Pular para o conteúdo principal

Destaques

O Mundo de Lore: Livro sobre folclore sombrio será publicado pela DarkSide

Quando assisti à primeira temporada da série Lore na Amazon Prime Video, além de descobrir mais informações sobre o criador do podcastAaron Mahnke, também soube que as histórias, lendas e folclores seriam publicados em livros. O Mundo de Lore: Criaturas Monstruosas (The World of Lore: Monstrous Creatures) será publicado pela editora DarkSide Books em edição de capa dura.


A edição traduzida do primeiro livro de O Mundo de Lore será lançada no dia 27 de fevereiro de 2019. Espero que o livro faça sucesso por aqui e a editora publique as outras duas obras do Mundo de Lore: Wicked Mortals e Dreadful Places. O livro, de 256 páginas, traz ilustrações do designer e artista freelancer, M. S. Corley.

Para quem ficou interessado, O Mundo de Lore: Criaturas Monstruosas já está em pré-venda na Amazon: https://amzn.to/2UUqKCU

Ainda não assisti à 2ª temporada de Lore, mas tenho curiosidade. É o tipo de série que traz curiosidades e entretém ao mesmo tempo. Também acho legal a participação direta do…

Química: Cineasta busca financiamento coletivo para websérie gay

O cineasta Roberto Nascimento está buscando financiamento coletivo para uma websérie gay chamada Química. O projeto está cadastrado na plataforma Catarse e busca uma média de R$ 3.500, para que as filmagens sejam iniciadas em Agosto, com previsão de lançamento até o final deste ano.
Roberto Nascimento, diretor, produtor e ator. Foto: Divulgação / Catarse.

A websérie terá 6 episódios, com duração de 3 a 5 minutos e a trama será sobre encontros marcados por meio de aplicativos, com ênfase nos personagens gays e temas, como o amor, amizade, sexo e conexões no mundo contemporâneo.

Os episódios serão independentes, sendo que o personagem em comum a todas elas é Gabriel, um rapaz que interagirá com os outros de formas distintas. De acordo com Roberto Nascimento, cada episódio tratará do universo gay sob ângulos diferentes, buscando fugir dos lugares comuns tradicionalmente associados a esse público.

As cotas de apoio para o projeto vão desde R$ 15 a mais de R$ 500 (para quem deseja se tornar produtor executivo da websérie). Na página do projeto é possível conferir um gráfico sobre o orçamento, que será destinado a custos, como os de aluguel de equipamento, pós-produção e departamento de arte.

Sobre o criador da wesbérie – Roberto Nascimento é brasileiro, de Vitória, Espírito Santo e mora há 12 anos em Auckland, Nova Zelândia. Trabalha com teatro e cinema há 8 anos. Dirigiu 4 curtas: Satisfaction, Dick Knows, Review e Wellington (seu primeiro trabalho em português). Também criou e produziu uma websérie chamada "The Adventures of Suzy Boon", já exibida em 6 Web Festivals mundo afora e ainda rodando em competição. Já produziu mais de 16 curtas-metragem na Nova Zelândia. Também é ator, tendo trabalhado em mais de 30 peças de teatro, 10 curtas e dois longas. Seu interesse é por histórias que misturam humor negro e temas ainda considerados tabus.

Acesse a página do projeto no Catarse – Química (Websérie Gay): https://www.catarse.me/pt/projects/14516 

Comentários

Mais lidas da semana