Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sobre rabiscos e telas brancas

A tela branca pode ser um convite à explosão criativa ou uma tortura ao artista que sente seu espírito definhando diante da pesada realidade. Em tempos de crise e ódio, a arte fica esquecida e é vista como desimportante; ironicamente, é quando mais precisamos dela, de algo que nos faça sentir vivo e toque as partes atordoadas.


O som dos dedos se movendo pelo teclado era como fantasmas de uma vida distante. É incrível perceber quantas vezes nós deixamos algumas partes nossas morrerem ao longo de nossas existências; as máscaras, antes tão confortáveis, agora incomodam e não nos servem mais. Leva tempo até ficarmos satisfeitos e ajustados à nova realidade. Viver é admitir que sabemos pouco sobre nós mesmos e há sempre algo novo que pode nos transformar, seja para o bem ou para o mal.

O artista encara a tinta respingando pela tela. Para o espectador sem intimidade, nada faz sentido, a desconexão de ideias é tormentosa; para ele, o lembrete de que sua arte nunca o abandonaria. Como poderia…

Resenha: Nietzsche para estressados – Allan Percy

Nietzsche para estressados, de Allan Percy, é um livro de autoajuda para quem está procurando desacelerar o ritmo, refletir sobre a vida e encontrar equilíbrio. O autor reuniu 99 doses de filosofia de Nietzsche para despertar a mente e combater preocupações. Lançado no Brasil em 2011, traduzido por Rodrigo Peixoto e publicado pela Editora Sextante.

No livro, Allan Percy comenta como a filosofia pode ser utilizada para ajudar as pessoas a resolverem os seus problemas. Um texto anexo no livro aborda a filosofia como terapia e como através dos pensamentos dos grandes pensadores é possível encontrar paz. Segundo Percy, os filósofos terapeutas ajudam os clientes a identificarem o problema, encontrar a solução e utilizar o pensamento filosófico mais adequado à personalidade e à formação intelectual do cliente.

Cada pensamento de Nietszche disposto no livro é acompanhado de dicas deixadas por Allan Percy, como por citações de escritores, autores, filósofos e psicólogos para reforçar o seu ponto de vista.

Entre os problemas comentados no livro estão: a importância de se definir uma meta clara, a fragilidade da felicidade, o contato com a natureza, as mortes simbólicas, a busca pelo conhecimento, a indiferença, a autoestima, a amizade, o sucesso, a autoconfiança, a inveja, a meditação, a solidão, o estresse e outros assuntos do cotidiano que o autor joga uma luz e auxilia o leitor.

Entre as citações de Nietzsche no livro estão:

“Quem tem uma razão de viver é capaz de suportar qualquer coisa”

“Quem deseja aprender a voar deve primeiro aprender a caminhar, a correr, a escalar e a dançar. Não se  aprende a voar voando”

“Você tem o seu caminho. Eu tenho o meu. O caminho correto e único não existe”.

Ao longo do livro são apresentas diversas citações possibilitando ao leitor mergulhar nas fontes e aprender mais sobre a si mesmo, indo além de Nietschze e aprendendo com outros filósofos, psicólogos e autores contemporâneos.

Comentários

Mais lidas da semana