Pular para o conteúdo principal

Destaques

The Good Detective: Série coreana policial sobre antigo caso e a busca pela verdade

The Good Detective é uma série coreana policial que aborda um caso antigo, cujo julgamento levou à sentença de condenação de morte do acusado. Um detetive novato no departamento e um veterano se juntam para descobrir se aconteceram falhas nas investigações policiais. A série está disponível na Netflix . Com 16 episódios em sua primeira temporada, três personagens se destacam: o detetive que participou da investigação do caso, Kang Do Chang (Son Hyeon-ju) , o jovem detetive Oh Ji Hyuk (Seung-jo Jang) e a jornalista investigativa Jin Seo Kyung (Elliya Le) . Quando um novo caso de um suposto assassino confesso da filha do homem condenado ganha a atenção da mídia, muitas dúvidas pairam no ar sobre as motivações e os possíveis envolvidos, fazendo com que os detetives discretamente se aprofundassem nas investigações, mesmo sabendo que poderiam prejudicar as próprias carreiras. Kang é movido pela consciência pesada de ter sido parte do caso do condenado possivelmente inocente sofrer pena de

Twogether: Artistas asiáticos se aventuram e viajam à procura dos fãs

Para quem se interessa pela Ásia e está com saudades de viajar, o programa Twogether é uma boa opção do que assistir na Netflix. Produzido por Chang Hyuk-jae, Cho Hyo-jin e Go Min-seok, o programa no estilo de viagem documental mostra a saga de dois artistas asiáticos viajando para diferentes cidades à procura de seus fãs: o ator, modelo e músico taiwanês Jasper Liu e o ator e cantor sul-coreano Lee Seung-gi.

A primeira temporada de Twogether estreou em junho de 2020. Para quem gosta de produções com diversidade cultural e destinos turísticos, os dois artistas mostram tanto a sinergia entre eles, como com os outros envolvidos. 

Apesar das barreiras linguísticas e das diferentes origens, ao longo dos episódios dá para acompanhar o envolvimento gradual entre os dois artistas que entregam não só um programa divertido de assistir, mas também reforça como a arte e a cultura conectam pessoas de diferentes lugares do mundo.

Aproveitando a cada vez maior popularidade de dramas asiáticos pelo mundo, direta ou indiretamente, Twogether também serve como uma vitrine para o turismo na Ásia. Da mesma forma que muitos fãs são influenciados a visitarem as cidades nas quais são gravadas e/ou retratadas cenas de suas séries e filmes favoritos, muitos também adoram conhecer os locais visitados por seus ídolos. 

O programa mostra a força da indústria cultural de Taiwan e Coreia do Sul e de como essas estrelas são versáteis e sua importância para o marketing. Enquanto assistia a Twogether, apesar de já ter ouvido falar de destinos asiáticos mais populares, como Bali, Bangkok e Seoul, minha curiosidade foi maior e tive que pesquisar no Google sobre Yogyakarta (Indonésia), Chiang Mai (Tailândia), Pokhara (Nepal) e Kathmandu (Nepal).

Explorando a gamificação, Lee Seung-gi e Jasper Liu precisam resolver uma série de desafios para ter informações sobre onde encontrar seus fãs. Com um cronograma apertado, o programa é ideal para quem gosta de aventuras com adrenalina – fiquei cansado só de assistir tanto esforço físico e resistência que são exigidos dos dois.

Apesar da exaustão visível dos artistas, dá para perceber como o encontro com os fãs foi uma experiência transformadora para ambos, bem como a parceria formada entre os dois. 

Se Twogether tiver uma segunda temporada, seria legal se tivesse a participação de convidados especiais a cada episódio e também ver outros destinos com fãs, não só da Ásia – aliás, seria bem interessante, já que muitos artistas da Coreia do Sul e de Taiwan, como de outros países asiáticos, não fazem ideia do sucesso que fazem pelo mundo. 

Por enquanto, não há confirmação da 2ª temporada de Twogether, ainda mais com a dificuldade de gravar em destinos turísticos no período de pandemia, mas pelo sucesso que fez desde o seu lançamento, há uma chance de que o programa de viagens tenha continuidade. 

*Ben Oliveira é escritor, formado em jornalismo. Autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Comentários

Mais lidas da semana