Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Vox – Christina Dalcher

Depois do sucesso da distopia O Conto da Aia (The Handmaid’s Tale) com a adaptação em série de televisão para o Hulu (serviço de streaming), é impossível ler Vox sem pensar no romance da autora canadense Margaret Atwood. A obra de ficção da escritora Christina Dalcher foi publicada no Brasil pela Editora Arqueiro, em 2018, com tradução de Alves Calado.


Compre o livro Vox (Christina Dalcher): https://amzn.to/2SOLJql

Livros como Vox, vão além do entretenimento, e nos lembram da importância da democracia e dos perigos da mistura entre religião e política, especialmente em tempos de conservadorismo hipócrita que alimenta a intolerância e a violência. Enquanto para algumas pessoas, essas questões provocam ansiedade, há quem ache um exagero – como aconteceu com a Dra. Jean McClellan, até ela perceber que era tarde demais.

A história se passa nos Estados Unidos. O que pareceria um absurdo se tornou a realidade do país com a ascensão do Movimento Puro e a limitação de 100 palavras por dia para…

A era da Internet

O texto abaixo foi reproduzido em um blog meu criado especialmente para a disciplina de Tópicos em Comunicação, ministrada pela Prof. Inara Silva, ao 3º semestre do curso de Comunicação Social da UCDB.

O início de uma era

A Internet teve sua origem na década de 60, engana-se quem acredita que no início ela possuía todas as funções e ferramentas que utilizamos em nosso dia-a-dia. A função primordial da internet era militar e educacional.

De acordo com Ruben Zevallos Jr., especialista em projetos para internet desde 1993, a internet ou ARPANET, como era conhecido o projeto, tinha como objetivo "interligar universidades e instituições de pesquisas e militares".

Comunicação sem fronteiras

Se antes os propósitos eram exclusivamente para aqueles fins, atualmente a internet é mais democrática e por ser um meio de comunicação de massa, alcança uma grande quantidade de indivíduos. Diferente do jornal impresso, do rádio e da televisão, a internet não tem fronteiras, tendo ultrapassado os limites geográficos, esta mídia tem o seu próprio local de interação, o ciberespaço.

Do plano real para o virtual

Estamos acompanhando a transição dos átomos para os bytes. Acredita-se que tudo o que puder ser migrado para o meio virtual, eventualmente será. Há alguns anos atrás, não havia a possibilidade que temos agora de:

  • Ouvir suas músicas favoritas sem precisar ir a uma loja de músicas, podendo comprá-las no conforto de sua casa ou ouvi-las gratuitamente.
  • Encontrar diversos tipos de livros para leitura na internet.
  • Assistir filmes, seriados e noticiários na tela do seu computador, com a possibilidade de voltar ou adiantar o que se está assistindo.
Ao mesmo tempo que a internet ganha um destaque em relação aos outros meios de comunicação de massa, ela agrega os vários tipos de mídias, tornando possível o que nunca fora antes, a interação multimídia.

Referências

JUNIOR ZEVALLOS, RUBENS "A História da Internet"

Disponível em http://www.artigonal.com/tec-de-informacao-artigos/a-historia-da-internet-737117.html

Comentários

Mais lidas da semana