atualizados e de valor, de crebilidade, conteúdo de nichos e navegabilidade fácil.

Inovações tecnológicas geralmente assustam os empresários e são ignoradas, até que sejam finalmente incorporadas. Da mesma forma que o acesso a web e e-mail eram proibidos nas empresas, o autor do livro já ressaltava que era inútil a proibição dos blogs, wikis e mídias sociais. "A nova geração digital ao entrar no mercado de trabalho vai estar tão acostumada a estes conceitos que não saberá trabalhar sem eles", argumenta Taurion no livro.

No livro eletrônico, com 78 páginas, você também encontra mais informações sobre privacidade, Geração Y, possível fim do e-mail, mídias sociais, wikipedia, mecanismos de buscas (buscadores gerais e especializados), além de uma ótima recomendação bibliográfica.
 
Faça download do ebook

Comentários

Mais lidas da semana