Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sobre rabiscos e telas brancas

A tela branca pode ser um convite à explosão criativa ou uma tortura ao artista que sente seu espírito definhando diante da pesada realidade. Em tempos de crise e ódio, a arte fica esquecida e é vista como desimportante; ironicamente, é quando mais precisamos dela, de algo que nos faça sentir vivo e toque as partes atordoadas.


O som dos dedos se movendo pelo teclado era como fantasmas de uma vida distante. É incrível perceber quantas vezes nós deixamos algumas partes nossas morrerem ao longo de nossas existências; as máscaras, antes tão confortáveis, agora incomodam e não nos servem mais. Leva tempo até ficarmos satisfeitos e ajustados à nova realidade. Viver é admitir que sabemos pouco sobre nós mesmos e há sempre algo novo que pode nos transformar, seja para o bem ou para o mal.

O artista encara a tinta respingando pela tela. Para o espectador sem intimidade, nada faz sentido, a desconexão de ideias é tormentosa; para ele, o lembrete de que sua arte nunca o abandonaria. Como poderia…

Lançamento: Sabores e Dissabores de Antigos Amores – Thiago Thomazini

O livro de contos Sabores e Dissabores de Antigos Amores, do escritor Thiago Thomazini, publicado pela Editora Escândalo, será lançado no dia 31 de outubro, às 20h30, no Instituto Kreatori do Rio de Janeiro (RJ).

Leia: resenha do livro Sabores e Dissabores de Antigos Amores



Texto da orelha do livro:

"Um oscilar entre a paulicéia e a carioquice, Thiago Thomazini é uma miscelânea perfeita de artes mais que dramáticas. Escritores, ator, roteirista. Ninguém como ele descreve tão bem os avessos das noites de Copacabana, Ipanema, Lapa... Dores e reveses, paixões e luxúria são seus elementos de criação.

Mas, também  há a pureza desse amor romântico e solene, amor que se entrega sem arestas, sem correias. Tudo isso verte das letras desse contista. Em cada novo conto, uma gota de sangue que se derrama na página e se faz prosa e poesia.

Neste novo livro, Thiago abusa da rima para transcender o plácido rio de personalidades e personagens que escorrem pelos meios-fios da Cidade Maravilhosa" – Giselle Jacques, editora

Trecho do livro:


"Tenho inventado solidões que me façam companhia. Inventando amores que não vivi, mas cujas dores carrego como se demasiado as tivesse sentido".

Sobre o autor – Thiago Thomazini é paulista radicado no Rio de Janeiro, escritor e dramaturgo. Estreou na carreira literária em 2012 com a coletânea de contos Variáveis Vias do Desejo. Influenciado profundamente pela dinâmica narrativa do cinema, empresta a seus textos essa agilidade estrutural, apresentando contos fortes e ligeiros, de vertente acre e intimista. Sua literatura passeia entre a escrita marginal e o lirismo poético, imprimindo a cada história partes iguais da ilusão e veracidade, ambas na medida certa.

Local – Instituto Kreatori, localizado na Rua Alice, 209 – Laranjeiras, Rio de Janeiro (RJ).

O livro também pode ser encontrado na loja virtual da Editora Escândalo.

Comentários

Mais lidas da semana