Pular para o conteúdo principal

Destaques

The Good Detective: Série coreana policial sobre antigo caso e a busca pela verdade

The Good Detective é uma série coreana policial que aborda um caso antigo, cujo julgamento levou à sentença de condenação de morte do acusado. Um detetive novato no departamento e um veterano se juntam para descobrir se aconteceram falhas nas investigações policiais. A série está disponível na Netflix . Com 16 episódios em sua primeira temporada, três personagens se destacam: o detetive que participou da investigação do caso, Kang Do Chang (Son Hyeon-ju) , o jovem detetive Oh Ji Hyuk (Seung-jo Jang) e a jornalista investigativa Jin Seo Kyung (Elliya Le) . Quando um novo caso de um suposto assassino confesso da filha do homem condenado ganha a atenção da mídia, muitas dúvidas pairam no ar sobre as motivações e os possíveis envolvidos, fazendo com que os detetives discretamente se aprofundassem nas investigações, mesmo sabendo que poderiam prejudicar as próprias carreiras. Kang é movido pela consciência pesada de ter sido parte do caso do condenado possivelmente inocente sofrer pena de

Escrita Criativa: Importância dos parágrafos iniciais


Você sabe como prender o interesse do leitor desde o começo do seu texto? O ensaio "O escritor convida o leitor para uma dança: A arte de elaborar parágrafos iniciais numa narrativa ficcional", escrito por João de Mancelos, aborda a Escrita Criativa.

No ensaio, João de Mancelos fala sobre a importância das primeiras linhas, como uma estratégia para cativar o leitor, que segundo ele, pode ser chamada de hook ou anzol, pelos teóricos da escrita criativa.

Segundo João de Mancelos, a estratégia de escrever um texto que seja convidativo desde o início ajuda a fazer com que os leitores se interessem por adquirir tal livro, caso contrário, a obra pode voltar à prateleira.

No meio de tantos livros, principalmente com a facilidade para publicação de obras eletrônicas (eBooks), o autor que consegue prender o leitor, pode se diferenciar entre outros escritores. Para João de Mancelo, o pensamento que se tem é: "com tantos volumes disponíveis, para quê despender tempo com um que começa mal?".

Para o autor do ensaio, nos contos, romances e ensaios, os parágrafos iniciais devem captar a atenção, criar uma crise, despertar a curiosidade, gerar um cenário curioso, criar uma atmosfera, chocar ou surpreender e introduzir um elemento de mistério e intriga.

Leia o ensaio na íntegra: http://www.miniwebcursos.com.br/curso_aprender/modulos/aula_2/artigos/palavra_criativa.html

Comentários

  1. É isso mesmo; a linguagem deve ser fluida, convincente, simples, e as palavras iniciais devem ser escolhidas a dedo; valeu por ter publicado o tema.

    ResponderExcluir
  2. Precioso material.
    Adorei!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana