Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

Entrevista com Ben Oliveira no blog da Tati C.

O Dia das Bruxas está quase chegando. A data tem um significado especial para mim: além de escrever histórias de terror, também gosto de escrever fantasia com temática de bruxaria. Fui convidado pela blogueira literária Tatiane Carneiro de Souza a participar de uma entrevista, publicada neste sábado, 28 de outubro. Gratidão pela oportunidade!


Na entrevista, falamos desde o meu primeiro conto publicado e o meu livro de terror Escrita Maldita, algumas das dificuldades de escritores brasileiros, inspiração e também sobre o meu processo criativo.

Confira um trecho da entrevista:


 “Acredito que todo personagem consciente ou subconscientemente tem traços de pessoas que já cruzaram nossos caminhos de alguma forma, porém eles têm tantas peculiaridades que acabam se tonando como pessoas vivas e da mesma forma que não existem duas pessoas exatamente iguais, os personagens, muitas vezes, são únicos” – Ben Oliveira

Leia a entrevista no blog da Tatiane Carneiro de Souza: http://www.tatianecdesouza.com.br/2017/10/tati-c-entrevista-ben-oliveira.html

Para conhecer outros escritores nacionais e conferir indicações de leitura, não deixe de visitar o blog da Tati C.: http://www.tatianecdesouza.com.br/

Comentários

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana