Pular para o conteúdo principal

Destaques

Para Toda a Eternidade: Livro explora rituais funerários diversos

Entre a naturalidade e o espanto, o tradicional e o moderno, o ocidental e o oriental, Caitlin Doughty transmite ao leitor histórias de suas visitas a espaços e profissionais envolvidos com o universo mortuário. Uma das obras pedidas por quem já tinha lido Confissões do Crematório, o novo livro foi publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em junho de 2019, com tradução de Regiane Winarski e ilustrações de Landis Blair.


Compre o livro Para Toda a Eternidade (Caitlin Doughty): https://amzn.to/2R2FwqN

“Eu passei a acreditar que os méritos de um costume relacionados à morte não são baseados em matemática [...] mas em emoções, numa crença na nobreza única da própria cultura da pessoa. Isso quer dizer que consideramos os rituais de morte selvagens apenas quando eles não são como os nossos” – Caitlin Doughty, Para Toda a Eternidade
Dá para ler tranquilamente Para Toda a Eternidade sem ter lido Confissões do Crematório, mas acredito que as duas leituras são complementares. Enquanto na p…

Jornalismo na web - Terminologias e desenvolvimento


No texto "Sistematizando alguns conhecimentos sobre jornalismo na web" de Luciana Mielniczuk são descritos alguns conceitos sobre webjornalismo e definições para termos como jornalismo eletrônico, jornalismo digital, ciberjornalismo, jornalismo online e webjornalismo.

Além de comentar sobre os diferentes termos de jornalismo digital, a autora comenta as fases do desenvolvimento do jornalismo na web e os diferentes espaços de disponibilização das notícias nos webjornais.

O trabalho foi realizado através de pesquisa bibliográfica e observação empírica de produtos jornalísticos desenvolvidos para a web.

A autora argumenta que apesar da Internet ter sido utilizada há quase uma década no jornalismo, ainda não há um consenso sobre os termos de jornalismo para internet, variando, geralmente, de acordo com a nacionalidade dos autores.

Mielniczuk conta, por exemplo, que o autor Bastos diferencia os termos jornalismo eletrônico, jornalismo online e jornalismo digital. Sendo o primeiro termo englobador dos outros, onde o jornalismo online está relacionado à apuração de conteúdo e o jornalismo digital à disponibilização dos produtos.

Além dos termos descritos acima, a autora fala a respeito do jornalismo multimídia, cujo resultado são os dados digitalizados de diferentes natureza: texto, som e imagem.

No trabalho é possível encontrar um quadro resumo com as definições das nomenclaturas, além de mostrar a relação entre as terminologias; o desenvolvimento do jornalismo para internet, desde a fase inicial onde os conteúdos eram transposições de conteúdos até a utilização de hiperlinks e a produção de conteúdos noticiosos originais, entre outras informações relevantes.

Confira o artigo na íntegra.

Comentários

Mais lidas da semana