Pular para o conteúdo principal

Destaques

12 Graphic Novels que você precisa ler

Começou como uma forma de experimentação na leitura. Apesar de gostar de tirinhas, nunca tinha me aventurado pelo universo das graphic novels, como aconteceu há alguns anos – pelo menos, não de forma que me interessasse.

Percebo que cada vez mais pessoas estão se interessando pelos diferentes formatos de narrativas. Acho válida toda forma de contação de histórias e acredito que elas podem criar experiências complementares. Há espaço para todos gostos.


Com doze indicações de leitura, dá para ler um livro por mês ou ler todos em um só mês, dependendo do ritmo de leitura e da fome por histórias de cada um. Entre temáticas mais sociais e outras mais fantasiosas, as graphic novels podem ser uma porta de entrada para outros livros, como podem ocupar um espaço central no coração de quem é aficionado por histórias ilustradas.

Histórias que podem ir muito além de um passa-tempo, como se acreditava antigamente, mas também proporcionar reflexões sobre a vida, juntando o melhor dos dois mundos: d…

Aparelhos inteligentes substituem dinheiro vivo e cartões de crédito


Já imaginou pagar suas contas através de um telefone celular? Em alguns países como Londres, Estados Unidos e Japão isto já é realidade. O Observatório da Imprensa publicou no dia 08 de maio de 2012 um artigo reproduzido do The New York Times e traduzido pela Folha de São Paulo que trata sobre o assunto.

Autora de diversos artigos sobre tecnologia para o NYTimes, no artigo "A era da carteira digital"  Somini Sengupta argumenta que com a internet, o dinheiro mudou de cara e em breve o destino das carteiras pode ser o lixo, já que a tendência é que cada vez mais serviços sejam acomplados às tecnologias, como os telefones celulares.

A carteira deve tornar-se obsoleta. Sengupta fala a respeito de uma pesquisa realizada com tecnólogos e cientistas sociais sobre como será o futuro da carteira em 2020, e dois terços respondeu que o dinheiro vivo e os cartões de crédito serão substituídos por aparelhos inteligentes.

No artigo também são citados diversos serviços e ferramentas que já estão sendo usadas para que esta substituição aconteça.

Fica a dúvida: será que demora muito para esse avanço chegar ao Brasil?

Confira o artigo na íntegra: A era da carteira digital 

Comentários

Mais lidas da semana