Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Os Criadores de Coincidências – Yoav Blum

E se nada fosse mero acaso e operários invisíveis atuassem para gerar mudanças nas vidas das pessoas? Assim é a premissa do livro Os Criadores de Coincidências, do autor Yoav Blum, publicado no Brasil, em 2017, pela Editora Planeta, com tradução de Fal Azevedo.


Compre o livro Os Criadores de Coincidências (Yoav Blum): https://amzn.to/2KNfxBT

O romance narra o trabalho de três criadores de coincidências: Emily, Eric e Guy. Intercalando um pouco das vivências profissionais de cada um deles e das missões que tiveram que cumprir, relacionando com alguns dos seus dilemas pessoais.

“É estranho, pensou ela, como somos capazes de transformar uma coisa específica em algo que passa a guiar toda a nossa vida, e como nos convencemos de que, se não tivermos essa coisa, nada mais vai fazer sentido. E é ainda mais estranho como nos acostumamos rápido ao exato oposto” – Yoav Blum, Os Criadores de Coincidências
Longe de ser uma narrativa linear, o leitor é jogado para várias histórias que se amarram pel…

Participação na 5ª Semana do Troca de Livros da Biblioteca de Blumenau

Ganhar livros é sempre bom. Apoiar projetos culturais, melhor ainda. Quem me conhece sabe que sou apaixonado pela leitura e acredito na importância dos livros, seja para o entretenimento, construção de conhecimento, desenvolvimento da imaginação, entre outros benefícios.


Nesta terça-feira, 12 de março de 2019, aproveitei para trocar dois livros que estavam parados em casa. Segundo informações do jornalista Sérgio Antonello, a Semana do Troca promovida pela Biblioteca Municipal Dr. Fritz Müller tem como proposta contribuir com a renovação do acervo e integração da biblioteca com a comunidade. Atualmente, o evento está em sua quinta edição.

Cada livro com data de publicação igual ou superior ao ano de 2015 foi trocado por 5 livros usados. Segundo informações da biblioteca municipal de Blumenau, já existem reserva técnica e livros que serão trocados no acervo. O evento acontece até o dia 15 de março de 2019, das 8h às 17h30.

Nesses quatro anos de existência, o projeto já recebeu cerca de mil livros, os quais foram disponibilizados para a comunidade. Mais informações sobre esta ação podem ser obtidas no local ou pelos telefones (47) 3381-7511 e 3381-6787.

Confira quais foram os 10 livros que peguei na troca:


1) A Visualização Criativa Pode Mudar Sua Vida – Shakti Gawain (Editora Sextante, 2002) 


Sinopse: Visualização criativa é a técnica de usar a imaginação para criar aquilo que você deseja. Não há nada de sobrenatural nessa prática. Mesmo sem perceber, você já faz isso a todo instante. A visualização criativa se torna uma ferramenta ainda mais eficaz quando é usada conscientemente. A ideia é criar uma imagem, ideia ou sensação do que se quer e focalizá-la regularmente. Assim, você estará lhe dando energia positiva para que se torne realidade.

2) A Essencial Arte de Parar – Dr. David Kundtz (Editora Sextante, 2005) 


Sinopse: O principal objetivo de parar é garantir que você siga na direção que realmente deseja e que tenha a capacidade de escolher o que é melhor para você e para sua felicidade. Pois, se não estiver desperto e consciente de quem é e do que quer – em outras palavras, se não parar –, você corre o risco de ser levado pelo turbilhão dos acontecimentos.

3) O Leitor no Espelho: Um estudo a partir de memórias – Elaine Hoffmann (Editora da FURB, 2014) 


Sinopse: O Leitor no Espelho: Um estudo a partir de memórias é fruto da dissertação de mestrado intitulada Memória de Leitor: compreensões a partir de autobiografias de leitores. Como o título do livro sugere, o que se busca neste trabalho é uma compreensão de imagem que o leitor constrói de si. Essa imagem pode não ser o retrato fiel das coisas como elas foram, visto que o estudo de memórias sob um comando faz com que o sujeito busque cacos de lembranças, recortes, remontados a partir de uma posição sócio-histórica definida e com vistas a possíveis interlocutores. O que se estuda é um sujeitado datado, que cria um personagem para contar a trajetória de alguém que ele já não é mais. Os sujeitos pesquisados são acadêmicos da penúltima fase do curso de Letras, que produzem sua "autobiografia" de leitores. Observa-se a constituição do sujeito leitor, perpassada por espaços inconstitucionais, especialmente o religioso, o escolar e o acadêmico, bem como os conceitos de leitor e leitura produzidos por esses espaços. Há também, nesse ínterim, a possibilidade de relacionar as discursividades à futura atuação docente.

4) Questões de crítica e historiografia literária – Maria Eunice Moreira e Luiz Roberto Velloso Cairo orgs. (Editora Nova Prova, 2006)


Sinopse: Coloca em foco a pesquisa que vem sendo desenvolvida em diferentes universidades do Brasil e do Exterior sobre o tema da historiografia literária, atingindo os espaços do Brasil e da América Latina como objeto de estudo. A base teórica provém das modernas concepções da Teoria da Literatura, da História da Literatura e dos Estudos Culturais.

5) A Geografia da Esperança – Christina Baumgarten (Editora HB, 2002)


Sinopse: Em dois de setembro de 1850 uma rústica embarcação aportou às margens de uma terra fértil, inculta e cheia de belezas selvagens... eram os primeiros habitantes que o Dr. Hermann Bruno Otto Blumenau arregimentara para a sua incipiente e iniciante colônia no sul do inexplorado Brasil. A herança cultural que traziam, a carga de sonhos e idealismo que os fez atravessar o oceano para tentar uma vida nova em terras tão distantes e principalmente o que iriam fazer naquela nova terra eram incógnitas naquele distante dia de setembro quando, varridos pelo vento frio e iluminados por um sol de meridiana força, pisaram pela primeira vez na terra agreste e selvagem que seria o seu lar daquele dia em diante. Quem são os pioneiros que deixaram a sua marca indelével na distante Blumenau da nossa memória?

6) Assim Vivem os Homens: Contos Indígenas e Narrativas Tradicionais Vol.1 (Editora UFPR, 2013)


Sinopse: Como vivem os homens? É igual, em todo o mundo? Como seria o tempo em que não se dominava o fogo, nem se conhecia a agricultura? O livro e Cd de narrativas Assim vivem os Homens nos apresenta histórias dese tempo. De uma forma lúdica e interessante, procuramos apresentar um pouco da diversidade cultural que compõe o Brasil.

7) Amor em Tempos Sombrios – Colm Tóibín (Editora Arx, 2004)


Sinopse: A temática comum a todos os artigos do livro é específica: a homossexualidade, não assumida ou não declarada, de artistas, escritores e poetas do meio do século XIX até nossos dias. O mais importante, entretanto, é a análise da relação entre o espírito do artista/escritor/poeta e sua obra e as sociedades e os tempos diversos em que viveram. Esse livro oferece um panorama sensível de almas distintas, irmanadas pelo estigma e pelo preconceito, interiormente invencível, como tão bem transparece nessas páginas.

8) Contos Reunidos – Moacyr Scliar (Editora Companhia das Letras, 1995)


Sinopse: Agrupados neste volume por um critério de afinidade temática, os contos de Moacyr Scliar revelam a força da sua ficção. As relações entre pais e filhos expostas de forma insólita, a Bíblia revisitada sob uma ótica surpreendente, os jogos do poder e da paixão encarados por ângulos inusitados, tudo isso dentro de um clima de humor e fantasia.


9) A Arte da Tapeçaria (Editora SESI-SP, 2012)


Sinopse: Há muito que os responsáveis pela Manufactura de Tapeçarias de Portalegre – MTP sonhavam em trazer ao Brasil uma mostra dos seus trabalhos. Apesar de estes se encontrarem bastante disseminados, quer em espaços públicos, quer em residências privadas, e de contarem também com o traço de artistas brasileiros, a verdade é que só com as comemorações do Ano de Portugal no Brasil e do ano do Brasil em Portugal, em 2012 e 2013, surgiu a oportunidade de trazer para o público brasileiro uma exposição temporária das peças produzidas em Portalegre. Este livro traz o registro dessa exposição tão marcante, que ficou em cartaz na Galeria de Arte do SESI-SP.


10) Just One Day – Gayle Forman (Speak, do Grupo Penguin, 2013)


Sinopse traduzida: A vida de Allyson Healey é exatamente igual a sua mala de viagem: organizada, planejada, sistematizada. Então, no último dia do seu curso de extensão na Europa, depois de três semanas de dedicação integral, ela conhece Willem. De espírito livre, o ator sem destino certo é tudo o que Allyson não é. Willem a convida para adiar seus próximos compromissos e ir com ele para Paris. E Allyson aceita. Essa decisão inesperada a impulsiona para um dia de riscos, de romance, de liberdade, de intimidade: 24 horas que irão transformar a sua vida. "Apenas um Dia" fala de amor, mágoa, viagem, identidade e sobre os acidentes provocados pelo destino, mostrando que, às vezes, para nos encontrarmos, precisamos nos perder primeiro... Muito do que procuramos está bem mais perto do que pensamos.

Para ficar por dentro das minhas novidades, me acompanhe nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/benoliveiraautor/

Twitter: https://twitter.com/Ben_Oliveira

Instagram: https://www.instagram.com/benoliveira/

Comentários

  1. Fez ótimas aquisições :D

    https://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ólá, Monyque! Muito obrigado. Adoro livros usados. É bom para encontrar leituras fora da zona de conforto.
      Abraço

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana