sábado, 16 de janeiro de 2016

Livro das Sombras: Viagem Astral

Dizem que é na madrugada em que as coisas acontecem. Manu sabia muito bem disso, era a sua hora favorita de se aventurar com o seu feiticeiro pelos campos, onde orcs e demais bestas tentavam atacá-lo, mas não eram páreos para a sua magia. Seu personagem dominava todos os elementos e bastava alguns cliques com o mouse para todas as criaturas serem derrubadas.


Uma pausa no jogo. Precisava tomar água. Manu não tinha medo do escuro. Ele andava com as pontas dos pés pela casa, para que a mãe não o escutasse. Deveria estar dormindo e em algumas horas teria que acordar para ir ao colégio.

Pegou um pacote de bolachas, encheu sua caneca com a estampa de O Hobbit e se preparou para voltar ao seu quarto. Seu coração quase saltou pela boca, quando escutou o gato da vizinha miando. O bichano tinha o costume de entrar pela janela, quando alguém a esquecia aberta.

Sentou em frente ao computador, ajeitou os óculos que já estavam gastos, mas o dinheiro que poderia usar para comprar um novo par, ele sempre usava para comprar livros de fantasia e jogos de RPG.
Decidiu bisbilhotar o bate-papo. Quando @Bruxa_Santa_Catarina o chamou para conversar.

– Eu estava te procurando.

– Oi? Você deve estar se confundindo. Não tenho ideia de quem você é e tenho certeza de que nunca trocamos uma palavra na vida. Agora, preciso voltar para o meu jogo – respondeu Manu, já acostumado com aquelas pessoas que tentavam puxar assunto, quando tudo o que queria era jogar mais um pouco, antes que os pais acordassem e percebessem que ele não tinha pregado o olho por um minuto sequer.

– Manu. Eu te conheço de outras vidas.

– Engraçadinho. Pode falar... Leo, Jess, Babi. Diz logo quem é? – Manu começou a citar os nomes dos seus únicos amigos e pensando como o seu nickname @Elfo_São_Cipriano não fazia nenhuma menção ao seu nome.

– Eu acabei de chegar de uma viagem. Estava em outro plano, navegando com a minha alma para outros lugares, ajudando pessoas e tentando me proteger de espíritos ruins.

– Rá! Então, você também gosta de jogos de aventura.

– Eu jogo com a vida. A magia é real, e eu sei que você sabe muito bem... Eu sei que você sente as coisas... É por isso que eu vim te alertar que nem tudo é como parece ser e que existem muitos outros mundos, lugares para os quais você nem sabia que pode viajar.

– Que tipo de brincadeira é essa? Já passou da minha hora...

– Espere... Deixa eu te contar uma história e depois você pode dormir o quanto quiser e quem sabe conhecer universos tão legais quanto aos que você tanto gosta de se imaginar.

O que Manu estava prestes a escutar, ele não fazia ideia de que era realmente possível. Ele lera uma coisa ou outra sobre o assunto, mas nunca pensou que uma pessoa aleatória pudesse fazê-lo ficar entretido com uma história a ponto de ele esquecer o seu jogo por alguns minutos.

– Nada acontece por acaso. Não é à toa que eu vim conversar contigo. Eu acabei de voltar de uma viagem astral...

– Viagem astral?

– Sim. É uma técnica que te permite usar o seu corpo astral e separá-lo do corpo físico durante algum tempo, para poder ir para diferentes planos. Veja bem, acabei de voltar de Nova Iorque, onde aconteceu o incidente com as torres gêmeas. Vi muitas almas em pânico, que ainda não tinham feito sua passagem e precisavam de uma orientação, precisavam encontrar a luz ou irem para onde elas acreditavam que deveriam ir.

– Ainda não entendo... Por que me contar tudo isso?

– Eu vou te ensinar. Primeiro, você vai deitar de costas e limpar a sua mente. Depois, você vai se concentrar em seu corpo astral e rolar para o lado, para que ele escorregue do seu corpo físico. Então, você estará livre para visitar para outras dimensões, sempre que quiser. O cordão de prata que liga os seus corpos te manterá a salvo.

– Cordão? O que acontece se alguma criatura me atacar.

– Você está protegido. A terra é o seu elemento e te ajuda a neutralizar as energias negativas, mas uma hora ou outra você vai ter que aprender a se defender. Existem maneiras de criar escudos com sua energia. Agora, eu vou deixar você tirar suas próprias conclusões... Um dia você virá me visitar. Tomaremos café e te farei biscoitos mágicos. É o nosso destino se encontrar, mas enquanto você não está pronto, precisa aprender a abrir a sua mente e o seu coração para as mudanças que estão por vir em São Cipriano.

Manu desligou o computador e foi deitar em sua cama. Seu corpo relaxara, mas sua mente continuava vagando pelas palavras que escutara. Cinco minutos depois, o alarme do celular tocara. Ele acordou assustado e apertou o botão para que pudesse tirar mais uma soneca.

– Acorda, Manu... Você vai perder a aula...

Ele escutou a voz. No início pensou que fosse a mãe, mas quando abriu os olhos, viu uma jovem loira sentada ao seu lado na cama. A imagem o deixou paralisado de medo. Ele tentava se mexer de um lado para o outro ou gritar, mas era como se a presença daquela moça fosse uma jibóia que o amarrara em pânico. Levou horas tentando sair daquela situação. Era como as malditas equações matemáticas, das quais ele tinha tanta dificuldade para resolver, já que sua mente estava sempre sedenta por mais uma dose de prazer que só os jogos de fantasia o proporcionara.

Quando a mãe gritou para que Manu acordasse, ele sentiu o seu corpo sendo arremessado contra a cama. Seus olhos se voltaram para o celular que começava a vibrar novamente com uma nota: “Agora você acredita em mim?”.

Depois daquele dia, os seus jogos de RPG favoritos perderam a graça. Manu descobriu que poderia ser o herói de sua própria história, que a magia era mais real do que ele imaginara e que precisava se preparar para lutar contra o mal.

*A série de textos Livro das Sombras é composta de material bônus inspirado em acontecimentos reais e nos personagens da série Os Bruxos de São Cipriano. A linha entre o real e o fictício é tênue. As verdades e invenções se misturam. Cabe ao leitor escolher qual caminho seguir, lembrando que para a magia acontecer, antes é preciso acreditar e deixar as energias fluírem... Neste texto, procurei explorar a ligação com a terra de Manu, um dos personagens principais do livro.

Gostou? Conheça Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo. Livro de fantasia juvenil disponível para leitura grátis no Wattpad: http://w.tt/1PwsFU5



Compartilhe a magia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários Recentes

Me acompanhe no Instagram