Pular para o conteúdo principal

Destaques

My Shy Boss: Série de drama sul-coreano tem protagonista com fobia social e segredos

My Shy Boss (Introverted Boss/Naesungjukin Boseu/내성적인 보스) é uma série de drama romântico sul-coreano sobre a relação entre um chefe de uma empresa de Relações Públicas e uma jovem atriz extrovertida tentando descobrir a verdade sobre um acontecimento do passado que envolveu sua irmã. Lançada em 2017, a série da tvN (canal de televisão da Coreia do Sul) está disponível na Netflix Brasil por tempo indeterminado. Para quem sente falta de ver personagens com dificuldades de comunicação e interação em seriados, My Shy Boss tem Eun Hwan-ki (Yeon Woo-Jin) , um protagonista que evita o máximo possível falar com os funcionários de sua empresa, de forma que gera estranhamento nos outros. Sempre com seu casaco preto de capuz, sua timidez chama a atenção de forma negativa por onde passa. Até se acostumar com o personagem principal, fica difícil compreender alguns dos seus comportamentos. Se é contraditório para os próprios funcionários, para a família dele e até mesmo para alguns clientes insat

Resenha: O Foco Narrativo – Ligia Chiappini Moraes Leite

O Foco Narrativo é o título do livro escrito por Ligia Chiappini Moraes Leite e publicado pela Editora Ática, em 1985, integrante da Série Princípios. A obra aborda de forma didática este recurso artístico presente na construção de narrativas, possibilitando analisar o texto de ficção.

Ao longo do livro, a autora fala sobre a narração, ficção e valor, comentando algumas teorias do foco narrativo, críticas, revisões e análises. O segundo capítulo aborda a tipologia de Norman Friedman, no qual Ligia descreve cada um dos tipos de narradores: Autor Onisciente Intruso, Narrador Onisciente Neutro, “Eu” como testemunha, Narrador-Protagonista, Onisciência Seletiva Múltipla, Onisciência Seletiva, Modo Dramático, Câmera, Análise Mental, Monólogo Interior e Fluxo de Consciência.

Para finalizar, são feitos levantamentos relacionando a História à Ficção, questionando um possível sumiço do narrador com o passar do tempo. De acordo com a autora, o foco narrativo é complexo de abordar, pois não se trata somente de técnica, mas também problemas ideológicos e epistemológicos.

Trecho do livro: "Quem narra, narra o que viu, o que viveu, o que testemunhou, mas também o que imaginou, o que sonhou, o que desejou. Por isso, Narração e Ficção praticamente nascem juntas".

Um vocabulário crítico e a bibliografia comentada possibilitam o melhor entendimento do conteúdo do livro e o aprofundamento para quem quiser aprender mais sobre o foco narrativo. Recomendo a obra para estudantes de Letras, Comunicação Social, escritores, blogueiros, críticos e jornalistas.

Comentários

  1. Opa, já estou anotando esse livro para comprá-lo quando puder =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livro muito bom! Recomendo :D
      Aliás, essa Série Princípios têm várias obras que vale a pena ler ou ter em casa. São conteúdos introdutórios que podem te orientar a buscar leituras mais aprofundadas.
      Abraços

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana