Pular para o conteúdo principal

Destaques

Para Toda a Eternidade: Livro explora rituais funerários diversos

Entre a naturalidade e o espanto, o tradicional e o moderno, o ocidental e o oriental, Caitlin Doughty transmite ao leitor histórias de suas visitas a espaços e profissionais envolvidos com o universo mortuário. Uma das obras pedidas por quem já tinha lido Confissões do Crematório, o novo livro foi publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em junho de 2019, com tradução de Regiane Winarski e ilustrações de Landis Blair.


Compre o livro Para Toda a Eternidade (Caitlin Doughty): https://amzn.to/2R2FwqN

“Eu passei a acreditar que os méritos de um costume relacionados à morte não são baseados em matemática [...] mas em emoções, numa crença na nobreza única da própria cultura da pessoa. Isso quer dizer que consideramos os rituais de morte selvagens apenas quando eles não são como os nossos” – Caitlin Doughty, Para Toda a Eternidade
Dá para ler tranquilamente Para Toda a Eternidade sem ter lido Confissões do Crematório, mas acredito que as duas leituras são complementares. Enquanto na p…

Química: Cineasta busca financiamento coletivo para websérie gay

O cineasta Roberto Nascimento está buscando financiamento coletivo para uma websérie gay chamada Química. O projeto está cadastrado na plataforma Catarse e busca uma média de R$ 3.500, para que as filmagens sejam iniciadas em Agosto, com previsão de lançamento até o final deste ano.
Roberto Nascimento, diretor, produtor e ator. Foto: Divulgação / Catarse.

A websérie terá 6 episódios, com duração de 3 a 5 minutos e a trama será sobre encontros marcados por meio de aplicativos, com ênfase nos personagens gays e temas, como o amor, amizade, sexo e conexões no mundo contemporâneo.

Os episódios serão independentes, sendo que o personagem em comum a todas elas é Gabriel, um rapaz que interagirá com os outros de formas distintas. De acordo com Roberto Nascimento, cada episódio tratará do universo gay sob ângulos diferentes, buscando fugir dos lugares comuns tradicionalmente associados a esse público.

As cotas de apoio para o projeto vão desde R$ 15 a mais de R$ 500 (para quem deseja se tornar produtor executivo da websérie). Na página do projeto é possível conferir um gráfico sobre o orçamento, que será destinado a custos, como os de aluguel de equipamento, pós-produção e departamento de arte.

Sobre o criador da wesbérie – Roberto Nascimento é brasileiro, de Vitória, Espírito Santo e mora há 12 anos em Auckland, Nova Zelândia. Trabalha com teatro e cinema há 8 anos. Dirigiu 4 curtas: Satisfaction, Dick Knows, Review e Wellington (seu primeiro trabalho em português). Também criou e produziu uma websérie chamada "The Adventures of Suzy Boon", já exibida em 6 Web Festivals mundo afora e ainda rodando em competição. Já produziu mais de 16 curtas-metragem na Nova Zelândia. Também é ator, tendo trabalhado em mais de 30 peças de teatro, 10 curtas e dois longas. Seu interesse é por histórias que misturam humor negro e temas ainda considerados tabus.

Acesse a página do projeto no Catarse – Química (Websérie Gay): https://www.catarse.me/pt/projects/14516 

Comentários

Mais lidas da semana