Pular para o conteúdo principal

Destaques

Antraz: Documentário da Netflix revela investigações feitas pelo FBI durante anos

Um pouco após os atentados terroristas contra as torres gêmeas, em Nova Iorque, Estados Unidos, no 11 de setembro de 2001, uma ameaça de antraz colocou as autoridades, como o FBI em alerta, e espalhou pânico nos norte-americanos devido à facilidade de se espalhar sem as pessoas saberem.  Dirigido e roteirizado por Dan Krauss e produzido pela Netflix e pela BBC, 21 anos após o ataque e o primeiro caso de circulação do antraz, o documentário Antraz: EUA Sob Ataque (The Anthrax Attacks) leva o telespectador para as investigações do FBI que duraram anos. O que a princípio foi alvo de muita pressão para a solução do caso, principalmente pelo medo dos norte-americanos do esporo da bactéria continuar se espalhando pelas cartas e fazendo mais pessoas adoecerem e/ou morrerem, logo foi caindo no esquecimento conforme as investigações desenrolavam fora dos holofotes.  Com a proximidade do caso do ataque às torres gêmeas, à primeira vista, o pânico generalizado fez com quem os norte-americanos

Coletânea de Contos Eles Não Estão em Casa estreia no Catarse

A Editora Empíreo e o escritor Douglas McT lançaram no Catarse, plataforma de financiamento coletivo, o livro Eles Não Estão Em Casa. A coletânea de contos de fantasia, terror, steampunk, suspense psicológico e ficção devem ser publicados numa edição pocket de luxo com capa dura.



Com projeto gráfico de Marina Ávila e ilustrações de Zakuro Aoyama, Eles Não Estão em Casa busca apoio de leitores para que o livro seja publicado. O autor e a Editora Empíreo estão tentando arrecadar uma média de 20 mil reais, para cobrir os custos de produção editorial e impressão dos livros, correios, catarse e recompensas para os apoiadores.

A antologia traz os contos: Torniquete, Realidade Surreal, O Misterioso Caso do Unicórnio Azul, Coqueluche, Onde Termina o Inferno, Encruzilhada, O Pirata do Rio e o Homem da Tumba são o mesmo Cadáver, Revés, O Eclipse, E Assim Eu Vou Saber que Fui Enviado para o Inferno, Bonifrate, A Menina e a Morte e O Outro Final.

Cada cota de apoiador tem uma recompensa diferente, desde agradecimentos no livro e sua versão digital até marcadores de páginas, pôsteres, canecas personalizadas, bolsas de livros, entre outras.

Sobre o autor – Douglas MCT nasceu em Socorro, interior de São Paulo e migrou para a capital quando a barba já tinha forrado o seu rosto, onde cursou criação e produção audiovisual e encontrou maior espaço para desenvolver seus projetos, como o de editor-chefe de uma revista de entretenimento, e como roteirista de quadrinhos, games e desenhos animados para diversas editoras, produtoras e programas de TV. E também os livros, claro. Douglas escreveu inúmeros contos, novelas e romances, e possui dezenas de livros publicados, entre eles O Coletor de Almas e a série Necrópolis. Site: http://douglasmct.com/

Sobre o artista – Zakuro Aoyama nasceu em São Sebastião, DF. É ilustrador com diversos trabalhos publicados nas revistas Mundo Estranho, Ilustrar Magazine e (SAMBA). Ilustrou ainda o livro Avisterram e fez as capas do EP da banda Signo XIII, e do álbum Awake da MORK. Nas histórias em quadrinhos, fez as artes da capa de SPREAD, da IDW Publishing, e A Última Fábula.
Site: http://zakuroaoyama.tumblr.com/

Sobre a editora – A partir do latim Empyreus, uma adaptação do grego antigo, "dentro ou sobre o fogo (pyr)", Empíreo é o mais alto dos céus, o local reservado para as divindades e para a perfeição. Levamos leitores ao prazer da leitura fazendo o que somos apaixonados: editar literatura, quadrinhos, música, fantasia, biografia e quaisquer obras de qualidade.

Para conhecer o projeto e garantir o seu exemplar do livro, acesse: https://www.catarse.me/pt/elesnaoestaoemcasa

Comentários

  1. Torcendo muito para que dê certo!!
    Vou doar já já

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teffo!
      Fico feliz que tenha gostado da iniciativa.
      Obrigado pela visita. Tenho certeza de que o autor e a editora vão ficar felizes.

      Excluir
  2. Belo projeto. Também vou doar e divulgar. Aproveito também para lhe fazer um pedido. Estou montando um posto sobre os blogs mais relevantes da atualidade, o seu é um deles, claro, e queria saber se posso usar alguma foto do seu blog para ilustrar.a publicação. Pode ser das suas puiblicações, do logotipo ou mesmo sua. O que você aprovar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ronaldo! Será uma honra ter o meu blog citado em seu post. Fique à vontade para usar qualquer imagem do blog ou minha para divulgação. Fico muito grato pela oportunidade! Quando publicar o post, se puder, me envie o link. Estou naquela correria... Fazendo maratona de estudos.
      Abraços!

      Excluir
    2. Obrigado, Ben, aviso sim. E continue na correria. O resultado vale a pena.

      Excluir
    3. Maravilha! Além das aulas, estou tentando entrar para um grupo de estudos literários. Pensa: quase não gosto, né? Sem falar que me reúno com os colegas para estudar as disciplinas mais difíceis, como Teoria Literária. Quase não estou parando em casa... E sem o meu notebook (ainda em manutenção), fica mais difícil ainda achar tempo para postar / ver meu e-mail e notificações. Não gosto muito de acessar pelo celular ou computadores de outras pessoas.

      Excluir
    4. É uma fase corrida, mas tem seu lado bom. Estudar literatura deve ser ótimo. Abraços.

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana