Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Corpos Ocultos – Caroline Kepnes

Segundo livro da série Você (YOU) , adaptada para a Netflix ,  Corpos Ocultos (Hidden Bodies) narra a mudança do psicopata Joe Goldberg de Nova Iorque para Los Angeles e tem uma pegada mais ácida e mais fluida do que o primeiro livro. No Brasil, o livro da Caroline Kepnes foi traduzido por Ryta Vinagre e publicado pela Editora Rocco , em 2019. Compre o livro Corpos Ocultos (Caroline Kepnes):  https://amzn.to/3o64zLs Embora a ficção não seja parâmetro para acompanhar o desenvolvimento de serial killers , Corpos Ocultos revela tanto os padrões de comportamento de Joe e as similaridades e diferenças entre as mulheres por quem ele fica obcecado, como o perigoso fascínio que assassinos desenvolvem quando cometem seus crimes, escapam impunes e seja por necessidade ou prazer, se sentem no controle a ponto de repetirem seus atos. Perseguidor e possessivo, entre os gatilhos para o modo de agir violento de Joe está a rejeição por figuras femininas pelas quais ele desenvolve uma paixão obsessiv

Livro Os Pássaros, do autor Frank Baker, será publicado no Brasil

Pássaros violentos e assassinos provocando o caos em Londres. O livro Os Pássaros (The Birds), do escritor britânico Frank Baker, está entre as obras de ficção que devem ser publicadas em 2016 pela editora DarkSide Books, anunciadas em sua festa Caveira Talkshow, em março de 2016, em São Paulo (SP). Um romance de suspense apocalíptico sobre a civilização moderna sendo atacada pelas aves, recheado com críticas à sociedade.

"O comportamento deles era interessante... Eles não faziam nada além de ficar sentados lá, olhando para as pessoas que os estudavam, com intensidade quase crítica, como se eles próprios estivessem nos estudando. Na verdade, quanto mais eu os observava, mais eu sentia que eram nós mesmos, ao invés de os pássaros, que não tinham lugar nesta cidade" – Frank Baker, Os Pássaros


Confira a sinopse do livro Os Pássaros:


Aqueles que são velhos suficiente para lembrar ainda falam dos dias “antes da chegada dos pássaros”. Por que os pássaros vieram, descendo em Londres em milhares ou até mesmo milhões, inexplicavelmente e aparentemente do nada. No início, os pássaros fizeram pouco além de vigiar, e os londrinos os acharam divertidos, embora talvez um pouco estranhos. Mas os pássaros começaram a mostrar seu lado sinistro: atacando, mutilando e até mesmo matando em incidentes de tremenda brutalidade e violência. Eles eram uma força da natureza ou uma manifestação sobrenatural? Ninguém sabia: a única coisa que estava óbvia era que os pássaros tinham uma intenção: a destruição da humanidade, e ninguém tinha ideia de como detê-los.

Confira o projeto gráfico do livro Os Pássaros: 



Alguns comentários de resenhas sobre o livro:


“A mais original peça de ficção imaginativa desde que Wells escreveu A Guerra dos Mundos” – Birmingham Mail

“Contra os romances escritos para consumo em larga escala, as fantasias de Frank Baker são um prazer inesgotável para aquele que têm o passaporte necessário para o seu mundo” The New York Times

"A história... é engenhosa, e consegue criar uma atmosfera sinistra"Time and Tide

"Frank Baker é um escritor incomum e atraente, por vezes, bastante semelhante ao grande mestre do sobrenatural, Arthur Machen" Michael Dirda, Washington Post

Os Pássaros: Três obras, plots semelhantes


O livro Os Pássaros (The Birds) foi publicado originalmente em 1936 e na época passou despercebido pelo público. Depois do lançamento do filme homônimo de Alfred Hitchcock, em 1963, o autor Frank Baker ameaçou processar o diretor cinematográfico, alegando que seu livro inspirou o filme.


Segundo informações do site Frank Baker, criado pelo neto do autor em dedicação à memória e ao trabalho, no ano em que o filme Os Pássaros, de Alfred Hitchcok, foi lançado, Frank estava trabalhando como editor de roteiro na BBC e ficou completamente surpreso: "Naquela época, ele tinha publicado 13 romances e considerou processar Hitchcock, mas acabou sendo aconselhado por seus advogados por causa dos custos e da dificuldade de provar o caso. No entanto, ele publicou uma nova edição do romance no ano seguinte”.

Além do filme de Alfred Hitchcock, Frank Baker acabou entrando em contato com a escritora britânica Daphne Du Maurier – autora de uma noveleta também chamada The Birds, publicada originalmente em 1952 – que disse que não tinha lido o livro dele anteriormente. A autora elogiou o romance de Frank Baker e disse que ele explorou com mais profundidade o assunto do que ela e que acredita com sinceridade que Hitchcock deveria ter comprado os direitos de adaptação do livro dele ao invés do conto dela.

Sobre o autor


Frank Baker nasceu em Hornsey, Londres, em 1908. Quando ele se mudou para Cornwall, ele começou a escrever. Seu primeiro romance The Twisted Tree foi publicado em 1935. Ao longo da vida, Frank Baker publicou uma série de romances e contos, além de artigos publicados em jornais como Guardian, Radio Times e Life and Letters.

Seu livro The Birds foi o seu segundo romance, publicado em 1936. O terceiro e mais bem-sucedido romance de Frank foi Miss Hargreaves, republicado várias vezes e transformado em uma peça em 1952. Frank morreu de câncer em 1983.


Gostou? Compartilhe!


Comentários

Mais lidas da semana