Pular para o conteúdo principal

Destaques

Neurodiversidade: Autismo não só biológico ou só identidade social

A Neurodiversidade dá um tiro no pé ao tratar o autismo como algo meramente social (identidade social), ignorando as particularidades neurobiológicas de CADA autista. Mas o extremismo científico também erra ao ver como algo meramente biológico, ou até mesmo patológico.


O ideal seria ver o melhor dos dois mundos, algo impossível diante da polarização. Todo mundo sai perdendo.

É utopia esperar que a sociedade vá se adequar completamente aos autistas, especialmente porque cada autista pode ser completamente diferente do outro. O ambiente adaptado para um autista, é o ambiente desadaptado para o outro – isso entre os próprios autistas.

Enquanto as pessoas continuarem tratando o autismo como algo 'universal', ignorando as especificidades, esse debate não vai para frente.

O Asperger que não precisa interagir com os outros, não precisa trabalhar, não precisa fazer nada que o tire da zona de conforto, talvez não sinta muita dificuldade em viver em um mundo não adaptado. Mas não é a re…

André Vianco explica importância da reescrita e revisão do livro

No quarto episódio do vídeo Um Punhado de Ideias, o escritor André Vianco fala sobre o seu livro de vampiros Os Sete e responde a dúvida de um usuário sobre a reescrita e revisão de um livro e qual sua importância.

"Reescrever o seu primeiro rascunho do livro é essencial. É onde você separa o amador do profissional", responde André Vianco ao usuário que não gosta de revisar e reescrever suas histórias.

O escritor afirma que a revisão e reescrita é uma maneira de melhorar a história, torná-la mais coerente tanto para facilitar que o manuscrito seja lido por algum editor quanto para os leitores quando a obra for publicada.

Comentários

Mais lidas da semana