Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Os Criadores de Coincidências – Yoav Blum

E se nada fosse mero acaso e operários invisíveis atuassem para gerar mudanças nas vidas das pessoas? Assim é a premissa do livro Os Criadores de Coincidências, do autor Yoav Blum, publicado no Brasil, em 2017, pela Editora Planeta, com tradução de Fal Azevedo.


Compre o livro Os Criadores de Coincidências (Yoav Blum): https://amzn.to/2KNfxBT

O romance narra o trabalho de três criadores de coincidências: Emily, Eric e Guy. Intercalando um pouco das vivências profissionais de cada um deles e das missões que tiveram que cumprir, relacionando com alguns dos seus dilemas pessoais.

“É estranho, pensou ela, como somos capazes de transformar uma coisa específica em algo que passa a guiar toda a nossa vida, e como nos convencemos de que, se não tivermos essa coisa, nada mais vai fazer sentido. E é ainda mais estranho como nos acostumamos rápido ao exato oposto” – Yoav Blum, Os Criadores de Coincidências
Longe de ser uma narrativa linear, o leitor é jogado para várias histórias que se amarram pel…

#CBJA - Painel sobre Desafios da Cobertura da Rio+20

Após a palestra do Doutor em Ciências Econômicos Ladislau Dowbor, no dia 17 de novembro de 2011, durante o IV Congresso Brasileiro de Jornalismo Ambiental, sediado na Puc-Rio, no Rio de Janeiro, aconteceu o painel 'Os Desafios da Cobertura da Rio+20'.

O Painel contou com a presença da Chefe de Coordenação-geral da Rio+20 no Itamaraty, Cláudia Maciel; Economista e professor da PUC-SP, Ladislau Dowbor; Consultor e especialista em Responsabilidade Social e Sustentabilidade, Aron Belinky; Doutor e Economista, Sergio Besserman.


Cláudia Maciel comentou algumas informações básicas sobre a Rio+20: a Conferência das Nações Unidas será sediada no Brasil, no Rio de Janeiro, nos dias 20 a 22 de junho de 2012, por conta do compromisso do país com o evento e a responsabilidade de manter o legado do Rio 92, além de ser uma ótima oportunidade para a projeção do modelo brasileiro. "O Brasil tem um papel importante, mas não é uma conferência onde só o país influenciará com as idéias", ressaltou.

Ainda de acordo com Maciel, a Rio+20 não é uma conferência apenas sobre o meio ambiente e esta deve tratar do desenvolvimento sustentável. Durante o evento acontecerá uma rediscussão do modelo de desenvolvimento, em que 193 países poderão postar documentos com suas contribuições e tentarão criar um documento com as principais convergências, uma espécie de manutenção do Protocolo de Kyoto.

Consultor e Especialista em Responsabilidade Social, Aron Belinky explicou que a Conferência oficial da ONU dura apenas três dias, mas o conjunto de eventos em torno dela será bem maior. "Tão importanto quanto os eventos em 2012 é o processo preparatório", argumentou. A economia verde no contexto da erradicação da pobreza e o desenvolvimento sustentável serão os eixos principais da Rio+20, um evento considerado por Belinky, "uma oportunidade ímpar de convergência".

O economista Sergio Besserman comentou sobre a importância do jornalista ter contato com a ciência, pois esta nos informa dos limites do planeta e as dimensões. "A idéia de achar que nós podemos mexer com o meio ambiente sem afetar a nós mesmos é uma grande bobagem", justificou.

Comentários

Mais lidas da semana