Pular para o conteúdo principal

Destaques

Documentário da Netflix aborda caso Elisa Lam e histórico mórbido do Cecil Hotel

Dependendo da sua idade e do quanto você é ligado às notícias e ao mundo online, é bem provável que você tenha ouvido falar sobre o caso da Elisa Lam , uma canadense descendente de chineses que  viajou para os Estados Unidos e morreu em um hotel de Los Angeles . O caso polêmico na época foi explorado na série documental Cena do Crime – Mistério e Morte no Hotel Cecil (Crime Scene: The Vanishing at the Cecil Hotel) , dirigido pelo norte-americano Joe Berlinger e distribuído pela Netflix , em 2021. Em quatro episódios, de forma linear, é contada a história de como Elisa Lam foi parar no Cecil Hotel e um pouco de sua personalidade no mundo digital e afinidade com o Tumblr. Importante mencionar que o documentário não traz entrevistas com os familiares de Elisa Lam. Se nem os próprios familiares conhecem a fundo uma pessoa, me pergunto por que há tantas pessoas aleatórias na internet e fãs de teorias da conspiração que se sentem no direito de dizer que algo poderia ou não ter acontecido. 

Romance gay O Corredor de Fundo será lançado em Lisboa

No dia 7 de dezembro, às 20h, acontece em Lisboa, Portugal, no Bar e Restaurante O Século, o lançamento do livro O Corredor de Fundo (The Front Runner), de Patricia Nell Warren, traduzido para o Português e publicado pela editora Index Ebooks. A obra será apresentada por Luís Chainho, editor, e o evento contará com a participação de Paula Calafate, antropóloga, lendo uma mensagem da autora, e de João Ferrador, ator, lendo textos selecionados.

O romance gay conta a história de Harlan Brown, um treinador de atletismo conservador que tenta se afastar do passado numa pequena universidade americana e sobre Billy Sive, um jovem corredor gay que não tem vergonha da sua própria sexualidade.

Quando os dois se apaixonam, entram numa corrida contra o ódio e o preconceito que os levará aos Jogos Olímpicos de 1976 e a um desfecho chocante. Com mais de 10 milhões de exemplares vendidos em sete idiomas, este clássico da literatura gay é a história de amor gay mais popular de todos os tempos .

O Corredor de Fundo, o romance gay mais vendido em todo o mundo (10 milhões de cópias em 7 idiomas), o primeiro a entrar na lista de best-sellers do NY Times, em 1974, ainda não estava publicado em Português.

O primeiro capítulo do livro gay O Corredor de Fundo está disponível no site da Index Ebooks: http://www.indexebooks.com/o-corredor-de-fundo.html.

Sobre a autora – Patricia Nell Warren nasceu em 1936 e cresceu no Rancho Grant-Kohrs, em Deer Lodge, no Montana. O rancho é um sítio classificado pelo Governo Federal dos Estados Unidos devido ao seu interesse histórico. Trabalhou durante 20 anos como editora da Reader's Digest. Conhece bem a Europa, onde residiu vários anos. Ao longo dos anos, como autora de ficção e não ficção, publicou nove livros, incluindo o best-seller de temática gay, The Front Runner, que entrou para a lista de livros mais vendidos do The New York Times.

O seu livro mais recente é a antologia premiada, My West: Personal Writings on the American West (Wildcat Press, 2011). Obras da autora: The Front-Runner (1974), The Fancy Dancer (1976), The Beauty Queen (1978), One Is the Sun (1991), Harlan’s Race (1994), Billy’s Boy (1997), The Wild Man (2001), The Lavender Locker Room (2006), My West: Personal Writings on the American West (2011).

Sobre a editora – INDEX ebooks é uma editora especializada em ebooks de literatura gay em língua portuguesa a preços low-cost. A publicação de novas obras de literatura gay por autores portugueses, brasileiros ou de outros países de expressão portuguesa é muito reduzida, tal como a reedição de obras esgotadas. Por outro lado, a oferta em português de literatura gay traduzida é quase inexistente.

"A INDEX ebooks está focada em facilitar a todos os leitores o acesso a este acervo de obras. Por isso mantemos os nossos custos em patamares tão baixos quanto possível. Por isso usamos conteúdos de domínio público ou com licenças de uso livre. Por isso editamos apenas em formato digital e estamos 100% online. Por isso oferecemos as nossas edições a bibliotecas para que as disponibilizem aos seus leitores gratuitamente. Por isso oferecemos serviços de edição de ebooks a novos autores de manuscritos originais de literatura gay em língua portuguesa. O nome da editora faz uma referência irónica à Lista de Livros Proibidos da Igreja Católica, o Index Librorum Prohibitorum, uma lista de publicações proibidas, os "livros perniciosos", criada em 1559 no Concílio de Trento (1545-1563), administrada pela Inquisição, ou Santo Ofício, que foi inicialmente utilizada como ferramenta contra o avanço do protestantismo e contra a corrupção dos fiéis".

*Com informações da Index Ebooks

Comentários

Mais lidas da semana