Pular para o conteúdo principal

Destaques

I Missed You: Filme taiwanês de drama relaciona os bloqueios emocionais aos digitais

As redes sociais já se tornaram tão parte das nossas vidas que, muitas vezes, servem como um baú de memórias, o qual podemos abrir e fechar conforme nossas necessidades. No filme taiwanês I Missed You , de 2021, dirigido por Chih-Yen Hsu e Mag Hsu , a protagonista é confrontada a encarar os seus bloqueios emocionais e digitais, para descobrir a causa de sua infelicidade. Kuo Chinchin (Eve Ai) é uma programadora viciada em trabalho. Por trás de sua personalidade durona, o telespectador conhece um pouco do seu passado conforme ela decide desbloquear duas pessoas do seu Facebook – de forma paralela a quem está assistindo, a personagem vai mergulhando cada vez mais no seu interior e martelando as memórias, as emoções e as escolhas. Sem exageros dramáticos, o filme tem um toque intimista e promove uma boa reflexão sobre como a tecnologia se tornou uma ferramenta não só para conhecer novas pessoas, mas também para criar mais proximidade ou afastamento das conexões com o passado, servindo pa

Mídia étnica cresce nos Estados Unidos


No dia 27 de novembro de 2012 o Observatório da Imprensa publicou uma entrevista feita com Paulo Rogério Nunes, um publicitário selecionado para uma bolsa de estudos de aperfeiçoamento de carreira nos Estados Unidos, na qual ele compartilha as experiências vividas e aprendizados no país e aborda o crescimento da mídia étnica.

A entrevista foi realizada pelo jornalista Paulo Lima via e-mail e apesar de bem extensa, vale a pena ser lida. O entrevistado conta alguns dos projetos desenvolvidos como bolsista, o modelo de comunicação norte-americano, a mídia voltada para o público negro e a educação.

Confira a entrevista na íntegra: http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_ed722_nos_eua_a_midia_etnica_cresce_mais_que_a_tradicional

Comentários

Mais lidas da semana